Despedidas & Reviravoltas

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Mais um título ao estilo Bakuman, e dessa vez é como uma despedida, o mangá terminou esta semana no capítulo 176 com a Jump que vazou em plena Golden Week, o que proporcionou resenhas duplas de FT, Bakuman e Toriko.

Magico ainda não teve novo capítulo traduzido nem mesmo para o inglês, a boa notícia é que com o final de Bakuman e o cancelamento de ST&RS – com mais detalhes na resenha do capítulo 23 – e de Pakki, outro mangá gag da Jump, parece que o mangá de Iwamoto Naoki terá um pouco mais de vida depois do seu primeiro aniversário. E por ser o único do gênero dentro da revista talvez acabe se tornando um mangá com longevidade.

Silver Spoon apresenta seu 5º capítulo de Outono, divertido como sempre e conquistando mais um prêmio para Arakawa, o de Manga Taisho 2012.

Com spoilers.

Bakuman (referente aos capítulo 175 e 176 (O Último):   Qual foi a minha surpresa ao ver que além de ter vazado os capítulos da Jump 21-22 durante o Golden Week no Japão, o capítulo 176 de Bakuman foi o último.

Sei que os arcos estavam se fechando, mas achei que o desfecho seria o pouco mais devagar e não se supetão como foi, fora isso ótimo, Mashiro e Shujin conseguiram superar Zombie Gun em vendas, continuaram sua disputa com Eiji por mangás de sucesso, inspiraram os outros mangakás que passaram pela série. Ainda tivemos o primeiro casal entre os mangakás Hiramaru e Aoki.

E por fim o pedido de casamento, de Mashiro feito na casa antiga de Azuki, com um Ferrari só para Azuki ficar ao seu lado direito, e cumprindo o sonho do seu tio que também não foi esquecido no final.

A página colorida representa um momento que não chegamos a ver de fato no mangá que os dois casando, para fechar com chave de ouro.

Bakuman soube terminar na hora certa sem se estender, com o Anime de Reversi no ar para realizar o sonho do protagonista e com mensagem falando para esperarmos a próxima obra dos gênios Ohba e Obata, depois de Death Note e Bakuman só tem a esperar obras-primas vinda da parceria dos dois, de tanto sucesso quando de seus personagens Ashirogi Muto.

Vida longa a Bakuman.

Fairy Tail (referentes aos capítulo 279 e 280):   Tivemos Charle ainda escondendo seu sonho dos membros da guilda, Elfman de molho agora protegido pelo Raijinshuu. Erza se desculpando com Elfman por tê-lo subestimado e Wendy voltando ao seu lugar na equipe.

Dali começa a batalha de maiôs e trajes entre Jenny e Mirajane, a perdedora vai fazer um ensaio nu na revista  Sorcerer Semanal. Com as roupas de batalha para o final, o que parecia só um exercício para múltiplos fanservices do Mashima acaba se tornando um golpe de sorte para Mirajane que derrota Jenny, que tem de pagar a disputa para alegrias de  Macao e Wakaba.  E faturando 10pts. para a FT B.

Ai vem à parte de Arcadias – sempre no final – falando para o Ministro da Defesa que algo estava pronta, parece um máquina/portão que depende do sacrifício de Lucy para funcionar. Se for isso ao pé da letra acho que a máquina vai continuar parada, não acredito que Mashima irá matar a personagem.

E para que é a máquina. “Pelo bem do país dele…pelo bem do rei dele…um homem pode se tornar um demônio ou um deus” são as palavras de Arcadias. Ainda não ficou claro o que o Cavaleiro quer fazer se tem algo com os inimigos que conhecemos incluindo Zeref ou um novo inimigo épico.

E pela roupa da Lucy na visão de Charle parece que o evento está próximo. Quem sabe no final do dia 2 das competições, interrompidas de novo. Como não queria.

No capítulo 480 tivemos uma luta entre duas personagens desconhecidas, de um lado Mermaid Heel e se pensar que Bracchius deu trabalho mesmo sendo de uma guilda que pensei estar aí só para cumprir tabela, a aparente samurai poderia ser outra surpresa, mas a desafiante era da Sabertooth que teve a luta mais épica no primeiro dia. O que esperar?

E a surpresa Yukino é outra maga celestial, a terceira na série, e já posso prever que Lucy deve completar o Zodíaco, ou até mais que isso, o 13º Portão, afinal a maga da FT tem Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Escorpião, Sagitário, Capricórnio e Aquário faça as contas.

As duas chaves douradas que faltavam estão com Yukino, nisso pelo menos o Mashima não é assim tão imprevisível, e a reviravolta pode partir daí, Lucy sai viva, mas o Portão do Eclipse se abre com o sacrifício de Yukino.

E Kagura também era épica mesmo contra Serpentário, que há pouco tempo se discutia como o 13º signo do Zodíaco, e que haveria mudança, mas acharam melhor deixar do que jeito que está, já rebaixaram planeta então basta.

E no final novamente o sete, daqui a cinco dias será dia 7 de julho no universo de FT e sabemos o quanto este número é representativo lá.

FT foi épico só não ficou em primeiro pela despedida de Bakuman.

Toriko (referentes aos capítulos 183 e 184):  Mesmo com um segundo capítulo mais parado que o primeiro com a ação da batalha entre o Mestre Assistente Shuu e Toriko, o arco está indo bem.

É melhor que seja assim mostrando a evolução gradual dos personagens principais, mas ligado à ideia central do ingrediente x, no caso a Fruta Bolha do que capítulos avulsos com andava acontecendo.

Já dá para perceber que Toriko agora poderá enfrentar inimigos mais poderosos, na possível saga entre os Bishokuyas e o Bishokukai antecipada pelo encontro do Presidente de IGO e o Chefe dos Bishokukai.

A luta mostrou os movimentos desnecessários de Toriko nos seus ataques que consomem muita energia assim como os dos outros Três Reis Celestiais que devem estar tendo treinamentos paralelos para a luta.

E o final do capítulo 184 com o mestre Chirin falando que esta será sua última missão no Mundo Humano, o que ele irá fazer a partir dali no Mundo Gourmet?

Silver Spoon (referente ao capítulo 36): Hachiken novamente teve que ajudar os outros e esqueceu-se dos problemas de Mikage e Komaba. Dessa vez na limpeza ao invés de encontrar um forno ele achou um cachorro.

E o capítulo girou em torno de ficar com o cachorro, onde, no caso no Clube Equestre, em vaciná-lo tudo à custa de Hachiken, menos a comida que Tokiwa  conseguiu uma coleira coletora para ele pudesse conseguir a própria comida.

O final o cachorro conhecido como “do vice-presidente” e depois só vice-presidente atraiu pessoas para vê-lo e cuidar dele e chamou a atenção para o Clube Equestre, parece resolvido o projeto do Festival.

ST&RS (referente ao capítulo 23): Sim um novo capítulo de ST&RS que foi cancelado no capítulo 39, mas sempre que tiver um capítulo pelo menos em inglês vou trazer aqui para concluir.

Capítulo começa com a mesma lentidão que se tornou comum a série, Shifarune se levanta, pede papel e começa a desenhar sem parar uma torre com a mesma arquitetura das cadeiras em Marte.

Parecendo estar num transe até que mesmo com um espelho daqueles de sala de interrogatório ele escuta Megume e pede para esperar que acabe de desenhar tudo que está na sua cabeça, mas que está bem.

Enquanto a ST&RS busca a terceira criança a reagir às memórias das luzes, Izumi passa por um treinamento ouvindo diversos sons.

Os outros alunos falam de sua vontade de ir a Marte e se unem para buscar a terceira luz.

É pelo desenvolvimento vago na história, com pouco por capítulo, aceitável por uma obra já aclamada, mas não por ST&RS que engatinhava se parar para pensar até o mangá durou muito.

Até a próxima

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s