Um novo pergaminho na história de Inpergoh – Sem bússola

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Claire morreu depois de contar sua triste história a Ahstan e não pode ser revivida, o oráculo começa a descobrir o porquê dos saltos temporais e a origem do reboot do tempo, enquanto Jacques e Yves se unem ao grupo e vão para o Plano da Água.

pergaminho RPG

Fora de Paikkhan

Hermes Turms, o patrono de Jacques faz um estudo sobre a doença de Manyard Smith na base do Grupo Épico.

Lá eles avaliam que o sangue removido do cientista monstro e imortal se torna uma gosma negra altamente suscetível ao toque e que pode rasgar a pele. Ela causa a doença num estágio menos avançado, mas o tempo de incubação é muito rápido.

Tornando as pessoas doentes misturas de suas raças comuns e parte demônios, com exceção das Makkyn-nas que são imunes.

Só que durante a pesquisa e o tempo na base, uma das gosmas começará a falar com o alquimista.

– Olá. Seja dia, tarde ou noite aqui fora. Parece que a experiência deu certo. Eu revivi aqui nessa era como parte de uma experiência biológica.

– Devem estar curiosos. Podem perguntar algumas coisas? Não posso dar todas as coordenadas de mão beijada, mas sou bom o suficiente para ajudá-los.

Ela se vira para Hermes Turms se torna Symia.

– Sua paixão secreta. Não vou contar para a netinha dela que está me olhando por esses espelhos.

mago das sombras

Plano da Água

5ª Pérola – Para tentar entender o que acontecia ali, Ahstan ainda em luto se apressa na frente e ao atravessar a bolha sente a temperatura do seu corpo aumentando muito rápido. Parecendo que ia pegar fogo a qualquer momento, resistindo ao efeito ele se aproxima da ostra e encontra uma pérola.

6ª Pérola – Acreditando que era algo simples, só resistir aos efeitos e pegar as pérolas, Ahstan segue de novo na frente, conforme seu corpo vai inchando com água, seus membros ficam duros e ele fica imóvel. Seth entra para ver o que pode ser feito e sofre dos mesmos efeitos. É Jacques que consegue passar, resistir e pegar a segunda pérola.

2ª Perola – É o comerciante que começa a missão de pegar a próxima pérola, quando ao tocar na bolha é empurrado por um forte onda, Seth dessa vez tem sorte e resiste ao efeito pegando a terceira pérola.

4ª Pérola – Zephaniah resolve começar na quarta etapa e ao atravessar não sofre qualquer efeito devido ao seu Corpo de Sombras natural. Tenta usar força, atacar a ostra e ela não abre de jeito nenhum. Novamente é Jacques, depois de Ahstan resolveu ficar de lado ao falhar que consegue após começar a soltar a água do corpo em golfadas e quase secar, pegar a quarta pérola.

1º Pérola – O geomancer tenta ajudar com todas as outra, mas só pode dar suporte sem poder “desligar” sua resistência natural. Após ser congelados Seth e Bresinger conseguem a quinta pérola.

3ª Pérola – Ahstan volta a tentar assim como todos os outros, o tempo passa e nada, até que Zephaniah anula o Corpo de Sombras dos demais e o problema era que a pessoa que atravessasse precisava respirar para passar pela prova e pegar a penúltima pérola.

7ª Pérola – Chegamos à última bolha, Yves analisa e não sente nenhum efeito mágico na mesma para ajudar a descobrir seu efeito e por não ter arriscado ir primeiro em nenhuma, resolve que seria essa a sua vez. Ao atravessar desaparece, surge num outro lugar de frente para uma gigantesca criatura marinha, semelhante a uma Lula Gigante, o mago não tem recursos e acaba voltando a bolha completamente despedaçado pela força da lula.

KRAKEN

O último guia caia e Jacques em fúria pensa em ir, só que Ahstan passa na frente e enfrenta a lula com seus poderes de cális amarelo, novamente não é fácil para o cális, até que ele usa um poder da própria criatura que cria um vão no oceano para criar um lugar seguro e usar seus poderes de eletricidade, lançando relâmpagos que derrubam o Guardião das Águas. Conseguindo a última pérola ao voltar a bolha.

Jacques pede que Seth petrifique os pedaços de Yves para levá-lo para tentar a ressurreição, mas o mago e Ahstan se lembram de que a ideia não deu certo com Claire e os outros dragões.

Fora de Paikkan

Grunion tenta localizar o portador do medalhão criando um dispositivo em Sfelt, o que acaba chamando a atenção dos próprios Entrópicos que apagam a magia da cidade e atacam.

Membros do Grupo Épico são mandados. Arsh e Victor sem seu equipamento mágico não conseguem fazer frente aos magos que controlam a mana natural e todas as magias de certa cor e não dão mais notícias.

– Eu sou a magia.  (pode ser ouvido fora da cidade)

Kainnos é enviado como um espião para descobrir o que aconteceu.

Continua nos próximos pergaminhos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s