Revisitando os Anos 80

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Depois de me mudar resolvi reunir uma lista de filmes oitentistas tirando os clássicos do terror/horror para apresentar a minha irmã a década de “ouro” do cinema. E sim lá tem grandes clássicos, porém para minha decepção, muito maior que a dela, alguns desses clássicos tem defeitos que só o olhar mais amadurecido pode dar conta.

Primeiro defeito de quase todo filme dos anos 80, ritmo, o filme começa na marcha lenta e demora cerca de 20 ou 30 minutos para começar sua história de fato, e não segura a marcha, altera entre o ritmo louco e de tartaruga em transições de poucos minutos. Os tempos realmente são outros. Muito se fala que o filme envelheceu bem, outros nem tanto.

Férias Frustradas

Minha memória achava o filme muito mais engraçado e ágil do que ele realmente é, com certeza ainda é melhor que o reboot recente, porém algumas piadas não são tão boas quanto me lembrava. E falar que comédia só serve para rir na primeira vez é mentira, só colocar Chaves e Friends na TV que vou rir pela décima vez da mesma piada.

Um Tira da Pesada

Fora algumas cenas do Ed Murphy, a trilha sonora e Serge, o resto do filme é claramente dispensável, e ainda tem 2 sequências, que nem tive vontade de rever. Tem filmes do gênero da mesma época que ainda mantém seu ritmo.

Apertem os Cintos o Piloto Sumiu

Um Zorra Total de qualidade, piadas literais, artistas engraçadas, um protótipo de Leslie Nielsen surgindo, esse sim passou no crivo de filme que não envelheceu mal.

Crocodilo Dundee

Outra trilogia que só vi o primeiro. Lembrava de todas as cenas boas do filme e era só isso mesmo, a história começa sem pé nem cabeça, continua e termina sem muito sentido. Pensando em roteiro, talvez seja o pior dessa coletânea.

Quero Ser Grande

Filme envelheceu bem também. Tem uma boa história de 30 minutos de filme quando começa de fato até os 10 minutos finais, termina de forma abrupta deixando muitas perguntas no ar, não sei se propositais ou não.

O Rapto do Garoto Dourado

Minha única crítica a esse filme é que achava que ele era mais místico do que de fato é. Um trash muito bom dos anos 80.

Curtindo a Vida Adoidado

Um filme com ritmo à frente do seu tempo. Cheio de mensagens nas entrelinhas, lembrado recentemente quando o Danilo Gentili fez uma versão brasileira muito semelhante, mas o politicamente correto condenou seu filme e deixou esse clássico passar por décadas na Sessão da Tarde sem nunca ser questionado a temática principal do filme.

Queria Encolhi as Crianças

Está aí outro filme que peca pelo ritmo, fora isso ainda dá para assistir tranquilamente, e os efeitos mesmos toscos, pensando na época que foi feito, podem até ser considerados “bons”.

Goonies

Parece um pecado mortal o que vou falar, mas não veja Goonies hoje em dia, aquela lembrança boa da sua infância de um excelente filme de aventura se perderá. Principalmente depois de tanto bagagem que tem. Deixe ele lá na prateleira. Quem avisa amigo é e pirata Willie Caolho também!Até a próxima sessão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s