Freio puxado

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

É triste a sensação que True Blood deixou depois desse episódio, me lembrou dos episódios finais de Dexter em sua última temporada e o final da experiência foi uma das mais traumatizantes de todas.

Com spoilers

Noomi v2True Blood 7×07 – May Be the Last Time: Por onde começar? Vou focar nos personagens que se saíram bem. Eric, Pam e a Yokonoma Corporation encontraram seu primeiro obstáculo na irmã de Sarah/Noomi que depois de curada não iria entregar sua sister, só que não adiantou “fingir de morta” para aquele bando de psicopatas, sua cura só veio antes da sua True Death nas mãos de Eric.

Parecia que Sarah estava com o placar de 3×0 em suas fugas, só que a informação sobre a personagem religiosa mais conturbada da história da TV ser a cura da Hepatite V fez com a Yokonama recebesse total apoio do governo japonês que localizou a ex-loira com satélites em outro refúgio de seu passado os Acampamentos da Sociedade do Sol, lá da 2ª temporada.

Suas alucinações com Jason, o Guru e Steve Newlin foram legais, mas como esse episódio terminou novamente com um grupo de inimigo prestes a encontrar Sarah, como já aconteceram três outras vezes, só ficava a sensação de já vi isso antes e o todos os minutos do 7×07 só embromaram para chegar aqui.

Steve e GuruNo meio disso tudo teve o retorno de Hoyt, sua relação estranha com Jason que teve que esquecer para partir de Bons Temps de alma lavada e sua nova namorada Brigitte que já parece atiçar os hormônios em ebulição do Oficial Stackhouse.

Hoyt e JasonArlene teve uma conversa “chata” com Sam do porquê de não saíram daquele lugar amaldiçoado, eu só leio nas entrelinhas que a única verdade, é que o showrunner ainda os quer vivos. Outro momento da ruiva foi o já clássico sonho erótico com Keith, com o qual termina o episódio dançando ao invés de transando porque era positiva para o vírus anti-vampiro. Detalhe e só por esse motivo. O luto por Terry já passou.

Lafayette e Letie Mae surgiram mais aleatórios do que nunca cavando na casa dos outros para descobrir o que a insuportável da Tara que morre e não nos deixa em paz, quer dizer com sua corrida na selva depois de cobras e crucificamentos.

Violet também foi outra que deixou tudo em banho maria, colocou os dois pombinhos para transar com centenas de brinquedinhos e só no outro dia mostrou suas garras, acionando o alarme de Jessica para o perigo que Adilyn estava correndo. Briga das boas por aí! Será?

Violet e criançasPara terminar lenga lenga Sookie e Niall por um milagre para salvar Bill, outros flashbacks desnecessários do vampiro e no final sem mais o que lamentar, vamos transar afinal já te transmiti o vírus e vai morrer mesmo.

Peraí e o luto por Alcides? Ficaram-nos outros episódios. Se Bill se salvar depois disso acho que metade do tempo da última temporada terá sido todo em vão com sua história muito arrastada, sua doença que já pode ser curada (pelo menos eu acho que Sarah pode curar qualquer estágio) e os flashbacks de dar sono.

True Blood nos traga uma injeção de ânimo no próximo domingo, quero motivação para continuar assistindo esses três episódios e um final bomba para que sua versão póstuma seja lembrada pelos altos e não desníveis que nós encontramos agora.

Continua na próxima noite.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s