Duelos de adagas sangrentas

POR LEONARDO “SILVERBOLT”

True Blood chegou à reta final de sua temporada, deixando o Resumo da obra em stand by até o Fall Season. Sigo com Dexter e sua jornada final.

Com spoilers

duelo de adagas

Dexter – 8×09

Episódio começa num vibe de romantismo, Dexter dizendo “eu te amo”, prometendo fugir com Hannah e levar Harrison, que a chama a Poison Killer de mãe e até a desenha a mesma deixando a mostra para o Federal que fez participação especial nesse episódio, só que se livrando no soar dos sinos dizendo que a tal “mãe” era a assassinada Rita.

DEXTER E HANNAH

O Federal que vem ao chamado de Elway para começar uma caçada a Hannah cheia de falhas, não seguindo Dexter, acreditando na lenga lenga do seu romance com Arlene, a ruiva cúmplice da loira. E cancelando – será mesmo?  – a proteção policial a Dexter, Jamie e Harrison da noite para o dia. Se o cancelamento for verdade, falha dos roteiristas só para deixar o caminho aberto para o Neurocirurgião.

Falando no vilão da temporada, achei que estava vendo sombras onde não havia sol e não o namorado de Cassie tinha culpa no cartório, muito maior do que poderia imaginar e ao abrir da cortina desse episódio ao som de Make Your Own Kind of Music. A música que marcou a chegada de Desmond Humes em Lost e não de Oliver Saxon ou Daniel Vogel. Deve ser um fã de Lost que colocou essa música aí, ou um avoado achando que era a trilha certa para o episódio.

Oliver/Daniel era o filho perdido de Vogel, explicando agora o porquê mencionado no episódio anterior de escolher essa área de estudo, a própria doutora tinha um filho psicopata a la Caim que matou o Abel, seu outro irmão, o afogando na piscina. Só senti uma forçada de barra nessa história a interpretação do artista que de manso e sem qualquer suspeita passou para um cara tenso com pinta de psicopata, entre tantos buracos no roteiro deve ser mais um.

A verdade cria um novo embate, Dexter deseja matar Daniel afinal ele matou muito inocentes só para se provar para a mãe, incluindo Cassie no pacote. Já a mãe acredita que ele deve ser levado para uma instituição novamente, onde ela acreditava que o filho tinha morrido.

oliver saxon

Além dessa parte do episódio, ainda tivemos Zach que antes de morrer conseguiu deixar pistas para Dexter descobrir sobre Daniel, confirmando que seria um excelente discípulo. O elenco da delegacia só aparecendo para fazer jus ao pagamento, ainda gosto da idéia de algum dos milhares de psicopatas espalhados por Miami explodir aquele lugar.

E Debby com vários dilemas, que não lembra a personagem da Season Premiere. É como se em algum momento entre sua tentativa de se matar junto ao irmão, a personagem tivesse resetado como uma máquina, até pensando em voltar para a polícia, só que percebendo a péssima idéia de manter uma vida dupla sabendo sobre a verdade de Dexter, dando abrigo para Hannah e dividindo o jantar com a cunhada.

DEBBY E QUINN

Fora a parte de deixar Elway de lado, ter de mudar os rumos da investigação de Zach, que sabia estar morto e agora de Oliver Saxon, que o irmão avisou que era perigoso, mas a deixou às cegas.

É esperar que a série tenha aquecido para os episódios finais, só posso dizer que o promo do próximo episódio – sem spoilers – parece promissor, mas promos e trailers sempre passam muito mais do que são de fato.

Continua daqui a duas semanas após pausa da série nos EUA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s