Mentes brilhantes

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Como era de se esperar por tudo que foi construído nessa temporada, o primeiro dos 3 episódios que vão encerar a temporada, teve um nível excelente de qualidade, com 5 estrelas merecidas.

Com spoilers

Crowley

Supernatural – 8×21 – Começando pela primeira cena, em Pac Man Fever, o 8×20 acreditamos que Dean tinha voltado no tempo e nesse episódio fiquei me perguntando como assim Sam e Dean estão visitando Kevin no mesmo navio e lhe entregando a segunda parte da Tábua dos Demônios, como se nada tivesse acontecido, mas aí foi só o fake Sam falar que tudo foi por água abaixo.

Mesmo assim, a ideia da ilusão e dos demônios disfarçadas com Crowley dirigindo tudo foi excelente e melhor de tudo foi que a “educação” dos fakes Sam e Dean que denunciaram  para Kevin a farsa do Rei do Inferno. Que confrontou diretamente Crowley sem medo de nada dessa vez, muito diferente do Kevin Tran lá da 8ª temporada e até do 8×19 quando foi sequestrado.

No QG dos Winchesters eles recebem o testamento de Kevin, achando que ele estava de fato morto, além do vídeo onde o profeta reclama de tudo que passou e de sua “morte”, ele manda arquivos de toda a sua pesquisa. E mesmo para lá de baqueado pelos testes, Sam consegue se lembrar da referência do símbolo de Metraton e os irmãos vão para um colônia de índios.

 Kevin

Lá conhecemo o escriba de Deus, Metraton, que depois de fazer sua parte escrevendo as Tábuas para os humanos – como Castiel destaca para Naomi em outra parte do episódio – ele se isola de tudo e fica ali lendo histórias independente de Apocalipse, Leviatãs, ou disputa no Céu e Inferno.  Até que o discurso de Dean e Sam o desarma e ele salva Kevin no último minuto.

 Metraton

Descobrimos nesse capítulo que Sam está escutando as palavras de Deus, que é o som na sua cabeça, e por isso conseguiu encontrar Metraton, além disso os testes o estão purificando de vez de sua herança demoníaca, como havia citado na última matéria. Com ele se lembrando de cenas muito detalhadas de sua infância.  O terceiro teste também é revelado: curar um demônio. Como se daria isso? É resposta para os episódios finais.

 Sam

Na terceira frente do episódio, Castiel vai mudando de restaurante para se ocultar do radar dos anjos, o que mostra que sua viagem de ônibus no final do 8×17 foi sem sentido, já que ele agora teleportava normalmente. Mas, deixando isso de lado, os anjos recebem ordens de pará-lo a qualquer custo e só comprovando que os anjos da série com raríssimas exceções são tão cruéis quanto demônio, ele deixam cega a garçonete que implora para Castiel parar.

Vendo a súplica, ele é rendido, torturado, mas quem consegue obter a Tábua dos Anjos é Crowley que tinha até um espião entre os anjos, e faz Naomi fugir e tira de dentro de Castiel a tabuleta escondida.

As tábuas trocam de mãos, os Winchester, Kevin, Metraton e Castiel tem agora a dos demônios e deverão estar preparados para fechar os Portões do Inferno. Mesmo sobre o aviso de Metraton que de algo poderia dar muito errado e que as escolha de completar os teste era dos humanos.

Enquanto Crowley tem a Tábua dos Anjos, o que ele poderá fazer com isso? Como ele irá parar os testes já que não for por isso ele perde seu domínio natural.

O que nos aguarda no 8×22 e 8×23. E na 9ª temporada, por que senti que muitos plots cresceram nesse episódio mostrando rumos que talvez nos guiem até a próxima temporada.

 Sam 02

Continua na próxima matéria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s