Coragem marcada a sangue

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Devido aos atrasos técnicos resolvi deixar essa review diferente, com comentários por episódios como se funcionassem independente e eu não soubesse do futuro. Por que de fato quando escrevi não tinha saído o 2×11 e eu não sabia. Ou teria ganhado na Mega Sena da Virada.

Com spoilers de American Horror Story 2×10 e 2×11

Coragem sangue

American Horror Story 

2×10: Primeira série comentada aqui do Você Vai Entender que voltou do recesso e com um episódio épico e mais que isso corajoso por nos fazer despedir de personagens importantíssimos faltando 3 episódios para o season finale.

Pepper realmente voltou com o cérebro do tamanho proporcional a sua cabeça, como ela mesma falou, com a guardiã de Grace, a mãe do híbrido ET/humano gerado por sua relação com Kit. Achei que o ator é como um elo de ligações das temporadas com a história dos bebês bizarros, na outra ele era pai do bebê feito com Vivien Harmon ainda viva e ele já morto, que gerou o Anticristo lá e agora um híbrido alien-humano.

Voltando a Pepper ela também disse todas as verdades sobre as aberrações, longe de ser evolução da espécie que Dr. Arden estava criando,  o que começou a levar o personagem ao desespero, que culminou com a traição de Mary Eunice encapetada ao transar com o monsenhor, que não morreu e sim recebeu a mensagem de expulsar o demônio de Briarcliff do próprio Anjo da Morte.

Sua missão não foi nada fácil. Primeiro ele acabou caindo na tentação da carne com a freira possuída, foi se desculpar com o restou de Jude, por não ter acreditado nela, e depois sim conseguiu provocar o demônio e despertar a alma da freira por segundo, para derrubá-la da escada e acabar com um dos  personagens mais complexos da temporada, que fará uma falta danada daqui para frente.

Com a morte da irmã, o mundo acaba para Arden e ele resolve se sacrificar no crematório junto com o corpo emaculado da freira que amava.

AHS 2x10

Jude está no limite da loucura, tentando lembrar os nomes dos pacientes que tratava com número, mas falando mais besteira do que coisas certas ao tentar convencer a Madre Superiora que Lana Winters não deveria estar ali e que foi uma armação sua. Será que a irmã irá acreditar?

Lana que brilhou nesse episódio ao deixar Thredson em suas mão, já que mudou o esconderijo da fita e agora cobra do assassino a proteção dela, do bebê e de Kit e de lambuja Grace e seu bebê.

Para encerrar temos a parte dos ETs até onde ela liga fatos na temporada, o nascimento do bebê de Lana, o futuro Bloodface que nos apresentado no 2×09, a o destino final de Jude, Kit e do Dr. Thredson, as outras histórias parecem que terminaram adiantadas para deixar mais tempo de tela para um final que não fossse corrido e ligasse passado e presente no cenário do hospício.

2×11:

Mantenho os comentários sobre determinados personagens da review acima. Pepper mesmo com seu super cérebro foi deixada de lado, primeiro tivemos o bebê híbrido levado para uma instituição num apelo duplo do Monsenhor e Dr. Thredson, o primeiro que de herói matador de demônios tomou o lugar de vilão da série na falta dos mesmos, todos mortos antes do Season Finale.

Mesmo assim com com a Madre Superiora Cláudia acreditando na história de Jude e tirando Lana Winters, a personagem top desse episódio, com a ajuda de Lana, Kit acabou sendo inocentado dos seus crimes e devolvido a sociedade, não sem antes negociar com o Monsenhor a saída de Grace – até então dada como morta e a recuperação do seu bebê.  Família reunida, voltam para a casa que tinha e lá está Alma e o outro bebê.

Sim a história dos ETs, de Jude e de como o Briarcliff será fechado, serão os fios condutores desses dois últimos capítulos. Misturado com o filho de Bloodface e Lana, o psicopata que passou o episódio debruçado sobre peitos, mamando uma prostituta que tinha acabado de ganhar neném, até que sua vontade de matar foi maior e ele começou a estrangulá-la.

AHS 2x11

Dr. Arden foi levemente mencionado como desaparecido. E além de todos os personagens que surgiram e sumiram até aqui, o cenário principal da série agora só conta com Jude e o Monsenhor, colocaria Pepper no pacote. Se não estiver escondida junta com Alma na casa de Kit. O que tirou boa parte da trama de lá.

Voltando a sociedade Lana Winters conta sua história de tratamento de terror, mesmo que só isso não tenha sido suficiente para fechar o sanatório. Ela conseguiu denunciar Thredson, e vendo que escaparia com o álibi da loucura, ela estoura os miolos dele, mas resiste ao aborto da criança, a doando como já sabíamos no episódio 9.

Algumas histórias mencionadas acima já foram esclarecidas. E me lembrou de algo, além de Kit, Grace, Dr. Arden. Há um quarto personagem do hospício que viu os homenzinhos verdes, Jude, será que eles a ajudarão, por algum interesse no hospício, ou sua história é só com a mais nova família no pedaço.

Que Lana continue lutando pelos loucos e garanta mais dois ótimos episódios para fechar essa temporada que no geral foi muito melhor que a primeira, que criticam mais do que deveriam, ao meu ver é claro.

Até a próxima sessão que deve trazer o retorno do Resumo da obra com a volta de The Office , Supernatural e Fringe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s