BBB 12 – Analisando tardiamente os participantes

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Tem um tempo que não falo do BBB 12. E o motivo são os de sempre: falta de vontade com o programa que agora chegou ao limite de sabermos o que vai acontecer, deixando de ser “reality” há muito tempo e a falta de tempo de escrever.

Só para ter uma ideia parei aqui de falar do BBB 12 quando o Yuri foi líder e ele nem mais se encontra na casa, assim como Monique, que pelo menos dava trabalho a edição e agora também faz companhia para todo o grupo selva aqui fora de expectador.

No início das matérias aqui prometi um resumo do que imaginava dos competidores, e não fiz, para deixar as matérias com mais cara da semana, e porque o programa já tinha começado há algum tempo e não via mais motivo.

Hoje devido ao tempo que passou entre uma matéria e outra, e o número menor de participantes agora em 5, vou falar sobre aqueles que ainda moravam na casa durante a liderança de Yuri e agora:

Jonas – Ainda hoje na casa, até ontem líder da competição, líder esse que não fez a “coisa certa” como Bial gosta de dizer, afinal temos que aturar o João Carvalho ainda. Na semana que foi anjo, a última que escrevi aqui deu o colar para Kelly, por que a mesma foi o alvo da selva na semana anterior, acho que foi um anjo jogado fora.

Sua relação com Monique foi toda planejada para não correr muito risco, afinal os últimos Mister na casa tiveram relações e não chegaram a final, e Jonas parece muito perto disso, mas é bem provável que as duas companheiras que restaram, o traiam ainda hoje se o modelo não conseguir a primeira liderança dupla do programa, pós-anulação da regra do antigo líder não poder participar das provas.

Não li como anda as opiniões sobre Jonas, mas como não gosto das atitudes das mulheres que ficaram na casa, Kelly fingindo de morta e Fabiana, sempre com o nariz em pé e um pouco grossa, acho que para não termos um repeteco, Jonas deveria levar o prêmio, afinal um cowboy já ganhou um BBB, o 2º.

Fael – Quando os quatro últimos participantes entraram no programa, achei que haveria um motim dos 12 antigos para tirá-los primeiro, mas a entrada dos mesmos foi tão rápida que isso não aconteceu.

Daniel saiu pelos problemas que já estamos cansados de falar, e que Monique confirmou na sua saída que não houve nada. Hã, hã?

Analice foi voto de líder e rejeitada pelo público, pela casa a primeira rejeitada e que pediu por isso, ou poderia estar no programa até hoje foi Jakeline.

Monique saiu sem rejeição, com 52%.

Fael é o grande favorito da competição e poucas vezes foi ameaçado de fato na casa.

Fael tem o perfil de vencedores antigos do BBB, um misto de vários deles, acho até justo ele vencer, só que prefiro que seja outra pessoa, não gosto de BBB que sabemos o campeão faltando meses para o programa acabar. E o engraçado é que o veterinário acredita que o favorito do Brasil é João Carvalho. Piada.

João Carvalho – É uma praga que ataca todos os habitat seja selva ou praia, e finge de amigos de todos para conseguir em frente, disputou quatro paredões e venceu, tirando 3 mulheres da casa, lindas por sinal, mas que jogaram mal. E o Yuri. Com o qual teve a disputa mais apertada, mas o fato da “selva” ter se tornado o grupo do mal desde BBB, os derrubou um a um e manteve João na competição.

Se ele não conseguir a liderança hoje na prova extra, acho que tem chances de ir ao paredão, mas para isso Kelly ou Fabiana precisa ser líder. Se Jonas ou Fael vencerem é bem provável que ele escape devido à amizade com as moças.

Kelly – Não consegui ir com a cara dela de início. Achei que ela provocou todo mundo na primeira prova valendo a imunidade no carro. Acusando os outros e tal, depois escolheu o lado de Jakeline, a chata para proteger. Com a saída da amiga, ficou com Fabiana e depois se tornou um androide ou planta como falam por aí.

Kelly mesmo quando tenta ajudar é avoada, ou não lembram quando tentou fazer o feijão e foi tomar banho de hidromassagem no meio do cozimento.

Sua liderança foi a com o quarto mais vazio, ou seja, mesmo líder algumas pessoas não quiseram puxar o saco, porque com o jogo pré-definido, ela mandaria Yuri ou Monique, só que o último anjo com Mona acabou colocando Yuri na corda bamba contra João e o tirando mais cedo do programa.

Fabiana – Acho que deveria sair logo depois de João, não merece ir a final. Tem raiva do mundo, briga com todos quando não estão no poder e depois teme pelo próprio umbigo.

Com Fael mesmo que fala que é amiga tem demonstrado ciúmes de sua relação com a espanhola Noemi. Mesmo falando que é casada e que não quer nada com o moço, é estranho suas reações e Bial não deixa barato para a moça. Bem feito.

Yuri e Monique partiram nos últimos paredões contra João sem rejeição, já Renatinha que saiu na liderança do professor de Muay Thai, teve uma rejeição maior, seja por seu comportamento de “galinhagem” ou por sua relação com Rafa, o vilão-mor deste BBB.

Agora é esperar a liderança de hoje e acho que amanhã já terá um novo paredão, espero que João complete 4 paredões seguidos e saia dessa vez. Que não seja com Kelly, por que aí ele corre risco de voltar.

Até a próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s