Junto e misturado

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS 

Essa semana ao invés de ocupar as vagas deixadas com a pausa forçada de One Piece pela doença de Oda e falta de novas traduções em português de Assassination Classroom e Silver Spoon, de ST&RS em inglês com a novas pinceladas.

Como o TOC só confirmou posições passadas e não li muitos novos capítulos para ir mais longe com os comentários.  Resolvi fazer um mix dos mangás que tiveram capítulos essa semana traduzido: Beelzebub, Bleach, Naruto, Fairy Tail e Toriko, que ficaram nessa ordem quase alfabética no rank semanal.

Com spoilers

fusao

BEELZEBUB (referente ao capítulo 205): Tivemos a dupla Furuichi e Hecatos lidando com todos os anjos caídos no caminho, até o número 9 para surpresa de Furuichi que o derrotou antes não durou um soco com os lenços demoníacos, que a própria Hilda devolveu para que o General protegesse Oga e Beel de todas essas facções e feiticeiros.

Beel 205-01

Em paralelo Hecatos revela que Solomon é o primeiro feiticeiro a fazer um pacto com os demônios e Rei do Inferno, fora isso pessoas do grupo de Behemoth estão sendo sequestrados e seu poder vem sendo utilizado por humanos com selos demoníacos, sem contrato.  Tudo por trás da Companhia Solomon.

Oga surge no território inimigo mais uma vez arrebentando os discípulos de Himekawa e depois encontrando Saotome que revela que Fuji e Takamiya foram treinados pelo próprios e portanto são “magos” mais fortes que Oga. Será mesmo? Ou é apenas o professor tentando manter Oga afastado para descobrir o plano por trás de tantas revelações.

Beel 205-02

BLEACH (referente ao capítulo 538): Capítulo com a sensação rápida que normalmente Bleach tem mais apresentando várias tramas pós-ataque dos Quincy a Soul Society.

Primeiro Ichigo é resgatado diretamente ao Palácio do Rei e achando que seu treinamento vai demorar muito, ele só pega sua Asauchi de primeira. O que lhe faltava, a verdade sobre o seu passado agora resolveu o seu problema porque Namiya está pronto para restaurar sua zanpakutou. Ainda acho que o que foi dito antes precisa ser amarrado, aguardemos.

A seguir temos Hitsugaya começando seu treinamento do zero após fortalecer e perder sua Bankai. Coitado do shinigami com cara de garoto.

Mugurama e Mashiro treinam Hisagi para que ele aprenda Bankai na raça para a próxima batalha. Só não entendi por Hisagi ainda defende Tousen depois de toda a sujeira que ele fez na Soul Society.

E no final temos alguém ligado ao passado de Komamura, um cachorro gigantesco que lembra o Falkor de História Sem Fim.

Bleach 538

NARUTO (referente ao capítulo 631): Quem imaginaria que um capítulo completamente fora de propósito poderia ser o melhor de capítulo de Naruto há meses.

Por que fora de propósito? Começaremos do principal, Sasuke retorna – sua personalidade está distorcida – por que esse Sasuke não é nenhum que conhecemos na série, talvez o garoto que brincava com o irmão em flashback. Só pode.

Chega falando que vai ser Hokage, parece ser aceito por todos, com algumas frases consegue a confiança dos seus antigos companheiros de vila e se une a Naruto e Sakura para reavivar o time 7.

Naruto 631

Ainda tivemos Yondaime em Modo Relâmpago, a barreira lendária feita pelos quatro Hokages juntos prendendo Juubi, e neles eu acredito e Madara tirando sarro com o retorno de Hashirama.

FAIRY TAIL (referente ao capítulo 232): Só Happy mesmo para achar que a ação de Natsu de comer o Atlas Flame fosse insana da parte do personagem. Era fato desde que o dragão surgiu que era podia ser uma estratégia e finalmente tivemos a troca de oponentes, Laxus vai auxiliar Wendy e Mirajane contra Zirconis e Natsu enfrenta o dragão de fogo, ou melhor, “come” o dragão.

Pequenos quadros de outras batalhas, seguidos de Natsu se revelando filho de Igneel um velho companheiro de Atlas, Ignell chamado Rei dos Dragões de Fogo. Daí vemos o megalomanonismo de Rogue com o controle dos dragões e Natsu que chega montado em seu “Pássaro de Fogo” como o capítulo falava, que se torna aliado para não ter um final bizarro – imagina só se todo o dragão fosse devorado.

FT 232

O “tio” de Natsu agora enfrenta Rogue e sua montaria dracônica em mais um round da batalha, ainda acho que Mashima deveria dividir mais os confrontos, já que aqui sua estratégia de resolver toda batalha em 1 ou 2 capítulos fica furada por tudo que nos contado e mostrado a respeito dos dragões do universo de Fairy Tail.

TORIKO (referente ao capítulo 234): Misturando enrolação com filosofia o capítulo dessa semana demorou demais com pouca coisa.

A discussão de quem não “há limites” eu até concordo, por que é algo típico do shonen, dos heróis no chão levantando cada um por seu motivo. O de Toriko era proteger Komatsu como foi explicado no capítulo passado, só que naquele mesmo capítulo foi dito que o protagonista só poderia vencer o inimigo se tivesse consumido todo o Full Course Menu de Acácia. E ele não o fez. Tirou uma carta da manga típica de protagonista de battle shonen.

Toriko 234

Uma crítica que tenho contra mangás é quando eles usam técnicas que nunca foram mencionadas antes, independente de treinar ou não, foi assim com o Ou Shoku Bansan, depois com o Twin Nail Gun de 100 Hits e agora essa Ultimate Disciciple que é comum dos Knight Gourmet e Toriko aprende só porque dominou outra técnica, a Imersão a Comida, essa sim justificadamente aprendida pelo protagonista no Templo Shokurin.

Até a próxima sessão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s