Ougi

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Quem tem mais capítulos por semana tem vantagem? Parece que sim, com quatro capítulos de altíssimo nível Assassination Classroom vai do limbo ao ápice, lembrando a animação que tinha ao ler os primeiros capítulos e seguindo a lógica apresentada até aqui.

Fairy Tail também teve três capítulos semanais, um filler da Erza, muito bom em ação e comédia, e dois capítulos que foram um presente a parte em desenho e emoção. Já Toriko não alcançou a meta esperada e fica na lanterna.

Com spoilers

OUGI

ASSASSINATION CLASSROOM (referente aos capítulos 68 a 71): Fazia tempo que não tinha uma leva tão grande de capítulos de AC. O sucesso que não foi temporário deve ter sido a válvula de escape para a produção em massa do scanlator.

O capítulo 68 com uma luta fechada mostra o quanto o trabalho de equipe da classe E e de Kurosensei funcionam bem, parando um militar preparado para enfrentar vários inimigos, e desnorteado pelas ordens do invencível Kurosensei que cria a abertura perfeita para Chiba e Hayami acertarem em pontos chaves, desarmando o inimigo conhecido como Gastro sem matá-lo. É o terceiro imobilizado restando só o líder.

AC 68

Comentando brevemente do capítulo 69 já que o desfecho pode vir nos próximos, gostei de Terasaka mesmo infectado continuar em frente para ajudar arrependido da traição à classe E com ajuda de Shiro e do movimento que fez o professor Karasuma ser pego pela cortina de veneno.  E da revelação de quem é o mandante desse assassinato, alguém que conhecíamos antes, só que com a face bizarra, não mais a cara do Cebolinha, professor de Educação Física e militar Takaoka.

Takaoka como o bom covarde que é, destrói a mala com o antídoto e provoca Nagisa para uma luta de revanche, e finalmente a técnica que o mestre da professora Vicu a ensinou, a qual mencionei várias vezes aqui é lembrada, descobrimos as condições e que todas foram cumpridas, o tiro vai sair pela culatra e Takaoka vai tomar uma segunda surra ao subestimar seu oponente.

AC 71

Resta saber como se dará agora a cura dos infectados. Ótima sequência de capítulos.

FAIRY TAIL (referente aos capítulos 377, 377.5 e 378): Isso mesmo que leu, enquanto Togashi e outros mangás ficam em coma por anos, Hiro Mashima desenha três capítulos num período de uma semana.

Wendy se superou como personagem, sua Dragon Force comparada ao poder de combate que tinha anteriormente foi além do despertar de Natsu, destruindo a Face Branca e derrotando Ezel e suas infinitas lâminas. A tão pedida virada da Dragon Slayer do Ar aconteceu, falta só Lucy mostrar seu papel em FT agora. Infelizmente o capítulo 377 se encerra com a contagem regressiva ainda descendo mesmo com o artefato destruído e a magia prestes a desaparecer, começando a Ascensão da Tártaros.

FT 377

O capítulo filler da semana foi sobre Erza procurando um mouse de caramelo, aprendendo a jogar sinuca e perseguindo uma ladra chamada Moulin Rouge que usava o nome da Fairy Tail para roubar. Erza castiga a moça pela blasfêmia contra a guilda, mas no final mostra seu lado humano ao oferecer serviço à mesma, que estava roubando para alimentar seu rato de estimação.

No modo fan service da semana temos a maga classe S trocando de armadura para o modo coelhinha, vestida de garçonete, com a calcinha roubada e andando pela rua sem calcinha para todos verem.

Voltando a continuação da trama principal.  As batalhas continuam e a FT começa a mostrar sinais de desvantagens contra os inimigos, enquanto Charlie procura um futuro onde a magia não acabe e a Face se auto-destrua, seguindo as instruções desse futuro ela consegue gerar um símbolo, mas seu destino estava selado, a morte.

FT 378

Wendy não deixa sua querida partir sozinha e apertam o símbolo juntas.  Por alguns segundos, pensei que Mashima iria fazer um sacrifício real, afinal Lucy do futuro e Gray já morreram, embora tudo tenha voltado ao normal. Só que Doranbolt surge como o herói esquecido e salva as duas nos últimos segundos antes da explosão, algo também característico do mangá que sequer vou questionar. FT em essência sempre foi assim e continuará sendo, não é um defeito.

TORIKO (referente ao capítulo 271): Depois de uma preparação como foi o capítulo passado, esperava mais desse, só tivemos enrolação, primeiro o tempo que Chichi e Ichiryu se conheceram, 480 a 500 anos, afinal de contas quantos anos tinha o Mestre dos Reis Celestiais, e isso é comum, humanos com centenas de anos?

Depois o lado tarado de Chichi mostrado pelas pornografias se desperta ao pedir a roupa de Komatsu com o cheiro de Nono, a partir da promessa de novas roupas que ele resolve cozinhar a maça que tinha o cheiro de um dos ingredientes do Menu Completo de Acacia.

Cheiro que atiçou todos os demônios dos Bishokuyas, ótimas cenas espalhadas, porém faltou conteúdo relevante, mesmo o mistério no final não posso levar em consideração até o próximo, afinal a expectativa pode ser derrubada do cavalo novamente.

TORIKO 271

Até mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s