Dragão de Fogo

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Duas resenhas de mangá com dois dilemas diferentes, aqui One Piece tem o topo sem qualquer questionamento. Ritmo lento ou desdobramentos atrasados e salvamentos de última hora ditam seus adversários.

Mesmo assim, Hunter x Hunter só tem 5 capítulos do seu atual arco e ainda está preparando terreno para um grande arco, já Bleach e Naruto tem séculos com seus atuais arcos. O primeiro peca por gastar muito tempo em batalhas sem final e quando precisa dar atenção à determinada cena dividir o capítulo em duas frentes, o segundo por colocar humor na hora errada e ter um vilão que pode matar a todos com um espirro e fica arrumando desculpas para não fazê-lo.

Com isso é difícil definir quem fica em último. Dei o lugar a Naruto semana passada e vou inverter essa semana, porque pelo menos deu para rir com os ninjas.

Com spoilers

DRAGÃO DE FOGO

ONE PIECE (referente ao capítulo 751): O que estava esperando do 750 veio com esse capítulo, Sabo explicando a habilidade da garra de dragão que usou no torneio como Lucy, quebrando a espada de Bastille e ameaçando destruir seu crânio se quisesse, esquivando do Meteoro lançado por Fujitora que vê que a Gaiola começa a perder resistência e falando que não queria sentir o que já sentiu com a morte de Ace e sempre que o irmão chamasse viria voando.

OP 751-01

Na segunda frente do capítulo, Luffy segue com Mu e seu exército inesperado conquistado com ajuda do Deus Usopp, o libertador, chegando próximo do chamado Jardim do Castelo e encontrando um atalho e finalmente se comunicando com Robin para pegar a chave das algemas de Law, o problema que o túnel cheio de água é uma armadilha preparada pelo próprio Don Flamingo, seja o verdadeiro ou outro boneco de fios.

OP 751-02

A luta principal vai começar.

HUNTER X HUNTER (referente ao capítulo 345):  Um Gon sem objetivos ou aura, “normal” retorna para sua casa, para sua origem no início do mangá.

Ging amplia sua oferta a todos os membros do grupo de Beyond, seja quantos forem para ser o número 2.

O V6 e o Zodíaco conseguem que Beyond assine o contrato de seguir para o Continente Negro como prisioneiro, enquanto isso o Príncipe de Kakin mostra todo seu lado sádico.

HXH 345

E apenas uma das 4 exigências para ir ao Continente Negro: permissão é riscada da lista.

Capítulo em ritmo um pouco lento como os dois primeiros do retorno, porém montado um quebra-cabeças complexo.

NARUTO (referente ao capítulo 682): Nada dos Kages, Sasuke e Naruto livres a princípio e o ninja de laranja fala que vai usar um jutsu que tem treinado até mais que o Rasengan e o que vemos,  Oiroke Gyaku Harem no Jutsu para desconsertar Kaguya e o pior que funciona. Só não sei se é a hora certa de se fazer humor com tanta tensão no ar.

Quando a brecha perfeita vai ser formada para o jutsu de selamento, que parece até simples usando as insígnias do Sol e da Lua nas mãos dos descendentes do Rikuddou Sennin, o cenário se torna de gelo e um bloco do mesmo elemento protege a MÃE.

NARUTO 682

Com um poder desse de controlar cenário fica difícil essa luta e vendo que os dois são seu maior obstáculo e seguindo a ideia de Zetsu Negro, Kaguya separa Sasuke dos demais.

Naruto parece cada vez mais uma aventura de RPG, onde os jogadores se tornaram fortes demais (sei disso como mestre) e o vilão precisa ser ainda mais forte e com poder para derrotá-lo pode deixar tudo muito fácil e o autor/mestre precisa pisar no freio. Sinto isso agora na trama de Kishimoto.

BLEACH (referente ao capítulo 586): A barreira que protegia de Ichigo não é formada pelo melhor time da história, mas Bazz-B que já derrubou dois grandes, mesmo sem ser potencial de guerra, subestima os adversários e ao invés de um Burner Finger com o multiplicador adequado resolve lembrar que é um Quincy em essência e atirar com uma besta. Só pode ser brincadeira!

Falando em coisas que não faz qualquer sentido depois de hesitar em utilizar a Vollständig contra Ichigo mesmo em desvantagem, os 8 inimigos ativam sua melhor habilidades avançando com suas asas “angelicais” contra a barreira de shinigamis.

Nosso protagonista vai gritando como sempre, recebe um contra-ataque certeiro de Ishida que o manda embora para preservar sua vida, sem cumprir ordens como sempre, Ichigo recebe uma chuva de flechadas e só não sofre com as mesmas porque Orihime surge naquele momento chave usando seu escudo e acompanhado de Chado.

BLEACH 586

Mesmo que o quarteto inicial de Bleach se encontre, nada muda, Ishida segue com Yhwach e Haschwalth para o Palácio do Rei. Encerrando esse rápido capítulo. Perceba três “traidores” que partem, não lembra muito o final do Arco da Soul Society quando Aizen, Gin e Tousen vão embora após roubar o Hougyoku.

Até a próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s