Uma tela desenhada com cores novas e velhas

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Uma batalha é travada no alto do ranking enquanto Naruto permanece lá embaixo. Bleach vence por que o estamos conhecendo é um passado a muito anunciado, One Piece pela excelente abertura desse novo arco, Beel por ampliar seu universo fica em terceiro lugar. Fairy Tail mesmo com toda a pompa, ainda precisa de algo que só deve vir no próximo capítulo e Toriko não foi ruim, mas o painel estava contra ele.

Novamente a matéria cobrirá os seis mangás juntos, sem Silver Spoon, ST&RS e Assassination Classroom, quando as séries retornarem eu divido novamente tudo em duas matérias, e voltamos à forma normal.

Com spoilers

Tela cores

BLEACH (referente ao capítulo 529): Começamos com a explicação sobre as Asauchi de Namiya que junta o que sabíamos antes com a história de agora e de certa forma tudo faz sentido. Primeiro parabéns ao Kubo pelo capítulo dessa semana. Só tenho algumas perguntas, como assim “Ele tem de encontrar sua alma?”, Ichigo é um personagem desalmado é isso? E como ele tinha uma Zanpakutou, entrou dentro dela, sabia seu nome, mudou de forma, a reconstruiu antes na forma Asauchi ou pelo menos pensamos assim. O que seria Zangetsu?

Bleach 529-01

Começando a história de Shiba Isshin, sim o Kurosaki é da mãe, e muita gente questionou achando que pai e mãe tinham o mesmo sobrenome. Shiba de Kaien, Ganju e Kuukaku. Por isso ela chamou Isshin de “tio” quando lançou Ichigo para o Palácio do Rei.

Ele era o capitão da divisão 10, na época que os vaizards + Tessai e Urahara foram obrigados a fugir da Soul Society pós-experiência dos Vaizards realizada por Aizen. Que aparece no final desse capítulo com seus asseclas Tousen e Gin.

Bleach 529-02

Talvez seja ele que não veio à reunião do Back To de Pendulum, lembrando que o capitão da 10º divisão faltou e o da 11ª tinha sido assassinado por Zaraki. Novas pontas amarradas.

Andei questionando se Matsumoto ou Hitsugaya chegaram a ver Isshin, pelo que me lembro e me lembraram aqui, conversando entre amigos, se aconteceu foi em fillers e não podemos levá-los ao pé da letra, já que nem sempre o Kubo é diretamente envolvido com a produção de episódios de animes para falar o que não pode e o que pode.

Na batalha de Inverno ele só surgiu quando todos tinham caído para o Aizen. O que gera duas teorias, ou ninguém o viu e o conhecem, como Urahara, ou sua punição por ter um relacionamento com um Quincy capaz de gerar filhos humanos? – ou meio-humanos pelo visto pode ter correlacionado algum tipo de pena, esquecimento, banimento, etc, igual ao da sua família que vive for a dos muros da Soul Society.

Será que o inimigo que o deixou no chão e o fez conhecer sua esposa, seria um projeto de Aizen? Bem capaz. Lembrando que Aizen também o conhecia. Mas Aizen sabe de tudo então não conta como referência.

ONE PIECE (referente ao capítulo 701): O atual arco ainda sem um nome para ser usado é de longe o melhor da parte do Novo Mundo considerando de Gyojin Island até agora. Tem um que das primeiras ilhas aí, no conhecer a cidade, no desembarcar, divisão de grupos com funções específicas, com o grupo disfarçado como fez antes e com Luffy fazendo o bem, por fazer e nos apresentando um personagem novo que já chama a atenção. O Oda é mestre nisso. Um capítulo, nem temos certeza de quem é já tem gente falando é o próximo membro da tripulação.

Mudando o foco para a história paralela das capas, parece que logo Caribou e o grupo se encontrarão novamente, afinal ele achou a fábrica de armas que o grupo busca.

Não entendi o trauma de Momonosuke em voar e o quadro que foi mostrado, deve ser uma das referências que entenderemos no futuro. Assim espero. Piada as partes entre Luffy, Momo e Kinemon sobre as roupas de Dressrosa, Nami recebe um Vivre Card de Law – memórias de Ace em Alabasta – e um mapa de como guiar o navio até as proximidades de Green Bit com seu grupo Chopper, Momo e Brooke, sem qualquer suporte físico pelo visto.

Law, Usopp e Robin vão levar Ceasar para a troca e os demais dar o suporte em caso de algo fugir do normal, fora isso estão espionando a cidade dos brinquedos vivos e mulheres com dança demoníaca e vingativas, para saber sobre a fábrica. Logo são descobertos pela matéria no jornal e precisam ser disfarçar antes que o pior aconteça.

Numa taverna para buscar informações, surge um Cego jogando contra um bando de bandidos e perdendo segundo os vilões, mas sempre vencendo, até que resolve apostar todo o dinheiro e vence de novo. Luffy não aguenta as pessoas o enganando e vai tomar satisfação, mas é o cego que mostra um poder gigantesco ao puxar sua espada e criar uma cratera no lugar.

Alguém com poder de gravidade, eu imagino, e chuto que seja Fujitora, o almirante mandado por Akainu, pelo estilo meio desligado de Aokiji e Kizaru.

OP 701

Só o Oda tem as respostas agora e que venham o 702, o 800, 900 e o 1000, vai ser o primeiro mangá que leio que chega ao capítulo 1000. Com certeza.

BEELZEBUB (referente ao capítulo 195): Diferente de Naruto dessa semana – só para variar – Beel mesmo focado praticamente na luta de Oga e Nasu, mostrou os poderes de um feiticeiro, explicou que ele usa o poder demoníaco como combustível para suas habilidades, um forte poder de luta que parece fazer jus ao protagonista, o intuito roubar Beel e o seu poder de filho do Rei do Inferno.

Paralelo a isso, temos Kanzaki derrotando os outros dois e nem apareceu à luta, só os inimigos no chão e comentário sobre o antigo “KI” do Tohoushinki. E novos personagens que estão monitorando a batalha, um homem e Sumeragi. Serão eles o elo das histórias que mencionei nas últimas matérias?

Beel 195

E no final, com Nasubi distraído por Kanzaki, Oga dá o grande soco da virada de jogo. Épico.

FAIRY TAIL (referente ao capítulo 322): Gostei muito do capítulo de 35 páginas, as coloridas então só Mashima mesmo para caprichar tanto, sei que o protagonista alcançou “o ainda mais longe” do bordão do Buzz Lightyear, mas até a página onde Sting encontra os cinco heróis da FT devastados por tudo que aconteceu nessa fase final. Posso dizer que não havia nada definido e “como” a vitória se deu foi uma surpresa, porque o vilão não sabia até aquele momento que a sua motivação para lutar estava são e salva.

Voltando ao início. Gray e Juvia pela primeira vez – ainda não como casal por o mago do gelo é cego demais – lutam em verdadeira sincronia impedindo que Sheila pensasse em alguma defesa e só admirando o que acontecia a sua frente. Resultado 1, o casal da FT vence Lion – pela terceira vez no mangá e Sheila de brinde.  Lamia Scale fora dos jogos.

Na página colorida é engano meu – ou temos as duas Wendy ali – a de Edolas e da Terra, por que tem uma personagem parecida com ela no canto superior que não lembro quem é na guilda.

FT 322

Criticaram Erza vencendo Minerva, minha única crítica já que Levi explicou o poder daquela armadura é que vilã deveria sofrer o triplo do que sofreu nessa derrota. Mas como a FT não é vilã, nem vingativa e nem mata o inimigo foi o máximo que podia acontecer.

Naquele vislumbre da vitória, os derrotados da FT beta ou de baixa qualidade dos 7 anos em branco choram, enquanto o público ovaciona a guilda e Sting está sentado à espera desse momento, talvez tenha demorado demais para fazer algo, na esperança que alguns dos membros caíssem, só que lá estão todos não firmes, mas fortes.

Hasui fala ao Ministro que a hora se aproxima, talvez a virada do arco seja mais interessante, só que os jogos precisavam acabar e terminaram quando o Dragon Slayer da Sabertooth desistiu ao ver seus oponentes ainda motivados independente do seu estado, mesmo que para isso sacrificasse Lector. Só que … o seu Exceed é devolvido por Milliana, será que ela resgatou do plano de Minerva enquanto estava por lá e graças a sua afinidade natural com felinos?

Marvis sente algo no ar, Arcadius encara a princesa, a FT ainda luta no castelo e o grande evento, que levou ao futuro negro e a tudo que se movia ao redor dos Grandes Jogos Mágicos chega, a previsão mencionada é exatamente o que acontece e o projeto Eclipse 2 entra em andamento.

TORIKO (referente ao capítulo 225): Muito melhor que o último capítulo, mesmo só focado no confronto Sunny x Tommyroad. Como disse preferia que o inimigo em questão tivesse morrido no Arco da Sopa do Século, mas como não morreu ele continua enviando milhares de insetos contra o homem que odeia tudo que é “feio” e nojento, o personagem que se diferencia mais no universo brucutu de Toriko.

Com seus cabelos, mesmo contra sua vontade ele vai matando os insetos em grupos, até que Tommy usa um inseto que pode cortar seu cabelo, e descobrimos que o corte de um cabelo de Sunny é como se alguém tivesse um dente arrancado. Temos uma história de sua infância ao lado do presidente lembrada, sobre um jarro de estimação do presidente que ele quebrou e sobre como tudo se quebra, mas a dor que fica da memória é mais dolorida que a dor do momento.

Com isso em mente, Sunny nos mostra o Hair Satan – uma nova técnica – que não sei quando desenvolveu, provavelmente no mesmo momento que Toriko desenvolvia seu Nail Gun pós-batalha contra as Quatro Bestas Celestiais e sua fusão.

Toriko 225

Cabelos das trevas em ação, que buscam nutrientes até no manto da Terra – nível extreme de Toriko – e que atravessam o inseto que cortava seu cabelo e o consome. Cabendo ao inimigo ativar suas células gourmets, entrar no modo “Toguro” da outra saga e enfrentar no mano a mano, um dos quatro reis celestiais entre os Bishokuyas.

Que as batalhas continuem.

NARUTO (referente ao capítulo 623): Kishimoto não aprende nenhuma lição das tantas que tenha dar no seu mangá. Ao final do capítulo passado ele já tinha nos mostrado quando surgiu a ligação de Madara e Hashirama e a ideia de criar a vila de Konoha. Agora volta naquele ponto, com os dois escondendo sobre seus clãs, sendo descobertos, obrigados a seguir o outro e até a se matar por traição do clã vs. o outro.

Resultado… nada, um revelou ao outro a história, fugiram e deixaram seus mestres e irmãos para o combate, sabemos que Tobirama e o irmão de Madara não morrem ali por questões que já temos resposta no passado do mangá, e além disso, no meio de um desenvolvimento desnecessário, eis que surge uma pausa, a única vantagem da mesma é ficar uma semana sem ler Naruto e não precisar reclamar.

Naruto 623

Até a próxima sessão

P.S: Quem ficará em último sem Naruto no páreo?

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s