Brasil um país de tolos… Sem ídolos…

POR FELIPE VALADÃO

fa_neymar_hotel_richardsouza.jpg_95

Um jogador de futebol adentra o saguão do hotel onde a seleção ficará hospedada.

Pessoas gritando. Meninas furam a segurança e tentam agarrar Neymar. Quando a porta do elevador fecha. Um choro desesperado.

Esse é o retrato de uma cena que representa um país pobre. Não falo de pobreza econômica, mas sim de pobreza cultural.Vivemos em um país sem ídolos. Ídolos que valem a pena.

Afinal quem poderia servir de espelho e exemplo não faz (ou não tem interesse) em fazer isso.

Um político por exemplo. Poderia ser exemplo de honestidade e competência. Provar que estudar é o caminho.

Mas fica difícil, quando se tem um ex Presidente que demonstrava o oposto.

Trabalhar? Pra que se você pode viver por anos a custa de sabe se lá o que. Estudar? Para que se para ser político você só precisa saber ler e escrever, e até pode ser de maneira precária.

Esse é o retrato de um país que cria exemplos errados.

Que terceiriza sua felicidade em pessoas e ídolos que não tem condições de fazer isso.

Prefere louvar um ator de uma novela de qualidade duvidosa, a respeitar um cientista que faz descobertas que podem revolucionar a vida.

fa_neymar_hotel_mowa.jpg_95

Alias um cientista ou pesquisador para ter alguma chance de elaborar seu trabalho é obrigado a sair do país. Pois não existe a profissão cientista no nosso país.

Um país que não respeita seus professores. Que fazem parte do pilar de uma sociedade.

E o que isso produz? Essa geração patética que surge dia a dia em nosso país.

De pessoas que acham mais fácil mostrar a bunda na televisão. Que preferem se espelhar em um jogador de futebol.

Você pode questionar, então esportistas não servem como ídolos?

Se forem bons, claro que servem. Mas falo de ídolos do nível de Ayrton Senna. Que fazia filantropia, mas que não fazia questão de auto promover para isso.

Esse exemplo de garotas que choram ao ver um ídolo de futebol apenas reflete o lixo cultural que nosso país se tornou.

Cantores que nada agregam com suas músicas medíocres. Pessoas que se auto intitulam personalidade da mídia. Mas afinal que lixo é esse?

E sabem de quem é a culpa?

De vocês, que coloca em pedestais esse tipo de “ídolo”. Que os tornam figuras galácticas. Inflam seus egos.

É uma pena. Um país com tanto potencial, se torna a cada dia um país que se acostumou a ser medíocre…

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s