Tartarugas nem sempre vencem na ficção

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Damages nos episódios 5×06 e 5×07 de 10. É sempre bom lembrar que está muito próximo do final, deu uma passo a frente e vários para trás, com o capítulo 7 que nada acrescentou a trama atual, só deu uma embaralhada em algo do passado que ressoa agora, e na hora errada.

Com spoilers

 

Damages – 5×06 e 5×07 – I Need To Win e The Storm´s Moving In

Toda a história das visões, da banheira, parecia que daria um passo maior na revelação da trama dessa temporada, mas não foi só para explorar o fato de Ellen talvez precisar se afastar do caso para se recuperar. Ela está vendo David seu noivo assassinado na primeira temporada, somado com as visões do morto levantando de episódios passados, dela vendo seu algoz andando na rua como se nada tivesse feito.

A história do homem do quarto ao lado que poderia aquecer a trama, não serviu para quase nada, ele não viu ou ouviu nada de relevante, quase acabou com o embate antes da hora, com Rachel aceitando os U$ 3 milhões de McClaren para desistir do caso, afinal sua vida está cada vez mais conturbada e além de tudo o ex-patrão da mãe está solto e a ameaçando, por mais que Patty prometa defendê-la.

Esse personagem que parecia ter voltado só para aumentar o congestionamento de gente inútil da temporada, acaba nos levando ao motivo do patrocinador de Channing querer tanto que o caso se encerre antes de exploração, afinal foi ele que ajudou a Agência 23 a realizar parte de suas frades.

Rachel só desiste do acordo por Ellen e Patty se une para criar uma falsa cena com a testemunha que revela fato da briga que não ocorreu.

 

Aí vem o episódio 5×07 com a mãe de Ellen ligando para dizer que está sozinha, com Rutger bêbado tentando pegar Gitta, com Chris descobrindo os podres de um tratamento do exército e perguntando como usar o site de Channing para denunciar isso. Damages onde está você?

McClaren descobrindo sobre a morte do Samurai Sete, e parece que o resto do elenco também, afinal foi só no documentário que soubemos que ele foi dado como morto.

A viagem para Maine das duas rivais para interrogar o expert que não diz nada de faça o caso avançar, a cena é completamente desinteressante, o embate no aeroporto que se realiza na mesma velocidade de uma lesma, até que Patty se diz inocente do ataque da 1ª temporada, colocando a culpa em Pete, que não está mais ali para se defender.

Acreditar em Patty ou não, que a série se recupera ou não, eis aí vários questões.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s