Caçadores bons para cachorro

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Segundo filler, qualidade lá no alto. Jensen e seu ótimo timing para comédia no rumo do episódio. Só continuo lamentando 5 episódios e só dois com Misha, se ele é de elenco principal utilize ele em histórias paralelas ou mantivesse ele com os Winchesters.

Com spoilers

Caçadores bons para cachorro

 

Supernatural 9×05 – Dog Dean Afternoon: Tenho que ser sincero até esse momento da temporada esse foi o episódio mais fraco, o que não quer dizer que não foi ótimo. Episódios da série que mudam o rumo para o lado cômico sempre funcionaram e como a trama da temporada é extensa, mas sem um objetivo definido a ser cumprido, os fillers se encaixam melhor do que antes.

Para aliviar o tempo que passam na base dos Homens de Letras, Sam chama Dean para resolver um caso de um taxidermista que teve todo os ossos do corpo esmagados, o que logo lembra homens-serpentes ou Vetalas. Meio a contragosto afinal Sam/Ezekiel estão se recuperando, o irmão mais velho resolve ir para a estrada com o Impala.

Lá ficam sem pistas quando a única testemunha do crime é um cachorro e a única evidência é que as vísceras dos animais empalhados é que foi roubado e uma mensagem de um grupo local protetor dos animais, mas pacífico.

Coronel

O casal que formava o grupo revela que usavam óculos escuros dentro de local fechado, ou seja, douchebag como Dean gosta de dizer e o próprio casal por terem sido atingidos pelo que Sam constata ser veneno de serpente. Mais uma pista para o monstro serpente.

Dali o vilão cowboy acaba cometendo mais um crime quando o segurança local o vê devorando literalmente gatinhos e nesse momento que Coronel, o cão testemunha volta a aparecer e a cereja do episódio é colocada. Um feitiço menor é utilizado para que Dean possa compartilhar a mente ou tentar entender o animal e voilá o Winchester começa a ouvir Coronel reclamando de bandas de rock.

Vilão devorando gatinhos

O animal dá pistas dos cheiros no homem, mas pouco tem a acrescentar, mas só de ver Jensen pegando a bolinha de papel, latindo para o carteiro, apaixonado pela cadela, lutando pelos direitos animais e a cena máxima dele andando com a cabeça para fora da janela do Impala já valeram o dia.

Dean modo dog

No canil do segundo crime outro cachorro apaixonado por Sam troca informações por cafuné e chegamos ao local de trabalho do cozinheiro macabro, que na verdade usava de bruxaria usando órgãos animais para ganhar habilidades diversas e retardar o seu câncer.

Com habilidades camaleônicas ele rasga a garganta de Sam que precisa novamente da ajuda de Zeke para se curar e acaba chamando a atenção para sua cura peculiar e quase vira comida para o cozinheiro se não fosse pela lábia de Dean que ganhou tempo e chamou um bando de cachorros que deixou fugir para dar fim ao vilão.

Sam com corte na garganta

Caso resolvido. Sam cada vez mais desconfiado do irmão e vem a cena brilhante para nos deixar com pulga atrás da orelha, quando Coronel fala que os cães não são os melhores amigos do homens e sim estão na Terra para … e Dean tem o feitiço quebrado e não escutamos o resto.

Cumprimento final

Roteiro primoroso. E esperando o 9×06. Que Castiel retorne seja filler ou não.

P.S: Nenhuma menção em usar o que Charlie fez no episódio passado para rastrear os anjos, culpa do filler, episódios gravados fora de ordem ou apenas detalhe de continuidade? É elogiar e achar erros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s