Um lugar para chamar de lar

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

A trinca da última sessão retorna. Explorando seu lado mais cômico Assassination Classroom só consegue o bronze. Toriko ainda não se recuperou da freada no capítulo passado e fica abaixo de Fairy Tail que poderia ser melhor com o que havia deixado preparado.

Com spoilers

Um lugar para chamar de lar

FAIRY TAIL (referente ao capítulo 388): O cenário múltiplo de batalha, Gray e Silver ficaram de lado nesse capítulo que começa com Wendy, Charlie e Doranbolt no cenário com as 2 mil Faces. A garota revela um novo lado ao cortar o cabelo, prometendo nunca mais chorar e vencer as adversidades não entrando em desespero como na batalha contra Ezel.

Dali segue para a batalha de Minerva, num rápido flashback descobrimos que o medo de fraquejar vem do treinamento realizado por seu pai, antigo líder do Sabertooth, que a Neo Minerva esperava se fortalecer ao vencer a morte e se tornar um demônio da Tartaros.

Erza como excelente estrategista percebeu esse detalhe e ao invés de simplesmente dar o golpe final em sua adversária, vem com a frase “esse punho está chorando”, completando que ela precisava se levantar e ir para aqueles que estavam esperando.

FT 388-01

Infelizmente o momento “amizade” das duas é interrompido por Marde Guille que volta a sua forma original, lamenta pelo golpe do Rei Celestial e resolve matá-las por conta própria, começando com Minerva, porém sendo bloqueado pelos dragões gêmeos Sting e Rogue que voltam para buscar sua “princesa”.

FT 388-02

Por mais que Minerva tenha deixado seu coração de pedra de lado com certa facilidade depois de revelar um lado maligno desde sua primeira aparição, gostei do capítulo que novamente tem um ar de preparação para esse novo round agora com o apoio da Sabertooth.

TORIKO (referente ao capítulo 281): Mantendo a linha de semana passada, começamos com Komatsu e Coco curados pelo chá de Branch-sama e com o tempo corrido já conhecemos o Eremita Daruma, um típico personagem Echi-Ero a la Jiraya de Naruto ou Brock de Pokémon que estava sendo tratado pela cirurgiã Atashino, membro do Biotipo 0.

Não me lembro da personagem nos capítulos que encerraram a primeira parte do mangá, mas sim de Melk-sama e sua voz baixa e corpo de Fisiculturista dos anos 80, que aparece sem um braço “Bleach feelings” para contar como conseguir a Salada Air do Menu Completo de Acacia.

TORIKO 281

Algumas tramas continuam paradas e o foco no grupo principal em sua visita ao Mundo da Culinária Bizarra.

ASSASSINATION CLASSROOM (referente ao capítulo 74): O último ato das Férias de Verão, uma corrida em casal com objetivos assustadores, na verdade um disfarce de Kurosensei para formar casais entre a Classe E para criar fofocas no pós-férias.

Foi engraçado o capítulo com a falha nos planos do professor e suas caras e bocas, e o final com a deixa para a história continuar me lembrou dos capítulos de beisebol que não renderam muito bem.

Ainda há chances a um casal Karasuma e Vicu. Será?

AC 74

Até a próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s