Um novo pergaminho na história de Inpergoh – Dragões que sopram história ao invés de chamas

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Com exceção de Lycan, o grupo consegue pegar o próximo item – a Chave de Paikkhan nas Pirâmides Fragmentadas, quando são teleportados para o passado na cidade dos sábios.

pergaminho RPG

O grupo vê tecnologia e magia sendo usadas, esferas de contenção como a do Ajuball, flechas caçadoras como de Lycan, espelhos com criaturas dentro, esfera de vidros com iluminação colorida, portas metálicas que abrem automaticamente com a passagem das pessoas, ou abertas com suas palmas de mão ou olho.

Cinco homens de mantos brancos com capuz sem mostrar o rosto estão numa mesa de reunião esperando alguém e é Zero que entra.

Zero: – Por que me chamaram aqui sabem que estou ocupado com a impaciência da mulher samurai e sua busca.

Agaren: – Sabe para que serve essa busca, senhor Zero?

Zero: – Recuperar as memórias do mundo. O que me importa se elfos e anões que tem mais de 100 anos não se lembram do passado.

Agaren: – Parece que não importante agora, mas daqui a seiscentos anos estará fazendo essa mesma pergunta.

Zero: – Seiscentos anos? Como sabe disso.

Agaren se levanta e mostra um gigantesco rolo de pergaminho, ao seu toque o porta mapa some e ele começa a correr pela mesa, parece escrito em todas as línguas conhecidas e desconhecidas.

Agaren: – Esse pergaminho revela o que irá acontecer no futuro, se nada mudar. Lógico pessoas com conhecimento do futuro podem alterá-lo ao seu favor.

Zero: – Se sabem o futuro, onde falhamos porque não nos avisar, assim não precisamos cumprir a missão por mais seiscentos, setecentos ou mil anos.

Agaren: – Nós os sábios de Antikythera não podemos interferir em nada, nem você, esquecerá o que leu no pergaminho ao sair daqui até o momento que sua versão do futuro vir até aqui após pegar a chave de Paikkhan nos Cinco Desertos de Ghassan.

Zero: – Hã.

Agaren: – Chamamos aqui só para que saiba que sua missão é importante, dê tudo por ela a partir de hoje, será a única coisa que irá lembrar.

Algum tempo depois, Zero volta ali e lhe entregam o pergaminho ele o coloca na Pirâmide dos Espíritos da Lua e a fecha derramando o seu sangue no punhal de prata deixando uma ferida que não cicatriza.

PIRÂMIDE E ESPÍRITOS

Agaren: – Agora ele está lacrado, espero que o futuro que vimos antes de trancá-lo aí seja alterado.

Vocês veem Raizo pegando o pergaminho e fugindo.

E agora entendem o porquê do mesmo ser tão importante, do fato de fazer o elixir para Katsulee desviou a atenção do pergaminho em si, da sua importância e habilidades que nunca foi questionada pelo grupo.

Vocês voltam aos seus corpos, a sua frente há uma espécie de pedra com um entalhe circular e runas com as cinco cores das magias, Gelo e Bresinger parecem envoltos em aura de suas cores.

Seth coloca o Medalhão do Caos ali, a pirâmide volta ao chão e começa a se desfazer de suas cinzas surgem três ovos, um azul, um preto e um verde, os mesmos parecem se cobrir de poeira e se chocam, os outros três dragões ficam do tamanho de Bresinger e Gelo evolui também até aquele estágio.

Kyren (o verde): – Vejo que é o atual portador do Medalhão do Caos, sou Kyren, o dragão que pertenceu ao mais antigo guardião desde que cheguei a esse mundo, após o sacrifício de Karpsh.

Netholis (o preto): – Sou Netholis. Aparecemos agora durante a Batalha nas trevas, para assegurar a segurança do Medalhão e cumprir as missões a nós designadas.

Sathur (o azul): – Sei que tem muito a fazer e pouco tempo, então cumpriremos suas ordens. Depois de resolver as coisas aqui, terão de lidar com o final da Batalha em meio às trevas e depois usar a chave.

DRAGÃO AZUL, VERDE E PRETO

A chave parece um galho contorcido, com folhas de Laurelin.

Kyren: – Um item simples que os levará a cidade onde ficarão por muito tempo agora. Mais tempo do que podem imaginar, mas precisam se dividir ou trocar funções, eles precisam ir e você deve acompanhá-lo Seth.

Kyren aponta para Ahstan e Zephaniah.

– Os outros podem ir também ou ficar aqui, por que mesmo ao fim da batalha, o inimigo continuará agindo, mesmo impedido de entrar em Paikkhan.

Sathur: – Lembrando sempre que os inimigos aqui ao lado de fora, e as esferas e as outras partes do TecV precisam ser alcançadas ao seu tempo.

Ele para olhando para o pingente de Ahstan. Os itens iniciaram o processo para chegar ao 5º Estágio.

Netholis: – Um estágio importante no Ritual da Magia de Vínculos Eternos.

Kyren: – Sei que tem dúvidas, podemos responder algumas, outras ao seu tempo.

Netholis: – E tempo mais distante que pareça da data que conhecem, precisam ser rápido viajarão por lugares que não poderiam imaginar para pegar os próximos itens.

O pergaminho começa a mudar e revela os próximos itens dessa vez: a chave da rocha, a chave do céu, a chave do mar, e a chave da chama. Nessa ordem.

Sathur: – Como dissemos é resolver os problemas aqui e entrar para Paikkhan e ficar lá, só terão tempo de mudar os grupos quando saírem de um portão para o outro.

Netholis: – E o tempo só importará para as missões. Todas elas e só elas.

Kyren: – Quais são suas ordens portador do Medalhão do Caos?

Seth resolve seguir com Zephanhiah, Ahstan, Claire e Zero junto com os cinco dragões para Paikkhan, enquanto Yves, Jacques e Fabregas ficam do lado de fora procurando pelas partes do TecV, pensando em algo para deter o pronunciamento que se aproxima e ficar de olho nas ações dos inimigos.

Paikkhan

Com a chave de Paikkhan eles podem entrar na cidade, só com a chave poderão sair, os outros que ficarem de fora irão esperar sua vez.

Paikkhan é um recanto da natureza, o céu azulado e sempre iluminado pelo sol, lagos das mais variadas cores, grama verde e uniforme, árvores de médio porte cercando o lugar, cavernas abertas em um muro de rochas, mas pequenas, pássaros de todas as cores no alto das árvores, se banhando na lagoa, ou voando sobre o céu. Outros animais que parecem viver pacificamente.

RECANTO DA NATUREZA

Zephaniah reconhece aquele lugar, aquele que estava pintando em seu segundo sonho após o desaparecimento de Kamali.

Ahstan também sentirá que já esteve aqui em algum momento.

Um bloco de gelo de repente se levanta de um lago de cor verde, nele alguém que já viram em visões Liu Yaosu, o geomancer do grupo que criou os rituais para os itens.

Os itens de todo o grupo não corrompido ou traidor evolui mais uma vez com a presença de Liu, mesmo quem está fora de Paikkhan.

5º Estágio dos Itens:

Ahstan – Tormento Gelado – Pode invocar Chuva de Granizo, com as cargas dos outros itens. Causando dano normal, ou destruindo as pedras de gelo e soltando Tsunami. Além disso, todos os poderes recebem + 2 cargas. Sua lâmina pode ser transformada em gelo, por ser mágica ela não quebra, mas tem efeito de sangramento e pode congelar ao toque.

Jacques – Teleporte – Seu colete agora pode teleportá-lo consumindo 1 hora de tempo Ele aumenta o tempo em 5 horas, tendo um total de 24 horas, para cada 15min pode levar alguém no seu teleporte.  Usando isso com o vôo pode teleportar para acima das nuvens, ativando bolha pode viajar pela atmosfera, no mar se torna de água, ou automaticamente de névoa ou sombra quando reaparece do teleporte. Pode gastar 10 horas do item para dar qualquer de suas propriedades para navios ou outros meios de deslocamento.

Seth – Incorporação Mágica – Depois de passado às 8 horas, você absorva a criatura que iria se desfazer e seu corpo se torna magia por 1 hora por nível de mago, nessa forma pode usar 1/rodada como ação principal as magias que formavam a criatura, tem 50% de erro contra ataque físico, mas sofre dano normal de magia, e o dobro da magia de cor oposta à cor que o forma. Outras magias gastam fócus normal.

Zero – Vampírica – a espada pode sugar o poder de outras espadas, as destruindo e absorvendo seus poderes, fora isso pode usar 1/dia, um golpe por estágio da espada e sugar toda a vida do alvo, se sugar 100 pvs ou mais ganha um nível temporário.

ESPADA VAMPÍRICA

Zephaniah – Terceiro Caminho – Pode se tornar Elemental do Ar ou fundir dois elementais e ganhar novos poderes, gastando 2 cargas.  Fogo + Terra (magma, pode gerar ondas de calor ou destruir rocha sólida ao caminhar por ela), Fogo+Ar (fumaça pode passar por brechas e bloquear a visão, e causar focos de incêndio).

Fabregas – Componente Mecânico – Pode desmontar qualquer objeto mecânico e/ou reconstruir só ao toque de sua TecV.

Memórias de Ahstan e Zephaniah

Zephaniah se vê aqui lendo algo nas pedras, bem jovem, homens de mantos brancos chegam e falam que você era um dos 4 restantes.  Um deles parece ter joias no lugar dos olhos, se abaixa ao seu lado.

Depois o céu do lugar sempre azul está negro, a lagoa com água branca, espíritos saem do local, as pessoas falam que o local está corrompido, uma onda de energia passa por Zephaniah agora com a mesma idade que tem. Ele é arremessado para a floresta, os fantasmas o perseguem. E o atacam arrancando o que parecem ser folhas do seu corpo envoltas em luz.

Uma das folhas começa a tomar forma humana e atravessa o fantasma, você fica inconsciente.

Ahstan vê uma casa de pedra em forma de esfera, lá dentro outros dois garotos com feições parecidas com as deles. Um homem esta sentado de costas, ao se levantar ele vira um raio, o lugar desaparece, Ahstan começa a cair do céu, sua queda é desacelerada e cai na praia onde Claire te achou.

Fora de Paikkhan

Lycan se encontra com Baelor que derrota o penúltimo Filho da Luz, restam ainda três filhos das trevas, os dois e Raizo. Baelor fala que não tem interesse em ser ou saber se é o Verdadeiro Filho e abandona a luta. Ainda com o céu encoberto, até que longe dali Agaren se sacrificará e mostrará isso a Lycan que ainda pensa qual caminho seguir.

As nuvens se dispersarão, Lycan e Raizo serão levados para as ruínas de Antikythera, lá Raizo atacará Lycan para se tornar o Verdadeiro Filho das Trevas.  Só que Marco De Luca surgirá e teletransportará o ninja para longe – Ainda precisamos de você vivo. Ignore sua linhagem, não precisamos nascer para ser fortes, e sim nos tornarmos fortes no caminho.

Lycan vencerá a batalha e encontrará uma caixa no lugar que viu os bebês antes e irá abrí-la.

CAIXA DE PANDORA

Continua nos próximos pergaminhos

Uma consideração sobre “Um novo pergaminho na história de Inpergoh – Dragões que sopram história ao invés de chamas”

  1. Your article has some heavy-duty information. That being said, it’s still easy to understand, alluring and sensible. It takes an excellent writer with great instincts to write content like this. Thank you for sharing this.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s