Um novo capítulo na história de Inpergoh – Um grupo que não consegue ficar unido

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Divididos em três grupos, mais pela curiosidade do que pelas armadilhas da Fortaleza, o grupo segue seus caminhos.

pergaminho RPG

O grupo com um maior número de pessoas que subiu a escada de madeira  chega a uma sala com 4 saídas, elas se fecham, conforme o grupo se divide em 5, o que fica ali dentro começa a perder ar, e antes que pense numa forma de sair um ninja do clã se materializa para atacá-lo.

Zephaniah surge com seus mascotes – Morrigane e Slane – numa espécie de dormitório abandonado, cansado quase deita, mas os sinais avisam que algo está errado, além do grupo fracionado. Ele segue adiante e encontra numa sala com um lago de gelo, outro ninja que parece andar pelo gelo e ataca Morrigane, a petrificando com seu golpe. Deixando o bárbaro em fúria e matando o ninja.

Seu corvo volta ao normal depois de um tempo e ele pega a kusarigama e  máscara que o ninja usava. E além disso, aproveita o momento e invoca a “Fênix” para ressuscitar o Suoen que ele pegou, que passa a ser seu terceiro companheiro.

Kusarigama

Máscara

Jacques surge numa sala onde verifica uma armadilha e desarma antes de   ter sua armadura como um condutor do piso eletrificado.

Ahstan e Claire não tem tanto sorte por não poder procurar armadilhas e são atingidos por um jato de fogo, que o mesmo depois trava com suas habilidades sobre o elemento gelo.

Lycan e Katsulee chegam a uma sala com uma escada, mas preferem não subir e na mesma encontra um moeda. O que significa aquilo?

Moeda

Seth sobe e encontra Zero que derrotou o ninja anteriormente, e as passagens se abrem e eles saem rápido, quando são atacados pelas costas, por lâminas invisíveis.

Os dois tem uma corrente projetada em seus braços, Zero pensa em cortá-la, mas ao aproximar a lâmina de sua katana sente que poderia ser pior.  Zephaniah se encontra com o mago e o guerreiro com seus três mascotes.

Ahstan, Claire e Jacques também se encontram por estarem em salas muito próximas.

Fabregas mesmo não acostumado com sua nova forma física consegue derrotar o monstro e teleporta para perto de Jacques que estranham o “senhor” vestido com o menino de antes.

Lycan procurando o grupo encontra outro ninja no meio de uma cratera e trava um combate contra o mesmo.

Depois de um tempo todos se encontram e sobem – ainda sem entender a parte da moeda – para o 4º nível. Novamente a sensação de algo errado por subirem vendo pelo lado de dentro e descendo pela lado de fora.

Mal o grupo sobe é envolvido por um gás, Kamali é infectado por uma doença golfando sangue por todo o caminho, Katsulee é envenenado e o grupo se separa de novo. Parece a maldição desse lugar.

Ao chegar aqui, Zero começa a escutar a voz de seu mestre em sua cabeça.

Ninjas agora em grupo surgem e atacam o grupo. Ao derrotar os ninjas, outra pessoa some entre os membros que acompanham Zero.

Grupo de Ninjas

Zephaniah com seus mascotes e um infectado Kamali chegam num refeitório, outra tentação ao bárbaro, que pelo amigo se foca em não mexer na comida do inimigo.

O terceiro grupo parece atingido por um golpe fantasma, e agora veneno circula em seu corpo. O inimigo e sua covardia, separa e enfraquece.

Lycan e seu faro para inimigos, descobre mais um ninja que cria cópias de fogo explosivas, sendo auxiliado por Jacques, com quem começa uma parceria que continuará por mais um tempo e o afastará de Zephaniah e Kamali.

Zephaniah encontra mais um inimigo, mas diferente dos outros ninjas, o dessa sala deixa o grupo passar livremente, não parece querer se envolver com nada e descansa ali se ninguém mexer com ele.

Depois de passar por diversos caminhos, o grupo chega a sala com uma cela.  É o cativeiro de Volkatz que está preso dentro de um caixão de vidro com ligação a uma máquina que passa suprimentos e ar para que ele não morra, o mesmo tem marcas de amarras por todo o corpo, cortes na altura do tórax com lâminas pequenas e um grande corte na altura do crânio ainda cicatrizando.

O que fizeram com o lobisomem dourado? A cela parece ter várias armadilhas que Fabregas e Jacques desarmam e Zero corre para ajudar seu mestre.

Ao tirá-lo da máquina, o mesmo permanece em coma, mesmo sobre tentativas variadas de cura, Zero o coloca nas costas e prepara para sair da Fortaleza, seu objetivo era aquele e pareciam ter chegado ao último nível. Quando o cenário muda e eles surgem de frente para uma porta dourada com uma lâmina prateada.

Qual era o significado disso?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s