Exércitos de poucos homens

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

KHR dando banhos nos pilares da Jump.  Bleach criando climas de guerra mesmo, mas que podem ser derrubados, pelo medo do Kubo de matar personagens. Beel fica com a medalha de bronze pela diversão. Naruto ainda não teve o que eu esperava e OP foi decepcionante depois de uma semana de pausa para o Oda.

Com spoilers

Continuar lendo Exércitos de poucos homens

Anúncios

Um tribunal banhado a sangue

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Fiz uma menção de Damages, numa matéria explicando do porquê não assistia The Good Wife, falando que o gênero não me agradava. Agora Damages voltou para sua 5ª e última temporada, e retomou o fôlego das três primeiras.

A série fala da advogada sem escrúpulos Patty Hewes que está envolvida numa causa coletiva contra o milionário Arthur Frobisher, interpretado por Ted Danson. Ela acaba contratando a recém-formada Ellen Parsons, com segundas intenções como sempre, já que a irmã do seu noivo seria peça chave na investigação.

A trama de todas as temporadas de Damages tem duas histórias paralelas, o caso em questão na linha de tempo presente por assim dizer e algo no passado/futuro, depende da temporada. Via flashback, com mistérios normalmente ligados aos casos. Um roteiro que trabalha isso de forma primorosa.

Quando a série acabar, faço um apanhado de tudo. Agora para a matéria não se estender além da conta, vou focar na 5ª temporada, nos dois primeiros episódios e só explicar o que precisa das anteriores.

Com spoilers.

Continuar lendo Um tribunal banhado a sangue

Não Prometheus a que Cumprius

POR JOSÉ ALFREDO

Após um período de recesso forçado, cá estou falando de filmes novamente, mas dane-se meus problemas.

Depois de tantos anos de hype, do Ridley Scott falando que não deve ser visto como um prequel e nem como um spin-off, estreou o filme Prometheus… dia 15 de junho. E daí, tá que a matéria era pra ter saído bem antes, mas novamente você não ta aqui pra saber o que ocorreu na minha vida pra isso ter acontecido. E lá vou eu perdendo o foco de novo.

Enfim, assisti ao filme semana passada (provavelmente na sua última semana de exibição) em 3D e já ressalto que vi muitos bons comentários sobre o bom uso dele no filme. Não, nada de monstros pulando em cima de você ou coisas do tipo. Era mais como tentasse fazer com que a cena em si estivesse acontecendo ali na sua frente. Isso é bem legal e infelizmente tenho que acreditar nas resenhas de outros sites porque acho que faço parte de 5% da população mundial que não consegue ver 3D. É, trágico.

Só pra constar, odeio filmes de terror. Basicamente eles me irritam, tanto pelas suas personagens clichês, tanto pela trama que inúmeras vezes tenta se portar como algo além do que um bando de retardados que fazem as coisas mais idiotas pra sobreviver de um assassino cujos motivos para matar além de cretinos são supra exagerados. Em suma, termino puto com o que vi.

Então por que fui ver Prometheus sabendo que se tratava da não prequel/spin-off do talvez maior filme de ficção científica de terror de todos os tempos, Alien (aqui no Brasil intitulado como Alien, o 8º Passageiro)?

Continuar lendo Não Prometheus a que Cumprius

Vampiros de verdade temem o sol

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Por falta de oportunidade e pelo fato da temporada anterior ter acabado, não falei na última temporada de séries, da única série da atualidade que fala verdadeiramente de vampiros, série de livros e de TV. Nem adianta argumentar nesse ponto, a mais próxima depois dessa é Being Human, mas o vampiro principal da série não tem força para levá-la sozinha, já em True Blood.

A série está na 5ª temporada, não é mais uma série de vampiros – pelo menos não só de vampiros – um termo usado nos livros que a originou The Southern Vampire Mysteries, Supes, que é para lidar com qualquer criatura sobrenatural, que vão aparecendo aos montes na série: vampiros, lobisomens, metamorfos, meio-um tipo de animal a sua escolha, fadas, bruxas, mênades, dentre outros, são muitos.

True Blood é gore, e violento, e sensual, não tem medo de arriscar, tem personagens vampirescos carismáticos de verdade como Eric, Pam e Jessica, e sim tem o Bill. Tem vilões vampiros de verdade como o Russel Edgington. E é da HBO.

Para os órfãos de Game of Thrones que só volta em 31 de março de 2013 e curtem um universo fantástico, muito diferente do criado por Martin, para não gerar discórdia, procure a atual temporada já está na metade, 6 dos 12 episódios já foram exibidos, e a série recuperou de uma queda em parte das tramas de sua 3ª e 4ª temporada, e está excelente.

Com spoilers.

Elenco principal da série

 

Continuar lendo Vampiros de verdade temem o sol

As regras de todos os jogos

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Essa semana Toriko montou o cenário para as batalhas vindouras no Mundo Humano, deixando a cereja do bolo, o Mundo Gourmet para mais a frente. Fairy Tail mostrou possibilidades infinitas para o 4º dia dos jogos, mas só nos deixou na expectativa. Magico terminou sua jornada e Silver Spoon fecha o dia, com um capítulo bem fraco.

Com spoilers

Continuar lendo As regras de todos os jogos