Os pacientes foram compensados

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Nova pausa de Supernatural, a última depois a série segue direito até o Season Finale, enquanto isso com um número mínimo de séries que continuo acompanhando resolvi voltar a falar de MAoS (Marvel – Agents of S.H.I.E.L.D) depois de uma nova sequência de três episódios que superam de longe o 1×11 a 1×13 comentados aqui na última matéria.

Com spoilers

MARVEL - AGENTS OF SHIELD

1×14 – T.A.H.I.TI: O primeiro episódio do arco de nome Uprising que seguirá até o 1×17 (ainda não exibido) pós-filme do Capitão América – Soldado Invernal volta ao ponto que parou o 1×13 com Skye a beira da morte e Coulson entregando o relatório sobre sua “ressurreição” para Fitz e Simmons e levando Skye para o centro médico onde foi operado.

No caminho até lá ele descobre que peças chaves que o trouxeram de volta estão desaparecendo, incluindo o próprio General Nick Fury, o médico responsável pela cirurgia e que o centro médico nos relatórios não existe de fato, mas sim a menção a um lugar chamado Guest House (Casa de Hóspedes).

Sem um hacker, Fitz quebra galho e consegue acessando o Arquivo da S.H.I.E.L.D descobrir a possível localização do Guest House, uma base oculta nas montanhas com somente dois guardas que pedem uma senha desconhecida, apoiado por John Garret que havia ido com Tripple (outro agente) buscar Ian Quinn eles invadem o lugar.

Conflito em andamento, S.H.I.E.L.D vs. S.H.I.E.L.D, os “heróis” vencem, mas há C4 por todo o lugar, e pouco tempo para procurar a droga mencionada no relatório, Fitz consegue uma amostra e corre para o Avião, enquanto Coulson investigando descobre uma gaveta com as palavras T.A.H.I.T.I e dentro dela um alien azulado com tubos nos tripas de onde se tirava a droga.

1X14

Ele corre para impedir Skye de receber a “cura”, mas chega tarde e fica com sua sensação de pavor sobre as consequência daquilo para sua pupila.

1×15 – Yes, Man: Com uma cena introdutória ao final do 1×14, conhecemos Lolerei uma asgardiana com o poder de controlar mentalmente homens para realizar seus desejos, buscando por dinheiro e poder aqui na Terra depois de fugir de uma prisão em Asgard, durante os eventos de Thor – Dark World. Olha a ponte entre a série e os filmes aí.

Lady SIF é escolhida por Odin (se viu Thor sentirá outra informação importante aqui, não darei spoilers do filme) para resgatar Lorelei e acaba localizada por um grupo da S.H.I.E.L.D que conhecemos, com Skye ainda em recuperação, um pequeno grupo vai ao encalço de Lolerei. O erro mandar homens.

1X15

Ward fica encantada pela feiticeira e acaba revelando segredos importantes, um amor por Skye que achei que tinha ficado lá nos primeiros episódios quando se envolveu com May e que será muito importante numa cena do 1×16.

Voltando ao avião, ela encanta Fitz também e não batalha de Homens vs. Mulheres com Coulson do lado das moças por ter evitado contado com a Asgardiana e o suporte superimportante de SIF, Lolerei é parada e volta para Asgard.

Ao final do episódio Coulson resolve dividir com Skye a origem da droga injetada nela, pedindo que não fale com os demais para que não corressem riscos, May ouve escondido e passa detalhes para alguém.

Seria a Cavalaria uma espiã?

1×16 – End of Beginning: O melhor episódio de longe. Todos os principais agentes da S.H.I.E.L.D que conhecemos retornam: Tripple, Garret, Hand, Blake e Stiwell para ajudarem na captura do Clarividente, que segundo Skye poderia ser um antigo entrevistado que não entrou no chamado INDEX de possíveis super seres.

É nesse episódio que a hacker se torna de fato uma agente da S.H.I.E.L.D, separados em duplas para investigar três possíveis candidatos a Clarividentes, Blake e May são atacados Deathlok agora com um braço que lança pequenos mísseis e uma couraça anti-tiro. Ele abate o agente Blake que é levado para socorro a tempo só que antes coloca um rastreador que os levam até uma base numa pista de corrida de cavalos abandonada.

1X16

Lá Deathlok foge de novo da S.H.I.E.L.D, mas conhecemos Thomas Nash, um senhor em estado vegetativo que se anuncia como o Clarividente, falando por aparelhos e com vários telões ao redor, ao ameaçar Skye, Ward acaba o matando antes que conclua sobre seus motivos.

De volta ao avião, Simmons fica no HUB e resolve levar uma amostra do sangue de Skye para análise, Fitz tenta criar uma linha segura para entrar em contato com a amiga e descobre a linha usada por May no episódio anterior, todos são avisados e Cavalaria é encurralada, embora diga que não é uma traidora.

Terminamos com Skye chegando à conclusão que o Clarividente não era alguém com poderes psíquicos e sim com informação de nível alto dentro da própria agência, fato confirmado quando o avião se afasta da sua rota original e Victoria Hand termina avisando para matarem todos com exceção de Coulson.

É isso mesmo que estão vendo, um ritmo frenético de Season Finale, faltando mais de 5 episódios para que cheguemos lá.

Vida longa a MAoS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s