Simplesmente irmãos

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Após o excelente 9×10 esperaria que a série esfriasse e nos entregasse um filler como lhe é comum, ledo engano, o que veio depois do excelente Road Trip foi uma continuação épica com upgrades na mitologia criada por Eric Kripke, o pai e agora seu sucessor, o X, Jeremy Carver.

Com spoilers

Simplesmente irmãos

Supernatural 9×11 – First Born: Bola para frente. Gadreel é um problema ao lado de Metraton, mas como os vilões “primários” da série, não foram mostrados diretamente nesse episódio. Lembrando que pela primeira vez em toda a história da série, eles têm como inimigos uma horda de pessoas: Abaddon, Metraton, Gadreel, as facções de Anjos Caídos, fora os monstros da semana e todo o fã clube anti-Winchester que só aumentou com 9 temporadas de caça.

Dean e Sam se mantiveram separados e da última vez tivemos Amelia e Benny dois personagens super fracos para fazer parceria temporária com os mesmos, Benny se salvou no seu episódio de despedida. Só que agora brilhantemente os “figurantes” eram Castiel e Crowley. Só isso já vale pela semana.

CROWLEY ASSUSTADO

Enquanto Castiel e Sam tinham como missão acabar de curá-lo dos Testes da Tábua que fecharia os Portões do Inferno. Ainda tenho minhas dúvidas se era isso mesmo, depois da Tábua dos Anjos. O anjo de sobretudo marrom descobre que há resquícios de “Graça” em Sam e nos documentos da base dos Homens de Letras localizam um feitiço de rastreamento para o anjo em si, Gadreel.

O feitiço custaria remover o que restou de Graça em Sam, só que para isso despertaria os efeitos dos testes que o anjo traiçoeiro tinha removido quando possui o Winchester de Itu, resultado Sam poderia morrer de novo e com o botão “Quem se importa” ligado, ele quase parte, mas Castiel em seu tempo de humano ganha valores novos e resolve parar o feitiço e tentar com que tinham de “Graça”, mesmo sem resultados, fica no ar as pazes entre os Winchesters para procurar seu inimigo em comum.

CASTIEL REMOVENDO A GRAÇA

Na outra ponta Crowley, o grande manipulador encontra Dean no bar que trabalhava o antigo/novo receptáculo de Gadreel, só que o anjo já partiu e propõe ao Winchester uma aliança temporária para procurara a First Blade, a lâmina que matou os Cavaleiros do Inferno. Dean era a única pista, porque um demônio que trabalhava para Crowley o contatou antes de ser capturado por John Winchester.

O retorno do pai dos Winchesters o leva a um depósito e a uma caçadora aposentada Tara, que tinha um ritual de rastreamento faltando só um simples ingrediente, partes de Kraken, que Crowley busca em Belize. Ritual realizado eles chegam a uma casa no Missouri, onde se deparam com Caim.

CAIM

Crowley começa a mijar nas calças literalmente pelo poder do Primeiro Assassino, que o controla facilmente e como vimos no preview do episódio mata demônios com o simples toque.

A negociata pela First Blade não dá em nada, Caim está aposentado, porém durante o episódio vamos descobrindo novos pontos mitológicos de Supernatural. Ele era um demônio transformado pelo próprio Lúcifer que treinou os Cavaleiros e não foi os arcanjos que os mataram e sim o próprio Caim quando encontrou a felicidade ao lado de sua esposa que o aceitaria como era se parasse de matar.

Abaddon, com a grande bitch de sempre, invadiu o corpo da esposa de Caim e a matou no processo, prometendo que não iria atrás de vingança, o demônio simplesmente se aposentou e o último Cavaleiro acabou com a ordem dos Homens de Letras até voltar ao presente com ajuda de Henry Winchester.

Além disso, ele não matou o irmão como se imaginava, na verdade Abel achava que conversava com Deus e na verdade era assediado pelo primeiro demônio – Lúcifer – Caim negociou que a alma do irmão fosse ao Paraíso e que ele se tornasse um demônio, o preço matar o irmão com as próprias mãos. Winchester vibe na história original.

Demônios de Abaddon localizam Crowley e por tabela Caim e Dean, num cena épica de batalha de Dean com a Adaga dos Curdos, enquanto Caim descascava milhos, ele prova o seu valor e o primeiro filho passa a Marca do Assassino para Dean, sem que ele saiba o preço disso. Que vacilo em Dean, mas um fardo desconhecido para os Winchesters.

MARCA DE CAIM

A marca e a First Blade funcionam juntos, enquanto Crowley que enganou Dean desde o princípio para que ele recebesse a espada/marca procura a lâmina no Oceano, Dean precisa localizar Abaddon e depois tem outra promessa a cumprir, achar Caim e o matar em definitivo com a First Blade por descumprir sua promessa e voltar ao Caminho do Assassinato.

Palmas para esse episódio.

Continua em breve.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s