RPG online – Fique de olho aberto

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Com o final da primeira jornada hoje vou colocar em destaque aqui na sessão de RPG online um problema que vem crescendo em determinadas aventuras mais recentes. Popularmente poderia falar em falta de atenção.

Multi-pcs

Em RPG de mesa quando esperam seus turnos, os jogadores tinham algumas opções: conversarem com os demais que estão esperando, jogar algo no celular, ler, ouvir músicas, a tecnologia aumentou as possibilidades e eles não precisam ficar ali ouvindo um turno que nem sempre irá chamar a atenção. Nessa parte, levanto a mão e sou culpado, às vezes atrapalho o turno alheio falando algo fora de hora ou não presto atenção no turno do outro jogador.

Só que no RPG online há uma multiplicação do fator atenção, além do turno do outro que nem sempre quer ler, tem outra infinidade de coisas ali ao seu alcance enquanto aguarda. Em batalha nem se fala, a divisão certa de turno e a demora para voltar ao seu turno permitem que leia um livro de poucas folhas online, escute um CD (será que isso existe?) inteiro, vídeos no You Tube, responde a todos que o marcaram no Facebook.

Celular

Não condeno nada disso, quando estou folgado também esperando respostas de jogadores, que nem sempre vem na razão de tempo que esperamos faço o que consigo e o que o notebook permite para adiantar outras tarefas.

Com o serviço de segunda a sexta – que não é um bicho de sete cabeças – tive que dividir minhas noites semanais e final de semana para realizar uma montanha de tarefas – postar no site, assistir séries e ler mangás com o intuito não só de me entreter, mas também de juntar material para o VVE.

Só que tem hora que um detalhe perdido altera todo o conceito, um grande gancho se perde, e o grupo que dificilmente encontra consenso quando se une fica sem rumo.

sem-rumo

Para ilustrar isso vou usar trechos recentes da aventura 2 que mestro online e está no seu último arco.

“Rin corre para o quarto demônio com seu ataque clássico. Mais um demônio que cai. Drake só observa a luta. E fica pensando em algo quando ele e Rin somem.”

Essa é uma das mais recentes ações que os jogadores perderam no meio do todo. A batalha continuou, mataram os inimigos, realizaram um procedimento que despertou um novo inimigo, outro confronto e no final, ninguém… com exceção de um jogador que estava ausente e atuou como NPC que lembrou do fato. Aí que foram pesquisar onde ele estava e o rastrearam, na verdade quem o rastreou foi o próprio jogador como NPC.

Esse jogador em questão – Rin – faltou as duas aventuras, a que sumiu e a posterior e por isso, nem pode se manifestar, se ninguém tivesse feito – será que lembrariam dele? Procurariam-o? Usariam recursos para tal?

Como disse antes batalhas são pratos cheios para desviar da atenção vejamos outro caso:

“O elfo só se defende com movimentos imprecisos do corpo, sem armas, o que não é eficiente. Os cortes não são tão profundos, mas novamente não derramam sangue. Sua aura atinge Dubhe que sente uma leve queimação.

O chute empurra o lobo que volta e o morde, segurando a mesma, seus golpes mesmo com chamas nas presas não “queimam” como antes.”

Repare que menciono aqui a “queimação” duas vezes nas ações e o fato do elfo inimigo não sangrar, detalhes importantes que passaram despercebidos, às vezes não são necessário teste dos jogadores para saber sobre o inimigo, ou em pequenos detalhes eles ganham informações importantes e desperdiçam.  

chamas negras

A queimação causava dano contínuo nas pessoas, chegou a causar mais 14 de dano por turno num jogador, que nem se questionou a fonte do dano e ou procurou e o detalhe do elfo “morto”.

Falando em morto repare na seqüência de ações que segue. Dante era um aliado que traiu o grupo, esse foi o primeiro encontro dele com o grupo dentro da base inimiga. Um combate dele contra um personagem sem nome, que é conhecido como Órfão ou o monge. O lobo mencionado era o mascote de Dante.

“O monge prende Dante sem resistência e inocula o veneno nele, parece que a resistência do bardo só funciona para o mesmo, ele sofre todos os ataques, só que sua pele queima depois dos golpes…

Órfão- Da mesma posição continua seu ataque na mesma sequencia anterior apertando mais suas mandíbulas nele tentando injetar mais veneno!

O lobo rosna ao ver que Dante parece não querer se defender do ataque. E prepara um bote contra o monge.

Dessa vez não há qualquer resistência: golpes e venenos tudo direcionado para Dante, que para de se mover. O lobo uiva alto e uma forte aura negra cobre o corpo do bardo queimando ainda mais o monge

O lobo após terminar o uivo começa a bufar uma aura semelhante a que saem da boca do bardo, seus dentes amarelados ficam negros e ele salta sobre o monge tentando removê-lo de Dante, o mordendo com força para puxá-lo.

No contragolpe o monge impede o lobo de puxá-lo, mas perde a firmeza sobre Dante, que cai no chão, duro ainda emanando a aura negra.

Órfão — Vamos, desista e podemos conversar! – Continua a apertar com seus golpes e a mordida, porem lembrando que o mesmo já foi considerado um amigo, tentava segurar as lagrimas e antes até de terminar a mordida parava.

Não queria fazer isso, mas tenho que fazer algo! Preciso destruir a escuridão da sua alma! “- então o largava ali em pé mesmo com o lobo a sua perna focava-se suas energias em garras como uma furadeira, mirava em seu peito. Então Dava 5 golpes consecutivos na mesma área para tentar abrir o peito, sendo que o ultimo se conseguisse furar seria combinado com energia oposta dentro do Dante!”

um-morto-muito-louco

Essa última ação menciona o corpo de pé, foi feita pelo jogador, porém o que ocorria de fato era o lobo o mordendo e Dante já desfalecido sendo tomado por uma doença em seu interior. Percebam o “cai duro emanando aura negra”.

Nessas horas não sei se é o calor da batalha, falta de atenção dos jogadores, muitas tarefas executadas em comunhão com a sessão que acabam tirando o foco do principal e causando essas falhas técnicas de assuntos que poderiam ser resolvidos até mais rápido se os olhos tivessem concentrados ali.

Que os exemplos, sirvam para ver isso aí também nas suas sessões para que devidas correções sejam feitas.

Até a próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s