Prestando homenagens: Nem todo livro tem fim

 (para os bons entendedores isso basta)

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Numa semana onde todos os capítulos foram “bons”, Bleach ainda dá um banho no topo e ocupa mais espaço no review que os outros três juntos. One Piece fica com a prata, Beelzebub continua dando lição de como fazer humor e Naruto, vocês já sabem.

Com spoilers

a historia sem fim livro

Bleach (referente ao capítulo 518): Vou fazer a análise na ordem dos eventos do capítulo, sei que o melhor ficou para o final, só para variar, mas fazer o que, como esperamos semanas e meses pelo avanço da história do Kubo não custa nada esperar alguns parágrafos.

De fato era Urahara na chamada e em nove páginas cobrindo só essa parte tivemos algumas informações que durariam vários capítulos, Kon não parece estar à toa na Soul Society servindo como canal de comunicação direto com Urahara, através do ModSoul descobrimos que o pessoal parece bem de fato. E que entre eles está sem sombra de dúvidas por todas as pistas deixadas Grimmjow.

Agora vamos tentar juntar os fatos desde a batalha contra Kirge até a chegada de Ichigo na Soul Society, sei que o espada número 6 era forte – ok, só que o Kirge foi cortado igual manteiga e antes vemos eles escravizarem Halibel, a espada nº3. Então conhecemos quem estava ali, mas somando 2+2 não bate até agora, quem falou com Ichigo na parte da jaula, com quem matou Kirge e a aparição de Grimmjow, acho que há mais de alguém com o grupo de Urahara, Inoue e Chad. Como outro grupo que apareceu no final do capítulo.

E toda a conversa de Ichigo pensar em si mesmo ao decidir o que tem para decidir. Kubo e os seus mistérios em demasia. Será que descobrimos logo do que o ex-capitão da 12ª divisão está falando?

Voltando ao foco do último capítulo, o Esquadrão Zero, eles não têm respeito até o momento, e suas aparências e personalidades pedem por isso, não reprendendo Ichigo quando chama um deles de Tio Careca. E perguntando sobre a restauração de Zangetsu.

Confirmando as palavras de Mayuri, mas revelando que uma nova zanpakutou poderia ser forjada no Palácio do Rei com a Super Reijutsu de lá. Fala reforçada mais a frente. Se Reijutsu é uma técnica para forjar espada, será que Ichigo sozinho dará conta depois de 500 capítulos com um só golpe? Sim não perco as chances de jogar isso na cara sempre que posso, protagonista fulero que só.

Bleach 518-01

No finalzinho revemos Shukaku e dali para frente, Kubo esfrega na nossa cara, o que só pode fazer quando tem vontade com algumas páginas e excelentes personagens construídos. Ouviu aí senhor Kishimoto?

Kukaku usa o canhão para lançar o Tenshu Ren de volta já que ele não tem função retornável, só pode vir pelo “Super Reijutsu” do Palácio. Olha ele aí de novo! E depois de lançados vemos na última página um vislumbre do local.

Peraí, falei da última página. Só me esqueci de mencionar duas coisas. A fala o “Tio ficará triste”. Até ontem pensava que era uma referência de que o Rei da Soul Society era da família nobre de Kukahu, Ganju e Kaien, hoje lendo outro review de Bleach, vi outra teoria, vou colocar o link aqui http://alchemistnany.wordpress.com/2012/12/01/comentarios-bleach-518/. Já que vou mencioná-lo lá a autora Nany cogita que eles estão falando de Ishin. E pode ter razão, seria a explicação para duas coisas: Kaien ser parecido fisicamente com Ichigo e para a família nobre ter sido banida da Soul Society.

E para finalizar. Revemos ali quatro personagens, o novo Ganju, com cara de “sou malvado sim e daí” que terá de lutar na próxima luta, segundo a irmã.

Kukaku também salvou do Rukongai – traduzindo favela do Céu de Bleach – os três Fullbringers: Giriko, que tinha sido morto muito fácil por Zaraki sem nem usar seu poder do tempo cheio de detalhes, quem sabe agora vai. Ginjou que nem curto tanto, mas é o outro shinigami substituto e talvez isso seja importante para entendermos a história, sobre ele tinha uma teoria cheia de voltas que vou deixar mais para frente e por último, ele, o épico e overpower com um poder tão combado que desafiou o próprio roteiro de Kubo e teve de ser eliminado… para o nosso bem por que era o vilão da saga mais whatever de Bleach… só que agora pode voltar do limbo e mostrar quem é de fato. Estou falando de Tsukishima.

Bleach 518-02

Caraca isso parece review especial de Bleach. Falei tanto e tinha mais para falar/escrever vou parar aqui. E falar dos outros que até foram bons, mas sem comparação.

One Piece (referente ao capítulo 690): Luffy limpando o chão com Ceasar foi um ótimo início de capítulo e falando uma verdade ele sempre desafiou os mais fortes, foi assim com Arlong, Crocodile, o CP9, a Marinha, o Governo Mundial, fugindo de Impel Down, deixando o recado para os seus nakamas com a ajuda de Jimbe, 3D2Y e agora ali em Punk Hazard, Ceasar é apenas o início da luta de Luffy que agora irá se opor ao corrupto Joker também, que venha mais quantos for, afinal a Red Line só está começando.

Cenários vão se armando com o bando dividido evitando o Shi No Kuni – o gás assassino que preenche a parte B do laboratório, enquanto Zoro procura a passagem ‘a frente’.

Só que o foco desse capítulo é Smoker e Law x Vergo. Sem palavras. A aliança inesperada, a mistura de técnicas do CP9, Akuma no Mi e Haki mostra o nível que teremos daqui para frente no universo de OP.

Smoker recuperando o coração de Law e dizendo que será uma desgraça para Marinha, perto de Vergo e de outros, Smoker é um exemplo mor da Marinha ao lado de Garp, não precisa duvidar disso, independente de seus atos, já que Punk Hazard desafiou todos com novas informações.

Law deve ter treinado muito para superar o medo e a derrota de Vergo com o passado pelas palavras de Joker. Só que a cena final do capítulo mostra o quão poderosos podem ser as pessoas em One Piece, e quando pensando que chegamos ao ápice, Oda nos mostra um novo nível.

O pirata joga na cara de Joker seu poder a não só cortar Vergo com sua Akuma no Mi como parte do laboratório, enquanto a Marinha só se restaurou, os outros personagens da Batalha dos Mais Fortes ganharam muito níveis, como Luffy, Zoro e agora Law.

OP 690

Beelzebub (referente ao capítulo 183): Oga e Hilda estavam tão garantidos nas quartas-de-final que nem chegou a mostrar a disputa avançando direto para a batalha dos casais de Ishiyama: Nene X Furuichi e Paako x Kanzaki, disputando uma batalha culinária, com duas noobs em cozinha. Que mal conhecem os temperos e o melhor de todos é o Tonjou que só conhece o açúcar, referente a letra A e o método dos japoneses de decorar os temperos, como esses alunos chegaram ao 3º ano?

Ambos os casas mentalizando para que saísse Arroz Cozido, o clássico japonês só para começar a aleatoriedade dos pratos escolhidos dentro um painel. E depois sem saber cozinhar o Gratinado e o Omelete de Arroz que saíram na roleta. Kanzaki usa a técnica de pegar todos os ingredientes para que Furuichi perca por não ter como fazer seu prato, já que o Tohoushinki não faz a mínima ideia do que seja um “gratinado”.

Uma briga violenta e sem noção dos casais fazendo comida, com o Furuichi acrescentando lagosta no meio da omelete e do Kanzaki jogando yogurt dezenas de vezes. Resultado pratos intragáveis e diferentes do que imaginei numa disputa entre Jan-Ken-Po o time Paako e Kanzaki avançam para o top 4 com Oga e Hilda, Kunieda e Izumi e Toujou e Shizuka.

Beel 183

Novas gargalhadas nos esperam no próximo capítulo. Isso é certo.

Naruto (referente ao capítulo 611): Finalmente tivemos sinais de cansaço de Kyuubi depois de tantos jutsus e clones e do Hachibi que recebeu de volta seu Bijuu Dama como se fosse um inseto para o Juubi que só deu um penteleco. Pelo menos alguém do lado inimigo mostra o poder que tem nas mangas.

Com os bijuus fora de ação, resta a Naruto e Bee e um Kakashi debilitado dar contas dos inimigos em pé… Isso me faz rir.

Gostei de algo mencionado por Obito de usar o Tsukuyomi infinito para transformar Naruto em Hokage dentro da ilusão em looping. Pensem em que jogada seria se víssemos agora eles derrotando os inimigos e depois descobríssemos ser o genjutsu ativo. Bateria palmas para Kishimoto, e Naruto poderia durar mais um tempo, se não essa batalha só não será a última por que tem a história do Sasuke e do Orochimaru que voltou para ser concluída.

Todos chegaram, ok. Sim não tenho muito a falar, porque o golpe pegando do lado dos inimigos seria ridículo, salvos pelo gongo, clichê como em todo shonen.

Naruto 611

Agora a única coisa que fica no ar é o que é o Futon Kazekiri no Jutsu que Naruto falar que pode vencer o Tsukuyomi Infinito? Algo que ele inventou? Quando e como vai vencer uma ilusão, matando os vilões, ou usando as estratégias de um Naruto que ficou lá no passado.

Até a próxima sessão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s