RPG – Hora do Teste – Parte 28

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Hoje começa a segunda etapa do Playtest, segundo a programação na minha cabeça que deve ter menos de 50% de funcionar será a última, também com 7 partes e algumas pausas para discutir sobre áreas mais complexas do sistema que não tiveram a devida atenção na primeira etapa.

Como já tinha mencionado agora os playtest são em cenários simples de batalha, o que manda são as regras que vão ser testadas, as opções de personagens e o nível do teste, começando novamente no nível zero e subindo 3 níveis por parte.

Para começar os trabalhos cada jogador teve a oportunidade de criar um personagem do zero que seriam acrescentados aos nove personagens criados para a etapa anterior. A divisão desses personagens era simples, um deveria ser de uma classe de guerra: guerreiro, ranger ou escudeiro; o segundo de classe de conjuração: mago ou clérigo e o último de classe neutra: paladino, padre, ladino ou bardo. Lembrando que essas são as nove opções de classes primárias que se pode começar no SIF.

O primeiro jogador optou por um guerreiro meio-elemental de trevas, o segundo por um mago serenge sapo (sim essas opções existem em SIF), serenge sapo seria uma espécie de licantropo que tem a forma animal (sapo no caso) e a forma humana, recebe benefícios ligados a sua herança animal com atributos e uma técnica extra independente da classe. O último personagem escolhido foi um padre meio-elfo, raça que nem tinha na primeira etapa, por ter regras duplas de humanos e elfos.

  TESTE 28

Continuar lendo RPG – Hora do Teste – Parte 28