“Buracos” no roteiro

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Uma semana sem Naruto, o que é bom para Kishimoto pensar no próximo passo do seu mangá com calma. Beelzebub e Bleach recuperam o fôlego e assumem as primeiras colocações. One Piece decepciona e fica com o terceiro lugar e Assassination Classroom depois de um capítulo ótimo, cai de produção.

Com spoilers

Buraco no roteiro

BEELZEBUB (referente ao capítulo 201): Agora sim. Esse deveria ter sido o capítulo 200, comemorativo. Oga dando lição em Ringo sobre sua covardia e a ex-líder nem hesitando e chamando várias de seu grupo como escudo e com o poder compartilhado do demônio que a auxiliava.

Mesmo sendo uma “feiticeira” e com suas súditas com poder, ela não estampou o selo demoníaco, porque o responsável pelo seu poder era o demônio tarado Koma, que sentiu a fúria de Kunieda no fim de tudo.

Beel 201-01

Kunieda mostrou que a soma do seu poder com o selo e com um único golpe, sua sexta forma, derrubou todas as companheiras de Ringo, que voavam quando a ex-líder tentou outro ataque covarde, durante a abertura do golpe e foi literalmente fatiada e chamada de “vadia”.

Beel 201-02

Red Tail antigas se ajoelham e pedem perdão e Kunieda como boa líder aceita todas de volta.

E para terminar, Himekawa parece trair seus “companheiros” com um grupo chamado Anjos Caídos. O que virá daí?

BLEACH (referente ao capítulo 534): O capítulo passado realmente foi de transição, nesse tudo foi se amarrando até um final onde mostra uma conexão entre Masaki, Isshin e Ryukken com o sempre presente Urahara.

Isshin deixa o seu esquadrão na mão e pede que Matsumoto dê uma desculpa ao comandante sobre sua visita a Terra, logo ela que nunca gostou de trabalhar.

Na mansão dos Ishida, Masaki chega do colégio e é interrogada pela mãe de Ryukken sobre ter matado um Hollow e ajudado um shinigami, quando os sintomas do capítulo passado retornam e um buraco de “hollow” começa a surgir na Quincy de sangue puro.

Bleach 534

Ryukken culpa Katagiri que só queria proteger a geração de sangue puro, e quando vai se responsabilizar Masaki tomba e ele a pega e sai correndo sobre os gritos de sua mãe. Um Hollow surge do nada e é cortado ao meio por Isshin.

Uma briga vai começar entre os dois, pelo motivo que levou Masaki a cair, quando Urahara chega e fala que pode salvar a garota se for com ele em tempo.

Então Ichigo não se tornou Hollow, sua mãe sempre teve algo da experiência de Aizen. Ele é de fato meio quincy-hollow e shinigami?

Conhecendo sua origem quem sabe pode fazer a sua Zanpakutou.

ONE PIECE (referente ao capítulo 706): One Piece não é um manga de piratas a toa, adora remar contra a maré. Sei que é trocadilho infame, mas o capítulo merece.

Semana passada OP deu um banho nos outros mangás dessa sessão. Essa semana ele centrou a “ação” no torneio, sem que nada acontecesse. E foi só decepção.

Bartolomeo é um lunático qualquer longe do seu homônimo interessantíssimo, que joga bombas na plateia é conhecido pelo evento dos piratas grelhados. E o quico?

Depois revemos Bellamy, a Hiena que reconhece Luffy disfarçado, diz que está mais forte depois que foi para Skypiea, que perdeu companheiros no céu, não tem interesse na Mera Mera no Mi, mas pretende ganhar o torneio e se tornar um pirata de fato de Don Flamingo.

OP 706

Ficamos sabendo que por um engano de tradução ou erro nosso de entendimento, Rebecca e Luffy estão em blocos diferentes. Além disso, misturados às centenas de personagens novos, outros tanto mais são apresentados. E para que, até o momento para nada.

Se tudo for à mão certa, Bellamy ganhará mesmo com todos os outros competidores se unindo contra o favorito e teremos Rebecca, Luffy, Burgess e Bellamy nas finais.

É esperar melhoras que sempre vem.

ASSASSINATION CLASSROOM (referente aos capítulos 32 a 34):

Itona em sua fúria é parado pelo próprio guardião Shiro que o leva embora dizendo que ficará um tempo ausente e que não adiantaria o pedido de Kurosensei, o garoto com tentáculos não aceitaria ficar na escola e continuaria seus estudos particulares.

AC 32-34

Pressionado para contar a verdade, o professor revela que não é um alienígena de fato e sim um ser criado artificialmente, o que responderia a tal questão do irmão mais novo, um projeto mais novo, só que daria viria à pergunta do porquê de ter destruído a lua – o que Shiro disse desaprovar, em sua primeira aparição e mais por que destruir a Terra.

Só que o professor não diz mais que isso, deixa tudo no ar e diz que só sua morte irá revelar as demais verdades. Era uma clara saída para não revelar tudo do mangá ali no capítulo 32, quanto mais que a popularidade de AC só cresce no Japão.

Capítulo 33 focado em Beisebol, o meu terror dos mangás, sempre acho os capítulos de Silver Spoon sobre beisebol os mais maçantes. E continua no próximo com o jogo, time TOP x CLASSE E.

O 34 foi um pouco melhor, mas saber que começaria o arco do beisebol contradizem as palavras elogiosas de AC, espero que o arco seja curto. Ver o reitor tentando impedir que a Classe E se destaque era o esperado, mas o que ele poderá fazer contra as técnicas extreme de Kurosensei.

Até a próxima sessão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s