Tire os braços da mesa, menino!

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Toriko continua sua batalha de deuses, Fairy Tail dá uma senhora reviravolta com a questão apresentada sobre o Livro de Zeref e suas criaturas no capítulo passado e Assassination Classroom troca de casa para preencher a vaga deixada por Silver Spoon e ST&RS em dois capítulos que são melhores que os anteriores, mas ainda não me empolga com alguns arcos do mangá.

Com spoilers

Tire os braços da mesa

 

TORIKO (referente ao capítulo 248): Cena inicial de Toriko saiu do nível épico, para o nível bizarro e pervertido, a língua gigantesca de Midora que destrói o monstro aprisionado nos pauzinhos – olha aí de novo – de Ichiryu e abre um buraco nas nuvens, as cortando e volta à boca como uma gigantesca serpente. Cruzes!

Toriko 248-01

Daí vem um diálogo que faz referência a algo científico e explica o Voo do presidente através da atividade dos átomos em suas células gourmets, e ainda solta que um dia muitos voarão, parecendo que os Bishokuyas vão aprender essa técnica num futuro.

A educação japonesa a mesa representada pela figura do presidente e a bizarrice continua com a Língua de Espinhos e o Escudo de Língua de Midora. O personagem está perdendo o brilho de vilão com esses golpes para lá de exóticos.

Estranho ver que até o momento o presidente tem larga vantagem na luta, o que acontecerá para mudar esse cenário? Já que conhecemos o futuro e ele não é promissor.

Toriko 248-02

FAIRY TAIL (referente ao capítulo 350): Gray x Doriarte que entra em Fúria e usa sua magia em todos na cidade congelada, incluindo os Exceeds que caem no campo de batalha a tempo de salvar a vida do mago de gelo de um golpe fatal, lembrando que “ele” morreu há pouco tempo.

Minerva dessa vez também é afetada pela magia durante seu confronto com Erza, a tal voz continua misteriosa, mas Gray resolve pedir ajuda ao que congelou a cidade, voltando ao normal e derrubando Doriarte com só golpe. Que poder é esse que congelou a cidade e usou Gray como um receptáculo?

FT 350

E por que a criatura que trouxe Minerva e Doriarte começou a devorar o demônio de Zeref?

ASSASSINATION CLASSROOM (referente ao capítulo 52 e 53): Focado em mostrar as variáveis da aposta selada no capítulo 51, de um lado o filho do reitor que já planejou tudo para controlar a Classe E e descobrir o segredo que seu pai esconde, Kurosensei.

Do outro lado a classe A motivada pelas vantagens numa tentativa de assassinato contra o professor “alien” e o bônus da aposta com a classe E, ainda não revelado.

O modo que autor Yuusei conduziu o capítulo da Batalha de Intelecto com os monstros, os gladiadores, o desespero dos membros do top 5 da Classe A foi diferenciado, mostrando que ele tem recursos de condução da história para deixar algo que poderia ser monótono numa batalha, que ele já provou que sabe fazer muito bem, mesmo que AC não seja um battle shonen.

AC 52-53

É aguardar os resultados.

Até a próxima

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s