Dois caminhos… destinos terríveis

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Hoje essa sessão vai ser curta, só dois mangás tiveram capítulos inéditos. Magico vou esperar por que saíram 3 capítulos em inglês, volto com ele na próxima semana. ST&RS e Silver Spoon nada e Bakuman se despediu na última matéria desse grupo de mangás.

Com spoilers.

Fairy Tail (referente ao capítulo 281): Com um título que chama a atenção, o capítulo começa nos enganando mostrando apenas uma conversa entre Gerard – não vou usar o nome que criaram para ele – e Erza sobre a energia das trevas que aparecia nos torneios.

Depois de se despedirem é a vez do encontro com Milliana, a mulher-gato do Arco de Etherion que agora está na Mermaid Heel, enquanto seus outros dois companheiros seguem viagem procurando por uma guilda.

A partir daí conhecemos a guilda Sabertooth, uma das grandes rivais desse arco por dentro com seu Mestre Gemma dando ordens e punições a Sting e Yukino pela derrota no 2º Dia, onde a guilda não pontuou.

Yukino tem a punição mais grave, começando por ficar nua – Mashima não perde a oportunidade de fazer um fanservice – e depois ter sua marca da guilda apagada, expulsa e chamada de lixo e mesmo assim agradecendo ao Mestre Gemma.

Rogue pelo menos mostra companheirismo a Yukino na conversa com Sting e seus Exceeds.

O terceiro dia começa com a Fairy Tail se encontrando com uma vulnerável Yukino fora da guilda e própria para ser sequestrada por Arcadias

E ficamos sabendo o porquê do nome do capítulo quando Milliana, que não apareceu por acaso, revela que Kagura só desembainhará a espada contra seu real inimigo, nada mais nada menos que Gerard, e que a mulher-gato entrou na guilda por esse motivo, por vingança contra o homem que a escravizou e matou Simon. E agora Erza?

O próximo capítulo as Magas Estelares Lucy e Yukino devem ser o foco, afinal 10 Chaves e 2 Chaves é o nome do mesmo.

Toriko (referente ao capítulo 185): O treinamento no Templo Shokurin acabou e com o clichê máximo do Shonen de que eles superaram o treinamento em tempo recorde, evoluíram suas técnicas, fizeram o treinamento avançado sem saber e a degustação dos ingredientes que precisavam. E agora poderiam segundo o mesmo vencer o Mestre Shuu.

Até aí nada de mais, só que aí o verdadeiro Mestre Chin chega para continuar o treinamento, revela que as frutas bolhas do jardim eram do tipo “vazias” e que para concluir o treinamento, a dupla precisaria concluir o Caminho das Bolhas atrás do templo, só que um deles poderia fazê-lo. Toriko assume a responsabilidade.

O caminho parece não ter nada e não acabar, sem água, outros ingredientes ou bestas. Só a paciência de não saber para onde ir, a história do ciúme do ingrediente é contada, e deve ter haver com isso.

Enquanto isso 3 dos Bishokukai se aproximam do Templo Shokurin, talvez para buscar a Fruta Bolha, e o Mestre já tinha deixado os assistentes de sobreaviso sobre um perigo que poderia chegar antes de retornar do Caminho das Bolhas.

O Toriko que apreciava no início do mangá, antes de tomar caminhos tortuosos ou enrolar um pouco além da conta começou a voltar nos últimos capítulos e tenho esperanças de novo no mangá, que é cotado para substituir um dos pilares da Jump quando Bleach e Naruto acabarem.

Até a próxima sessão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s