Kill la Kill – Primeiras impressões

POR ROBERT R.R. MATOI

Kill la Kill é um dos animes da temporada de outubro produzido pelo estúdio Trigger. É o primeiro projeto original do estúdio e dirigido por Hiroyuki Imaishi e escrito por Kazuki Nakashima, que trabalharam juntos em Gurren Lagann.

Imagem

Eu peguei o primeiro episódio mas não ia assisti-lo agora. Ia esperar passar mais alguns episódios. Comecei a assistir só pra ver como era o traço, estilo de animação, essas coisas…Assisti aos primeiros três minutos e alguma coisa ali me prendeu e me fez assistir até o final. Não sei se foi por certos exageros como o modo que um dos antagonistas aparece em cena, ou o exagero da cena de luta que ocorreu logo o seu aparecimento, não sei mesmo. O que sei é que fiquei preso a tela por 24 minutos.

ImagemO que eu vi nesses 24 minutos em relação a história é que ela se passa na Academia Honnouji, uma fictícia escola de um Japão pós-apocalíptico. Nela, existe um Conselho Estudantil opressor liderado por Satsuki Kiryuin. Todos os integrantes do conselho vestem uniformes especiais, chamados de Uniformes Supremos e eles são divididos de um a três estrelas. Os alunos normais usam o de zero estrelas (sim, zero). Estes uniformes garantem aos usuários poderes sobre-humanos para oprimir tantos alunos quanto professores. Os que possuem três estrelas são somente quatro, também chamados de Os Quatro Devas. São eles: Ira Gamagori, presidente do Conselho de Disciplina (o primeiro a aparecer e é assustador), Uzu Sanageyama, presidente do Conselho de Clubes Esportivos (que parece ser o mais relaxado), Hoka Inumuta, presidente do Comitê de Estratégia e Informação (geek) e Nonon Jakuzure, presidente do Conselho de Clube Culturais (a personagem com jeito meigo mas que deve ser o demônio por dentro).

ImagemIra invade a sala da turma 2-A a procura de um aluno que agiu contra as regras do Conselho Estudantil. De repente, um aluno se levanta rapidamente e tenta fugir de Ira carregando um Uniforme Supremo, que depois se revela ser de uma estrela. O aluno o veste e tenta ingenuamente atacar Ira. O pobre coitado é violentado numa das cenas mais nonsense de pancadaria que já vi.

ImagemNo dia seguinte, Ryuko Matoi, a protagonista da história, aparece na escola e vê o corpo morto e nu do aluno espancado no dia anterior exposto na entrada como prova das capacidades do Conselho Estudantil. Sim, morto. Fiquei pensando na possibilidade surreal disso acontecer na vida real. Ser morto pelo Comitê de Disciplina do colégio e nenhum pai aparecer reclamando hehehehe. No anime, até entendo. O medo do Conselho Estudantil deve afetar os pais. Me perguntou porque um pai colocaria um filho para estudar numa escola dessas mas tudo bem. Na vida real, creio que reduziríamos a população infantil e adolescente do país a menos de 10%. Talvez se houvesse algum pai metido a justiceiro, rodaria também, reduzindo a população adulta em 60%. E os avós aparecessem, diminuição drástica da população de idosos. Ok, retornando de meu devaneio, continuemos…

ImagemEla conhece Mako Mankanshoku perambulando pela cidade e logo se tornam amigas. É apresentada a classe pelo entediado professor, Akiro Mikisugi. Depois, ao ver o Conselho Estudantil e a líder, Satsuki, Ryuko a desafia lhe apontando a sua espada-tesoura, que parece ser um lado de uma tesoura gigante. Ryuko diz que está atrás do assassino de seu pai e que aquele item foi deixado no local por tal pessoa e acha que talvez Satsuki saiba de alguma coisa sobre o acontecido. Takaharu Fukuroda, o líder do clube de boxe surge com seu uniforme de duas estrelas e dá uma leve espancadinha em Ryuko, que faz uma retirada estratégica.

ImagemOs membros de elite do Conselho Estudantil conversam entre si e com a líder, questionando sobre a garota que desafiou Satsuki. Ao saber do nome da garota, Satsuki solta um leve sorrisinho. Uma informação interessante que Satsuki solta na reunião é que a espada-tesoura é capaz de destruir os Uniformes Supremos. Apelão, não?

Ao chegar em sua velha casa destruída, o outrora entediado professor Akiro, aparece nas sombras guiando Ryuko até um lugar subterrâneo da casa dela. Lá, ela descobre um uniforme de marinheiro e vivo.

ImagemNo dia seguinte, Takaharu está a ponto de executar Mako por traição. Ryuko vai ao resgate e enfrenta Takaharu novamente, usando sua arma e seu novo uniforme derrotando e destruindo o uniforme do mesmo. Logo após isso, Ryuko aponta novamente a espada-tesoura para Satsuki e questiona sobre o usuário do outro lado da espada-tesoura, que foi quem matou seu pai, Isshin.

ImagemE assim termina o primeiro episódio de Kill la Kill.

Achei o anime bem interessante e promete ser um dos melhores da temporada. A história tem potencial e os personagens são interessantes. Vamos ver se o resultado final condiz com a expectativa. Não ia acompanha-lo mas o primeiro episódio me fez mudar de ideia. Adicionei à lista e espero ter tempo de assisti-lo toda semana. E é uma sugestão para aqueles que tinham alguma dúvida.

ImagemComentem aí embaixo ou então na comunidade do Facebook.

E fiquem com o trailer abaixo:

Até a próxima, pessoal!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s