A Invasão

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Continuando com a sessão de Últimas Impressões após o ranking que só vem com o trio que já foi chamado de “Os Grandes da Jump”, essa semana o maior deles em vendas e nos TOC deu uma escorregada feia e ficou lá no final. Naruto mereceu o meio com uma crítica que inicia com outra perspectiva e Bleach o topo do pódio.

Com spoilers

a invasão

BLEACH (referente ao capítulo 571): Até o momento o que a teoria número 1, Yachiru lutando é que está valendo, mas como as lutas em Bleach são cheias de reviravoltas nada impede (ainda) o retorno de Zaraki.

Numa semana de capítulos fracos (por mais que meus companheiros de blog tenham gostado bastante de Naruto, chego lá daqui a pouco), demoraram um pouco explicando as três fases do poder desse Quincy, para no final ele já ter usado no capítulo passado o último estágio de desaparecer da mente.

BLEACH 571-01

Só que Yachiru continuava atacando por instinto sentindo um “tremidinha no ar” e mesmo com a velocidade de Vanish Point consegue acertá-lo. Revelando sua shikai Sanpo Kenju, duas criaturas que lembram muitos Hollows com outras espadas, atacando praticamente invisível com três golpes conjuntos.

BLEACH 571-02

O efeito final nem foi tudo isso, mas ver que finalmente a shinigami tenente da divisão de Guerra de Bleach irá lutar deu uma esperança boa para esse conflito menor em meio a tantos outros que parecem mais importantes.

Detalhe ele a esfaqueou pelas costas e primeira opção: Yachiru ignorou por completo ou segunda opção: os monstros de sua shikai bloquearam o ataque com seus corpos.

NARUTO (referente ao capítulo 667): Como disse acima meus amigos podem ter curtido muito mais esse capítulo que eu, talvez realmente não seja neutro com Naruto, sei que não sou. Mas se pulássemos esse capítulo e juntássemos com o final do outro, só deixando a parte do “misterioso” personagem com Sasuke de lado, encaixaria tudo perfeito. Houve uma preparação que ficou adiada por um capítulo, parece pouco, se a Quarta Guerra fosse mais extensa que a Guerra dos Cem Anos.

O misterioso personagem era Kabuto que com o mix de muitos chakras não foi identificado por Kairin, pausa, se todas as pessoas com mais de um chakra não fossem identificados pelo jutsu da menina, ela de muito útil iria para nível Ten Ten de qualidade ninja.

Kabuto esse que viu a “luz” e saiu do Izanami, com o objetivo de curar Sasuke, por ter sido Itachi a mostrar um sentido para sua vida no orfanato e etc. Blá blá blá.

Voltando o foco para Madara, descobrimos que Kakashi usou o Kamui para teleportar o Rasengan Senpou, agora que me dei conta que aquele Rasengan contra-atacado tinha algo mais, o chakra senjutsu, mesmo assim a técnica de antes continua quase sem valor.

Com duas únicas fraquezas: Obito e não usar todo seu poder mortal, não peraí: Senjutsu e Taijutsu, Gai-sensei que tinha aparecido no cenário resolve ir com “praticamente tudo que têm”, sete portões aberto e Hirudora no peito de Madara.

NARUTO 667

Sou do tipo que gosta do Gai-sensei e do Rock Lee. Ainda acho que a luta dele com Gaara no torneio Chunin, só perde em qualidade no anime para a batalha de Naruto vs. Pain. Infelizmente o capítulo 666, sim o número da besta, com a Besta de Konoha, já antecipava que ele iria usar todo o poder, ou seja, o Oitavo Portão, por isso que digo que o capítulo só adiou o que já tinha antecipado.

E minha falta de neutralidade com Naruto só enxerga os problemas no meio da incrível batalha que Gai proporcionou ao maior vilão de Naruto, o fazendo suar bicas.

ONE PIECE (referente ao capítulo 740): Fico triste em dizer isso, mas One Piece essa semana foi uma grande decepção. O grande número de eventos ao mesmo tempo, sem o merecido foco faz com que tudo seja rápido demais e agora ainda tivemos algo ainda pior, um salto num dos conflitos com graves consequências que sequer vimos direito como se deu.

Primeiro Zoro ficou sozinho para enfrentar Pica e seu poder de controlar todo o castelo, infelizmente foi à única informação sobre o espadachim, troca, Luffy salva o Soldado-san de ser implodido por Gladius e seu Akuma no Mi e leva-o e Violet para o alto do palácio escalando com a Gomu Gomu no Mi, troca.

Kinemon se disfarça de Don Flamingo, mas responde erradas as principais perguntas do inimigo, se esse tiver um pingo de inteligência, a estratégia diferenciada do Samurai para resgatar seu amigo, vai pelo ralo, nisso ainda acrescentamos que Kanjurou não está ali e quem se importa com o personagem desconhecido nesse momento. Troca.

Frank continua seu ataque sem destaque, Robin se tornou de brinquedo ao dar mole num ataque a Sugar, logo Robin o cérebro da equipe, troca. E Usopp que poderia salvar a operação SOP e o mangá de acabar sem “algo de bom” volta a ser o antigo Usopp dos primórdios de One Piece e corre abandonando todos e criando uma sequência de eventos que coloca tudo a perder.

OP 740

Falta ação, batalhas grandiosas, foco para que o Arco de Dressrosa deslanche, ele tem potencial, mas acelera e arrasta o que fica ainda mais chato com as pausas mensais.  E a salvação é uma só: Sogeking!

Últimas Impressões

Ao invés de fazer resenha semanal de Stealth Symphony vou deixar o mangá ganhar frente e sobrevida e focarei na ideia inicial, o mangá não comentando semanalmente no VVE dessa semana é World Trigger que até já fiz uma matéria especial aqui e que essa semana fez 1 ano de vida, o que atualmente é um parabéns dobrado entre obras da Jump que mal chegam ao 20º capítulo.

TOC 15

O scan responsável pelo mangá no Brasil está no capítulo 49, o atual foi o 51, vou comentar do último traduzido com base no que sei da história e até onde li. Acredito que apresentação em si da obra eu já fiz na outra matéria. Mãos a obra.

Começamos o capítulo chamado de A Grande Invasão 6 com um cenário de guerra, parece que os NAVERs estão atacando a Terra uma segunda vez, já destruindo parte de base da Border, mas se dispersando numa nova estratégia.

Entre os personagens novos conhecemos Ugh e Osamu Kuga, a primeira parece ter uma trigger igual à Réplica de Yuuma, o protagonista NAVER do mangá.

Outros três personagens que só terão sua importância revelada ao final do capítulo aparecem a seguir, dois desconhecidos e o líder do esquadrão que ficaram relegados à área onde há necessidade de evacuação. Membros classes C.

Muitos personagens da Border que não vi nos 9 capítulos que li até hoje, mencionando os membros de Classe B entre eles a Unidade Kuruma, com o atirador Taichi e o 4º atacante Murakame Kou. Personagens de uma só cena sem importância para entender o capítulo em si.

Outra unidade derrota um modelo novo de Neighbors, os nomes dos monstros que atacam pelos NAVERS. Um cubo que aparecia no primeiro capítulo e até onde cheguei não tinha aparecido é removido de um dos inimigos abatidos, como se fosse sua fonte de energia, um dos seus companheiros havia sido devorado pelo monstro e não há vestígios do corpo, teorizando também que o cubo possa ser um portal para o outro mundo.

WORLD TRIGGER 49-01

Um dos classes S que salva o protagonista no capítulo 1 se encontra com outro classe S num cenário de luta com uma cratera, Amou – codinome Black Trigger.

Kuuga, o protagonista humano aparece ao lado de Kitora, que antes era um nível maior que ele e o desprezava por sua taxa de sucesso com a ajuda de Yuuma e Réplica, uma espécie de organismo vivo que é o seu trigger. Replica se apresenta a Kitora só nesse capítulo, mas ela parece saber sobre Yuuma ser um NAVER.

WORLD TRIGGER 49-02

Essa nova invasão dispersa é vista como Replica como uma grande ação, já que deixou o outro mundo vulnerável com tantos soldados Neighbors atravessando o portal com reservas de Trion (a energia que forma o Trigger do título) para criar modelos novos a partir de sua destruição, soldados dentro de soldados. Uma armadilha.

Revelando que a dispersão do ataque é para evitar a formação de um novo Black Trigger, lembra-se do codinome do Classe S?

O grupo mostrado no início de Classe C faz exatamente o movimento que deve ser evitado, derrotar o primeiro soldado.

Gostei do capítulo, embora tenha ficado perdido. Os termos do mangá podem assustar inicialmente, mas o capítulo 1 (recomendado) é muito didático nesse aspecto.

Até a próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s