Um novo capítulo na história de Inpergoh – Origem da batalha

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Com o grupo dividido. Claire acompanhada de Seth e Yves tenta entender a pista no mapa. E cada um realiza suas missões especiais num mundo coberto de trevas.

pergaminho RPG

Lycan agora sabe o que de fato aconteceu ao vilarejo que treinava e está preparado para o jogo que iniciou com o Pesadelo cavalgando o céu e o deixando negro.

As nuvens estão lá e é possível sentir a presença de trevas mesmo em Inpergoh agora, é como se ele pudesse sentir que batalhas aconteciam enquanto ele estava ali parado, esperando.

No sistema de comunicação de Waffen, Kraus Sieg fala:

“A Casa di Ventenni o autorizou a fazer o pronunciado para o mundo, pedindo que as pessoas fiquem em sua casa, protegidas, e só saiam de lá se ver alguma alteração natural ou não, ou batalhas entre seres estranhos, mas aparentemente humanoides.

Fora isso ele fala que qualquer evento ou feriado será deslocado logo que o fenômeno acabar de ser estudado, até agora sabemos que não é nada natural, mas não encontramos a causa disso, qualquer informação que tiver, deixe um tecido vermelho em suas janelas que mensageiros da Asas de Farhzeug com treinamento de emergência irão até vocês para repassá-la ao grupo de suporte que fica em nossa base em Ueija. Contamos com a sua cooperação.”

Onde Lycan está uma espécie de coluna de luz surge e dela um homem de manto branco, ao tirar o capuz ele parece ter órbitas brancas nos olhos, cabelos prateados e lisos, sobrancelhas ralas prateadas, sem qualquer outro sinal de pelo no rosto.

Ser de luz opçõa 02

Ele aponta para Lycan sem palavras e uma cadeira se materializa para que ele sente, o mesmo parece se sentar, quando outra cadeira surge e uma construção igual a uma casa se constrói ao redor de deles.

– Prazer Lycan sou Agaren já nos encontramos não exatamente cara a cara por duas vezes desde o início da sua jornada, não tenho porque mentir, não é do meu feitio. Então serei honesto, a primeira delas na destruição do vilarejo que treinava e a outra quando chegaram a Fahrzeug e encontraram suas cópias de luz. Sim, sou eu um dos Filhos da Luz, dos Sábios de Antikythera e um Ilusionista. Isso tudo é transformando minha essência deixando o que parece ilusão em realidade, por um tempo, para não distorcer demais o espaço.

– Tenho uma longa história para contar, mas antes deixarei livre para fazer perguntas, espero poder respondê-la. Ao final de tudo, se quiser me atacar por vingança, ou apenas por ser um inimigo natural, esteja à vontade não vou reagir.

Lycan aguarda, mesmo sendo avisado por Raizo, a realidade que viu no futuro o deixava curioso sobre verdadeiro papel, não iria atacá-lo só por ser o natural. Pela primeira vez o Caçador conseguia conter sua vontade de matar.

Agaren: – Vou começar de algo que ficou conhecido como a Batalha das Seis Tribos na cidade de Antikythera. Naquele tempo durante o chamado 2º Ciclo, nós os Sábios de Antikythera tínhamos imunidade ao efeito da Reversão Zero dos Deuses, assim como os dragões e os sumo sacerdotes das divindades maiores. Porque disso não sei se existe resposta plausível ou se foi uma escolha dos Cinco Supremos, os deuses criadores de tudo, que escolheram que os humanoides, suas criações precisavam provar sua força abrindo os Portões das Memórias Perdidas.

– Para isso era necessário à essência de 12 objetos, chamados chaves de portão, e cabia a nós, os Sábios de Antikythera escondê-los e alterar suas formas, e aos deuses escolher as almas que passariam a cumprir essa missão seja como jogadores, inimigos ou guias.  Para isso mantínhamos um conhecimento muito maior que todos, e construímos uma sociedade avançada no que hoje é Belenus, que conseguiu juntar a magia e a tecnologia para o bem das pessoas.

– Mas com o tempo, um dos inimigos  nasceu entre os 7 Filhos da cidade de Antikythera, ele sabia daquela tecnologia e replicou coisas dali para usar contra os jogadores, resultado, acabou o equilíbrio do local, a 7º Tribo se lacrou em Paikkhan e desapareceram com a chave que abria o local para as pessoas, as outras seis tribos entraram em conflito.

– Filhos do Fogo x Água. Ar x Terra e nós, Filhos da luz contra vocês Filhos das Trevas. A cidade foi destruída no processo, os Sábios e os Filhos restantes se espalharam pelo mundo, o pergaminho com informações sobre o futuro, foi lacrado numa pirâmide guardada por lobisomens, só que antes uma linha surgiu anunciando a Batalha em Meio a Trevas. Que iniciou com esse fenômeno.

– Armas até então sem uso, foram removidas da cidade e usadas em conflitos ao longo do tempo, entre elas as Esferas de Contenção de Energia. Você tem uma, com um espírito preso não é?

Esfera de contenção

– Tais esferas eram feitas para suprir as chamadas Formas Encarnadas, quando o elemento por si vencia os Filhos, os contaminando e apagando suas memórias e controle, os Filhos das Trevas são os mais suscetíveis a isso, por sua visita ao Plano das Trevas.

– As esferas podem conter isso, e algo mais…

– Isso que vim falar, você é um Filho das Trevas, mas era um jogador, até se vender a Raizo, um dos possíveis Filhos das Trevas verdadeiro, sobre isso descobrirá na hora certa, quando deixou de ser um jogador para ser um inimigo, o sinal seu item parou de evoluir com o Ritual da Magia de Vínculos Eternos.

– Mais há salvação, não quer ver sua morte no futuro, não quer ser um peão sobre a vontade do Raizo, pode usar outro artefato da cidade que está em suas mãos, a Flecha Caçadora. Ela exigirá além do normal, dois sacrifícios, um material e outro físico.

– Se tiver disposto aos dois sacrifícios, que como sabe, são aleatórios, poderá conter um inimigo que ninguém mais tem força para conter, e se o fizer, será um jogador de novo e poderá reviver a cidade coletando 2 das 7 chaves necessárias.

– A escolha é só sua. Seja o verdadeiro filho das trevas ou não… Agora estou sob suas ordens.

Ele desfaz a ilusão e espera o ataque de Lycan.

Lycan só se levanta e dirá que esperará o evento dito acontecer para fazer sua escolha, abandando Agaren com suas ilusões.

Um dia depois da conversa com Agaren.

Lycan começa a ver imagens de um grande deserto, uma mulher de cabelos verdes e de pele morena que lembra casca de madeira anda pelo local que floresce. Ela encontra sentados em pedras ao final do caminho dois homens, um parece usar uma armadura prateada completa com olhos amarelados e outro um robe azulado com um cajado negro maior que sua altura.

– O que estão fazendo aqui? –pergunta a mulher

– Estávamos conversando. Tivemos uma ideia. – fala o homem de robe

– Usar esse local para um experimento, nossos superiores nos autorizaram, falaram que não é contra as regras.

– Que tipo de experimento?

O homem de armadura se levanta e linhas metálicas surgem no chão, criando uma cratera e dali paredes de metal.

– Fiz minha parte à outra é com vocês, não entendo esse tipo de… sentimento… na verdade não entendo o que somos uns dos outros.

– Irmãos. – diz o outro homem

– Sim irmãos. Ou algo muito próximo disso.

– Ainda é estranho certos conceitos a minha pessoa. –  ele começa a voar e some.

O homem do robe segura à mulher pelo braço e a beija, sete esferas coloridas surge ao redor dos dois entram no chão e o mesmo se fecha.

Mais tarde – 7 crianças nascem dali.

Uma delas parecia comum a Lycan. Do seu olho saía uma chama azulada, como do seu às vezes.

Chama no olho v2

O tempo para pensar não é muito e um dos filhos da luz se aproxima para travar uma batalha contra Lycan, longe dali Zephaniah procurava por Baelor para entender seu plano e alguém como um anjo surgia para outro combate.

O filho das trevas e seu companheiro geomancer vencem as lutas sem dificuldades, Baelor fala que já derrotou mais de 14 pessoas desde que as nuvens cobriram o céu.

Pelo mundo Zero, Fabregas e Ahstan se preparam para suas missões pessoais.

Continua nos próximos pergaminhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s