Resumo da obra – nº9

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Resumo para fechar a semana de American Horror Story, Fringe, Supernatural e The Office. Com as duas últimas com temporadas de mais episódios dando suas pausas de final de ano.

Com spoilers

Resumo da Obra

 

American Horror Story 2×07 e 2×08: Só para não perder a oportunidade, 3 episódios sem Dominique (a música) e sem explicação para o sumiço de Pepper – será que ela virou comida de zumbi/canibal da floresta? Fora isso AHS continua focando em temas semanais, misturando personagens novos com os antigos para contar suas histórias, no episódio 7 conhecemos a morte e no 8 um Papai Noel Maligno e Psicopata – a cara da série.

A morte AHS

Irmã Jude descobriu a verdade sobre o mal em Mary Eunice, o diabo encarnado, ao descobrir do detetive que foi uma freira que o matou, num confronto direto com a freira ela viu seu poder e enganada pelo Dr. Arden quase pereceu para o Papai Noel Psico. Só que conseguiu matá-lo antes, sua primeira morte de fato. Por que descobrimos que a menina de vestido azul continua viva como enfermeira e tem até uma filha. Os olhares do pai da garota para Jude deu uma sensação que ele sabe que a freira foi a motorista irresponsável.

Mary Eunice brigou até com a morte para preservar Grace viva achando que a culpa do sangramento da garota era do método de açougueiro do cientista nazista, o que comprova que os aliens estão fora do seu radar de maldade. Grace é salva pelo médico para que sua reputação não fique queimada – sério mesmo, depois do que fez a Shelly e o monsenhor descobriu? – só que o destino/morte queria levar Grace de qualquer jeito e ela foi morta por um tiro de Frank e depois abduzida antes de virar comida de morto.

Falando em Frank ele parecia disposto a se entregar pelo que fez a Grace, mas Mary Eunice e Dr. Arden não desejavam assim, resultado depois do Papai Noel Psicopata não matá-lo, foi uma navalhada certeza da própria feira que deu fim ao guarda de Briarcliff.

Psico Santa AHS

O número de mortes poderia ser maior, mas Lana não quis seguir com a morte, fugiu de Bloodface que a estuprava, conseguiu a pior carona com um cara transtornado vivido pelo eterno Ethan de Lost que se suicidou e acabou voltando para Briarcliff.

Outro que voltou para lá depois de fugir da polícia foi Kit, com um cadáver na sua cola, que acabou devorando um freira, tendo suas tripas sugados por uma máquina da padaria mais nojenta do universo, vide a morte de Miles no início do capítulo 7, ou acham que trocaram aquele máquina? E no final a ação de Kit levou Grace à morte e os arrependimentos dele por voltar.

Ali só os dois não são malucos, até que se prove ao contrário. Lana e Kit se aliaram e agora tem o Dr. Thredson/Bloodface como refém. Resta saber até quando?

E nada de futuro nesses dois episódios, ainda ficamos as cegas quanto se fala dos ETs e do assassino em 2012.

Fringe 5×08: Para não perder o costume vou começar falando de pedaços de cérebros ou implantes nos mesmos. Walter nesse episódio não teve tempo para questionamento da sua alteração para o Walter maligno, por que o episódio foi voltado mais para o Peter/Observador e Olivia, que há muito tempo não tinha o destaque que teve essa semana.

O item do episódio foi um imã gigante, da fita 8, quantas fitas serão, essa não deu sinal de ser a última. E pelo que me lembro já tivemos as fitas: 2, 3, 5, 6 e 7, além de dois episódios sem busca por fitas/itens.  Com a equipe cada vez mais fragmentada, com a morte de Etta e Peter tentando rastrear os passos de Windmark para vingar sua filha, Olivia sai em busca do item num ferro-velho com uma cara super suspeita.

No meio da ambiguidade, de que aquelas pessoas iriam ou não entregá-la, conhecemos Simone, a anunciada Oráculo de Fringe, divulgada há algumas semanas para quem leu spoilers, gostei das dicas que ela deu, e a personagem isolada parece confiável. Já que a dupla que acabou rendendo Olivia não sei ao certo se era do seu grupo e a dica da Oráculo de que Etta ainda estava com ela rendeu a cena McGyver da vez onde ela usou a bala para acertar um dos seus sequestradores e depois para que Peter acordasse antes que seu cérebro se tornasse um máquina de pensar e só.

Outra coisa que ficou claro no encontro de Peter e Windmark que nem todos os Observadores invasores tem a habilidade de ver os vários futuros, mas o chefão tem, por quê? Gostei do efeito Matrix + teleporte da luta dos dois, ficou bacana e nem me pareceu forçado, só queria saber se natural da tecnologia dar tutorial de artes marciais como no filme mencionado acima.

 C

Essa pergunta ficou ressoando, já que muito do que se teorizou foi derrubado no final desse episódio, Peter foi um observador temporário até onde sabemos e removendo o implante no final pela filha e por Olivia não pode mais ser o primeiro observador. Fringe sempre embaralhando nossos pensamentos há exatos 5 episódios de encerrar a trama.

Falando em Olivia – de novo, ela merece – seu discurso final foi um dos melhores diálogos de Fringe nessa parte familiar que permeia a série desde o início. Ao mesmo tempo em que é tão estranho ver a personagem tão difícil de manifestar sem sentimentos, quando ela os deixou transparecer, veja o que saiu. Perfeito.

O plano ainda não tem nenhum nuance, faltam muitos objetos, como juntá-los, queria que isso se resolvesse pelo menos no penúltimo episódio, para não ter nada fechado às pressas.

E a única teoria que pode ter algum fundo é com os dois dispositivos dos observadores nas mãos de Walter, o com Peter e que Anil deu para entender como funcionava a mente dos inimigos, quem sabe saberemos que a origem dos mesmos é paradoxal ou não.

Supernatural 8×09: Essa semana Supernatural conseguiu a medalha de bronze para esse episódio da temporada, decrescente é lógico, só perdendo para o 8×04 – o documentário dos lobisomens superiores e o 8×05 com a história de Benny. Quando o personagem apareceu achei que seria um contraponto legal já que as maiorias dos aliados dos Winchesters pereceram nas últimas sete temporadas, mas…

Torci um pouco para o vampiro pirata morrer nesse capítulo, que, além disso, deu destaque para novos flashbacks de Sam e Amélia e até um encontro e não sós lembranças dos dois. E pior esse foi o episódio de Winter Finale – como queria que fosse Winter aqui – no lugar desse inferno que está – que gostinho de quero menos que ficou no ar. Sem Cass, sem Crowley, trama principal, com Benny fazendo hora extra e Amélia e Don… pausa para o vômito.

Essa história do Benny desviado logicamente seria levada em consideração pelos roteiristas, à base Dean e Sam não anda sólida e uma batalha de ideias dos dois cairia muito bem, só que não funcionou na tela, e o extra do Martin, o ex-maluco que voltou a caçar também não ajudou.

Os Winchesters fizeram dele uma mascote o largando, o deixando vingativo, quase matando a tataraneta de Benny e levando o vampiro junto, que mudou de ideia e matou o caçador.

Não deu para entender se as palavras de Dean a respeito das baixas – no caso Martin – vão levá-lo a caçar o ex-companheiro ou não devido ao surto dele em atacar Elizabeth.

Citizen Fang 

The Office 9×09: O episódio que serviu de Winter Finale para a comédia no escritório não foi lá essa Brastemp. Senti que a alma de Andy andava ali, mesmo que o personagem só tenho sido mencionado em mensagens de textos para Erin e espere que não tenha passagem de tempo desse episódio para o próximo, assim o gerente regional pode continuar na Casa do Inácio.

Jim começava sua despedida do escritório e o que não estragou de vez esse capítulo foi à amizade bizarra dele com Dwight, o primeiro queria que o companheiro tivesse a festa de natal alemã que sempre pediu e com a ajuda de Pam conseguiu que o conselho de festividades aprovasse a festa com comida de natal mais exótica possível, além da participação de Belsnickel, uma versão “suja” do Papai Noel.

Dwight mostrava sinais de que estava sentindo falta de Jim antes mesmo de ele partir e o pulo para o abraço quando Jim resolve adiar sua ida para Philadephia foi cheio de significado para quem acompanha essa história há 9 anos.

Creed teve algumas falas sobre o Natal, que não chegou ao nível de sua genialidade, Kevin marcou presença numa pequena discussão com Pete sobre cena de Duro de Matar e depois comendo o bucho do porco e adorando até saber o nome do prato. Oscar e Ângela agora estão com uma estranha relação de puxa-saquismo, digna de Dwight e Michael em áureos tempos, devido à tentativa de quebrar seus joelhos.

Pete e Erin estão cada vez mais próximos e torço pelo casal. Darryl ficou de deprê o episódio inteiro por Jim ter se esquecido de sua promessa de contratá-lo, quando ia dar uma surra no mais alto do escritório, o mesmo fala da entrevista e ele bêbado como um gambá quebra a mesa de petiscos natalinos reais providenciada de última hora em Double Hit.

Tobi sempre o mais chato do episódio – quando Andy não está – resolveu contar toda a saga do Estrangulador de Scranton para Nelly que final precisa apelar para a técnica do “Cala a Boca e me beija”, deixando o já apaixonado Tobi nas alturas e encerrando o capítulo até 2013.

The Office 9x09

Algumas séries continuam e seus reviews também, Supernatural e The Office voltam ano que vem. Se o dia 21 não for o último…

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s