Um novo capítulo na história de Inpergoh – 72 Horas uma corrida contra o tempo

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

O grupo não tem tempo de respirar, resgataram o Dourado, mas seu companheiro Katsulee foi levado e em troca do seu resgate precisam buscar três ingredientes em 72 horas.

pergaminho RPG

A Fortaleza começa a emanar uma aura negra nas paredes e desaparecem, todos caem em queda livre até as Montanhas Gélidas, com teleporte e magia de vôo conseguem chegar à segurança ao antigo vilarejo nas montanhas agora devastado.

Passado o susto. O item da lista é o Elixir dos Três Mundos (2ª lista) e da 1ª é Cordas.

O Elixir dos Três Mundos é um elixir de 10 ingredientes que tem a propriedade de tornar a pessoa natural dos 3 Mundos. Um ser que poderia viver no oceano ou no céu, além da terra. Ele também faz parte do Ritual dos Ciclos Infinitos.

Céu, água e terra

 Sete dos seus ingredientes são comuns, mas 3 deles só podem ser encontrados durante um fenômeno sem tempo certo para acontecer, mas que dura exatamente 72 horas. Um novo mapa aparece no pergaminho relevando os lugares próximos para a busca.

O ingrediente da terra: Glace

O ingrediente do mar: A oeste de Benedetto

O ingrediente do ar: Montanhas de Rhyfel

O grupo se divide em três: Ahstan com Claire, Fabregas e sua máquina batizada de Hakaider; Zero, Kamali, Zephaniah e Seth com seus mascotes e Jacques, Yves e Lycan com o grifo Zephyr.  O primeiro irá para as montanhas, o segundo para Glace e o último pelo mar em busca do local certo do ingrediente.

Fabregas pode levá-los direto a Montanha, mas Claire acha melhor pesquisar para ter uma indicação do que seria este ingrediente e diminuir o local de rastreamento do mesmo. O ladino vê que a 6ª parte do seu item aponta para as montanhas, mas também não te um ponto 100% preciso. Ahstan recebe uma mensagem de agradecimento de Valiance pelo esforço no resgate de Volkatz e seu mestre fala que nos dias a seguir enviará um presente.

Claire escolhe ir para Arancione na Biblioteca de Ângelo de Ali, um importante historiador de Inpergoh. Com acesso a uma das maiores biblioteca além da Biblioteca de Wissen, que ela acha que demandaria mais tempo de pesquisa devido à quantidade absurda de tomos, ela busca por referências ao Elixir dos Três Mundos e a Cordilheira que limita Rhyfel da parte mais perigosa do Groauss.

Cordilheiras e mar

Com a pesquisa concluída ela descobre que o ingrediente em questão é a casca de um ovo de uma ave chamada Serinus de penas amarelas e negras, um grande coincidência para os cális, a ave em si só bota ovos uma vez ao ano, no máximo 3 deles, 1 é o suficiente para o ritual.

Ela não tem uma localização exata para ficar, costuma ficar além da primeira metade da cordilheira, o que ainda dá uma extensão de busca grande, mas costumam deixar penas de tempos em tempos, suas penas quando saem do corpo parecem lâminas que se prendem a rocha quando caem, do tamanho de adagas.

O segundo grupo liderado por Zephaniah ruma para o centro de Glaven num lugar longe das Montanhas de Gelo. Aqui Kamali começa naturalmente a melhorar depois de cuspir litros de sangue. Ele pede a benção da selva e resolve descansar um pouco mesmo que o grupo resolva continuar. Zero fala que tem de esperar o líder dos cális buscar Volkatz antes de continuar.

Valiance aparece com Noah, acaba de curar a enfermidades de Kamali e leva Volkatz dizendo que quando o mesmo tiver melhor avisa Zero. Seth descobre no próprio reino que o ingrediente se trata de um mineral conhecida como Alite, da forma e cor de um bloco de gelo, que só existe em uma área antes coberta pelas montanhas geladas de Glace que o grupo chegou a ver quando viajou no tempo.

Ao chegar às montanhas descobre se tratar de mais 100 cavernas naturais, algumas soterradas pela queda do que foi a Montanha Gelada.

O grupo liderado por Jacques deixa o mago Yves com a parte da pesquisa do ingrediente do mar. Ele descobre se tratar de uma Alga Marinha conhecida como Solomon, que cresce em um curto período e se não encontrada ou consumida pelas criaturas na proximidade, dissolve no período de três dias.

Alga vermelha

Lycan sentirá que seu corpo ainda está emanando trevas que roubou no plano das trevas, mas que está conseguindo fazer o que seu mestre falou, a expulsando ou transformando em item. Seu olho direito começa a escurecer, como se cegasse.

Depois de descansado Jacques se preocupará em voltar para Rauptasalick para a inauguração da primeira FAM e com a pedra fundamental da outra aberta ao meio-dia da manhã que se segue.

Na inauguração há representantes dos reinos centrais: Carancasto, Majien, Valtamerien, Rhyfel, Khazart, de Kaupellinen e Fem, de Shussan e Tiakong, além de Fahrzeug, Benedetto, Versch, Maksla, Glace, Symia, Wissen e Chwareon e Arama. Só dois dos reinos não mandaram seus respectivos representantes.

O representante de Carancasto é o Conselheiro de Conde Kronor, o governante principal do mundo no reino central e fala que fica satisfeito com os projetos de Costeau pelo mundo, aumentando o patrimônio de Marcel Cervelle.

Os de Valtamerien oferece suporte via magia para a organização, enviando magos semanalmente para cuidar do que for necessário. Rhyfel oferece guardas menores que não atrapalharia as Leis Universais que proíbem um exército de montar acampamento em outros reinos. Fahrzeug oferece metal e trabalho para a facilitação do transporte. O conselheiro de Symia fala que Jacques está realizando grandes passos no dia de hoje. Eles pedem um discurso.

Nas montanhas o grupo começa a rastrear por penas de Serinus e depois de algumas horas encontram as primeiras penas e perto dali o som de batalha, Caçadores de Criaturas lutam contra Serinus, achando que interferir na batalha só iria atrasá-los, eles seguem guiados pelas penas até o ninho da criatura.

Próximo ao ninho há 7 pedras com desenhos e escritas em outros idiomas.

1ª – Idioma Anão – “Dou meu sangue pela natureza”.

2ª – Idioma do Oriente – “Sou a lâmina que levará sua vida”.

3ª –– Idioma Universal – “Nasci e morrerei no mar”.

4ª – Idioma Élfico – “Sou um mago novato”.

5ª – Idioma Licantropo – “O sangue dos lobos é o mais forte”.

6ª – Idioma Universal – “Eu te invoco 11º”.

7ª – Runas Bárbaras – “Pela força da Natureza, Chamas de Belenus”.

Ao ler as mensagens e ver a pedra o grupo vê surgir 7 Espíritos conhecidos. As pessoas mortas nas portas da Torre Branca. Elas falam que podem ajudá-los a partir de agora até o final da jornada com perguntas e se tornam um colar com divisões em branca e preto com os números 1 ao 7.

Eles falam que por ora pode responder uma pergunta livre: – Quem eles são?

“Somos os anteriores a vocês, os chamados guias das missões. Falhamos cada um a sua maneira e como chegaram aqui a 1/3 da missão é hora de os ajudarmos a seguir adiante. Vocês tem direito a 7 questões cada uma numa missão até o final da jornada. Só não podemos ajudá-lo na parte final se chegarem até lá. Podem começar de agora ou da próxima.”

Fora isso Claire pode assimilar seus conhecimentos e habilidades, mas isso terá um preço que num futuro distante a barda descobrirá.

Eles não falam seus nomes, mas o primeiro é um anão bárbaro dos primeiros cultos à deusa Ullana, a segunda uma samurai do 5º Daimio, o terceiro um pirata de Krakenhauss, o quarto um jovem mago élfico que podia manipular todas as cores da magia, o quinto um lobo branco de duas caudas, o sexto uma invocadora e o sétimo um bárbaro da tribo da luz.

Enquanto isso Fabregas encontrará uma pedra móvel e um corredor sob as montanhas revestido de metal. O mapa indica que a 6ª parte está ali.

Em Glace rastrear montanha por montanha levaria meses, Zephaniah tenta entrar em comunhão com a natureza e o mago procura por aura arcana que poderiam diferenciar o metal do gelo das montanhas. A busca vai eliminando cavernas até que se focam na primeira

O grupo finalmente encontra o mineral, mas descobre que ele é à base de sustentação da caverna, ligadas o pelo menos outra meia dúzia de cavernas, se a peça for removida tudo desmoronará.

Dentro da mesma caverna Zephaniah reparará num fogueira de chamas verdes e um corredor fechado com uma pedra onde encontrará um dirigível preso e mensagens semelhantes aquelas do outro lugar.

“Então “o que ouvimos é verdade com o final do ano virá o final de nossas existências”, “o Ciclo está no final”, “O que irá acontecer conosco?”, “Onde estão os deuses a quem pedimos tanto”, “O que está acontecendo com o dirigível?”,“Era dia e se tornou noite”, “E tempestade de relâmpagos, posso jurar que vi pessoas caindo do céu junto à chuva”, “Aonde viemos parar parece uma caverna, mas estamos soterrados”, “O que é este mineral e o frio”, “O que está havendo com meus companheiros eles simplesmente desaparecem, sem rastros ou corpos”, “Só me restou de um grupo de 12”, “Se não morrer como meus companheiros, não sei se tenho motivos para continuar só tem gelo e água gelada, estou com fome e frio…”

Novamente depois de pensar numa forma segura eles trocam o objeto por outro de peso igual com magia e a caverna não desmorona, mas um portal de ferro surge na entrada da caverna. Ao atravessá-lo se depararão com uma cadeira de madeira e sob a mesa uma caixa de couro está as “Cordas”.

Yves marca num mapa náutico uma área de 2,5km de raio que é onde a Alga Solomon apareceu nos últimos 5 anos, achando que ela tem um padrão com o barco eles seguem naquela direção.

Jacques navega com seus companheiros, como a muito não fazia.  Eles conseguem localizar a área onde de cima no oceano é possível ver uma área onde a água está avermelhada, só que como se fosse luz, vindo das profundezas do oceano.

No fundo no oceano, eles chegam a uma área cheia de peixes que vão ao encontro da Alga Vermelho Sangue que emana a luz: Solomon. Ao remover a alga da base, o oceano ser agitará e 6 hidras virão das profundezas. Jacques usará seu item para teleportá-las junto à água para um superfície sólida, uma ilha desolada, Lycan e os demais o acompanharão.

Hidra

No caminho Lycan se lembrará de que Raizo o visitou a noite e ofereceu uma aliança, o ranger caçador passa informações do grupo e o mesmo ensina a controlar sua aura de trevas, antes que ficasse cego ou pior.

Ninjas surgirão durante a batalha contra a Hidra a mando de Raizo.  Os ninjas não atacarão Lycan só defenderão seus ataques e caso derrubem os três, Raizo irá surgir e colocar algo no corpo dos mesmos, mas Lycan usando seu arco e Jacques derrubarão os ninjas antes que Raizo possa continuar seus planos.

Continua nos próximos pergaminhos.

Obs.: A aventura que é base dessas matérias terminou e agora teremos semanalmente ou a cada 15 dias no máximo uma matéria até o final, e para não ficar só com os resumos tenho ideia de novos projetos voltados para o tema “RPG” e o sistema próprio que tenho chamado SIF. Até breve.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s