Boas e péssimas estratégias

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Depois de semanas de movimentação, montando cenário, One Piece essa semana foi o único mangá com as coisas pegando fogo de fato, então merece o primeiro lugar.

Bleach continua armando o cenário e mostrando que os shinigamis não terão uma batalha nada fácil. Tsuna em Katekyo pensa num plano para reverter sua situação caótica, mas nada claro ainda.

Naruto terminou as batalhas desnecessárias, mas fez uma pausa. E Beelzebub voltou a dar sinais de vida, mas ainda deixa dúvidas sobre o rumo que irá tomar, talvez consiga subir na tabela.

Com spoilers.

OP (referentes aos capítulos 670 e 671): O capítulo 670 valeu mais pela parte do confronto entre Tashigi e Luffy, achando que estava lutando com Smoker e descobrindo que não era o original, e falando que iria adiar a luta dos dois para quando estiver em total condição.

O Slime parece um vilão considerável, envenena ao toque, explode com fogo e os pedaços vão se juntando e formando um novo inimigo. E agora o que os Mugiwaras e Smoker e Cia. Vão fazer para vencê-lo, ainda mais agora que Ceasar Clown chega ao campo de batalha para começar seu embate com Luffy.

Com cenários divididos, mas não confusos como da última vez, temos o grupo do Sanji/Nami que salta na água para resgatar o corpo do Samurai antes que Slime chegue. E Zoro pensando em como lutar contra aquilo.

Law pedindo um favor a Mone. Até que a mesma se mostra mais duas caras do que nunca com a aparição do final do capítulo, de um inimigo do passado de Law.

Luffy parece se sair bem na luta contra Ceasar devido às defesas naturais contra o veneno adquirido em seu combate contra Magellan, mas o cientista diz que sua Logia tem muito mais poder e no final Luffy acaba caindo sufocado, ou…

… seguindo teorias, Law e Luffy estejam ligados de alguma forma, falam até que Law tem o coração de Luffy. Será? Se for assim os dois podem ter caídos por motivos diferentes, ou até pela presença e poderes do vilão misterioso.

Só daqui a duas semanas que saberemos.

Bleach (referente aos capítulos 495 e 496): Ainda não tenho o que reclamar do Kubo nesses dois últimos capítulos, mesmo com vários cenários de batalha, ele não tem deixado nada cansativo se arrastando além do necessário.

Para começar temos Rose enfrentando o primeiro Quincy da invasão com um nome e uma letra de identificação e sim há nomes piores que o do espada 9, Aaroniero Arruruerie. Seu nome é Nanana Najahkoop, um homem com cabelo ao estilo Zarachi e dentes de duas cores. Kubo andou cheirando algo parar criar esses Quincy.

Passamos para o segundo Quincy nomeado Äs Nödt, um ninja, homem ou mulher, sei lá, mas com nome alemão ou pelo menos em alguma língua com trema em todas as vogais.  Que mata com qualquer de seus ataques e parece invulnerável. Aí quando a coisa está feia, quem aparece? Renji.KKKK

Isso mesmo nosso aliado do protagonista, que não tem sorte nas batalhas e não é o mais amado pelo mangaká, vai lutar, e para piorar chega outro Quincy com cara de lutador de luta livre com um capuz de estrela na cara.

Outros cenários vão se montando com Quincy x Capitães, a única com nome até então é Bambietta Basterbine que enfrenta Komamura, outro rejeitado pelo Kubo. E ainda é chamado de cachorrinho pela Quincy apelona.

Fiquei na dúvida se Ukitake encontra o Rei, ou outro Quincy com cabelo parecido, ainda não deu para guardar a cara de todos.

Quando Renji poderia partir dessa para uma pior. O salva-ficha do Byakuya chega e começa o estrago, ele consegue cortar o Blut de Äs Nödt e mandar o Luta-Livre para longe, mas aí resolve fazer besteira e não só ele; Komamura, Soi Fong e Hitsugaya resolvem entender como eles selam Bankais e para isso, eles usam suas bankais assim de primeiro. De Komamura não esperava menos, mas Byakuya, já?

E o que acontece, ao invés de seladas eles descobrem que suas bankais foram roubadas, ou seja, se antes a coisa estava impossível e agora. Só posso dizer algo para os shinigamis ”Que burro dá zero para eles”.

KHR (referente aos capítulos 388 e 389): Diferente dos outros capítulos, nesses dois nós vimos as consequências da descoberta do que é a Guerra dos Representantes e o destino dos Arcobalenos.

Tsuna começa a lutar com Jager, mas Reborn vê que o 10º Vongola não daria conta e Bermuda cancela a luta dizendo que dará um tempo para o Hitman mudar de ideia a respeito do acordo.

Reborn e Tsuna saem da prisão e o arcobaleno chama os outros para contar sobre o que descobriu, Tsuna corre para casa desesperado sem alternativas, mas pensando a noite descobre algo que pode ser feito ao ver Lambo – há muito tempo desaparecido – fazer uma brincadeira qualquer com sucos.

Ele pede o contato de alguém para o nono, faz uma visita e depois segue para conversar com todos os vilões de arcos até então: Mukuro, Emma, Byakuran e por último com Xanxus.

O que Tsuna entendeu? Como reverter o cenário negativo para os Arcobalenos, não importa a decisão tomada, aliança, derrota de Checker Face ou vitória da Guerra dos Representantes. Quem é o homem que estava no Japão, que ele visitou?

Naruto (referente ao capítulo 589): O capítulo tinha um nome abençoado, adeus lutas sem propósitos ou vencedores, mas… essa semana não teve continuação, ou seja, não sabemos bem como vai ser.

De início Susano´o forma suprema corta montanhas, o que ele pode fazer com 5 kages que gastaram todos os seus recursos? E continua nem mesmo um bijuu pode pará-lo. Seria o sinal de dar poderes a Sasuke em sua vingança que não termina agora para lutar em pé de igualdade a Naruto. Kishimoto, por favor, que não seja.

Com o jutsu liberado, lutas mal aproveitadas, que nem sabia que continuavam, inimigos selados, vão todos para as cucuias.

E achei legal a fala de Hachibi que eles não fizeram quase nada, concordo com ele. Naruto ficou aí fail total, enquanto o Uchiha ficava com todos os louros.

Resta saber o que virá a seguir. Boas surpresas ou surpresas de Kishimoto?

Beelzebub (referente ao capítulos 159 e 160): O capítulo final poderia ser o pior de todos, se o mestre Ryuuhei não voltasse à ativa, e ressuscitasse a saga dos demônios, com um inimigo que para o ataque de Aoi, Oga, Toujou e mais dois ao mesmo tempo. Outro nível.

Da parte do Rice-boy vou ignorar, e que o inimigo apareceu como o Rabanete-boy também.

Behemoth é o vilão da vez. O passado do mangá explorado, e novas boas lutas. Beel de volta.

Começando o capítulo comemorativo, com páginas coloridas, mostrando um novo inimigo se movimentando, talvez sob o apoio de Behemoth, ou teremos mais de vilão dessa vez?

Depois dias normais e Oga batendo em alguns delinquentes ao caminhar pelas ruas, até uma nova aparição da mensageira do demônio que trouxe o carro de um dos capítulos fillers de semanas atrás.

Uma mensagem do Grande Lorde Demônio que fala com um close, onde? Em sua virilha. Isso mesmo. Olha aí Beelzebub voltando a fazer graça com pequenas coisas. Ele fala que tem uma missão para Oga e Beel.

Ir a San Marx Academia, uma escola de elite com milhares de metros quadrados escondidos sobre a escuridão de Ishiyama.

Só que entrar no colégio não é fácil mesmo com os disfarces, os uniformes daqui tem ID próprio para segurança e os seguranças portam arma de fogo.

O grupo recua e pede ajuda a Himekawa. Que chega à escola de helicóptero e parece ter uma história antiga com aquele lugar.

Agora depois de dois inimigos apresentados, voltamos ao colégio, um novo colégio, será que isso é a preparação de um arco maior, outra história paralela antes.

Até a próxima sessão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s