Bestas despertadas

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Ainda focado nas batalhas, Toriko vence as duas semanas mostrando as novas técnicas do principal, de Coco, Sunny e Zebra. Em Fairy Tail os Dragon Slayers continuam sua luta, mas sem o nível Toriko de ser e Silver Spoon mesmo bom não tem como concorrer por ora, o que é até injusto.

Com spoilers

Toriko (referente aos capítulos 198 e 199): Toriko já melhorou significativamente no primeiro desses capítulos, com mais cenários de batalha, com enganações como da suposta morta de Coco, que usou um Boneco de Veneno, a la Bushins de Naruto e agora pode criar novos venenos, mas seu oponente parece querer ir mais longe e envenenar toda a Terra.

Sunny reclamando do quão horroroso é seu oponente e mostrando que seus poderes se elevaram, e que ele e Coco agora também têm as técnicas de respeito à comida, a pergunta é se eles não estavam no templo com Toriko, com quem aprenderam isso?

E Zebra logo de cara vê que o inimigo não iria cair só para suas técnicas sônicas e já apela para o “braço”.

Quando a mensagem cortada do mestre revela que as bestas são partes de uma criatura única, e que o controlador precisa ser derrotado, em primeiro lugar, sabia que não ouvir a mensagem até o final iria criar um problema ainda mais sério que enfrentar as Bestas.

E os Quatro Reis Celestiais revelam suas técnicas e mostram que as “Bestas” eram até mansinhas, se comparadas com o seu poder atual. Todas derrotadas, se não houver nenhuma virada de mesa.

FT (referente aos capítulos 294 e 295): Os dois capítulos cobrem dois rounds da luta entre Gajeel e Natsu, páginas extras, mas só usadas mesmo para a batalha. Queria que algo mais acontecesse durante o confronto. Não que a luta esteja ruim, longe disso.

Natsu e Gajeel provaram para Sting e Rouge que estão num nível elevado, defendendo seus golpes, escapando da técnica do stigma, superando o Dragon Dive e no segundo capítulo se saindo muito bem contra o Dragon Force despertados pelos inimigos da Sabertooth.

Sting tenta humilhá-los lutando sozinho, mas como ele não vence a batalha, ele falha no seu objetivo. Quem acaba humilhando o outro, é Natsu que deixa Renji… quero dizer Gajeel de lado, para chamar os dois, literalmente para o terceiro round.

Silver Spoon (referente aos capítulos 46 a 48): Coitado do Hachiken, tudo misturado e sob suas costas, ser o vice-presidente, lembrar-se de todas as suas atividades, ter de domar Chestnust, aguentar Ayame e ficar orgulhoso de seu tempo na gincana que inicia a competição por segundos, antes de ver o tempo descer na tabela, e quando acha que deu sorte por ir depois com o caminho memorizado por sua montaria, sofrer a trollagem final ao descobrir que o cavalo ficaria cansado e não poderia dar tudo de si.

Na segunda parte da competição, depois de todas as regras sobre faltas e penalidades de tempo explicadas, é hora de começar, Ayame se dá mal de novo, querendo aparecer e ultrapassando o tempo, mas Hachiken consegue usar sua técnica de concentração para estudar na competição e vai com tudo. Quando vê o irmão e quase cai.

Mas consegue se segurar e ficar com o 4º lugar na competição, só que algo ainda fica na sua cabeça, porque ele não está alegre totalmente com isso.

Até a próxima sessão

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s