Um novo capítulo na história de Inpergoh- Encontros

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

A jornada dos aventureiros de Inpergoh continua.

Seth6 acaba de terminar seu último ano em North College, uma de suas professoras Sofia lhe fala que todo mago deve fazer um teste final, e que ele sabe que Seth passou um tempo em Vandalur onde foi estudar sobre dragões. E que o teste é lá. Você deve procurar ingredientes para um elixir, ao todo são três ingredientes em partes distintas de Vandalur. Poderá ir somente com Bresinger.

Ele lhe entrega uma esfera azulada, fala que a mesma funciona como sensor da ervas necessárias, e também como um compartimento de carga para as mesmas.

A poção em si é mais importante que a sua prova, recomenda a professora, é algo único que só pode ser feito duas vezes por ano. E estamos muito próximos do primeiro período e o segundo é só no final do mesmo.

Ele dá boa sorte a Seth que segue para Vandalur.

Ao procurar uma embarcação para lá ele vislumbra um portão enorme que se abre e o tilintar de chaves ao longe. E desperta.

Há duas maneiras de chegar a Vandalur através da Malha Ferroviária de Fahrzeug descendo próximo a fronteira com Carancasto, a viagem dura um pouco mais de 1 dia. Com o custo total de 45po.

Ou utilizando os portões de acesso direto de North College para isso é necessário o fócus de magia verde, um galho de abeto. No comércio local é possível encontrá-lo por 15po.

Vandalur é cidade artificial moldada em meio à floresta virgem, mas que não afetou o ecossistema, há certo controle de ataques selvagens, mas só. Dentro daquelas paredes mágicas praticamente invisíveis a olho nu estão os magos que escolheram o caminho da magia verde e ao invés de estudar em North College são treinados aqui.

As árvores são de médio porte, dentro da cidade em si, cada mago possui uma espécie de animal vinculado, normalmente pequenos pássaros ou roedores, todos gerados num espaço da cidade conhecido como Mystical Center, foi aqui que Seth estudou sobre o crescimento e desenvolvimento dos dragões. Tais animais não estão na cidade, mas é possível encontrar Pégasus, Grifos e Hipogrifos aqui. Dentre outras criaturas menos conhecidas.

Ingredientes naturais para magias e poções também podem ser adquiridos aqui, os universitários tem desconto nas compras, ervas com efeitos de poções de nível 1 e 2 também podem ser adquiridas aqui.

E objetos mágicos especiais conhecidos como Nature Seeds, os quais Seth nunca entendeu muito bem o funcionamento.

É aqui também na cidade artificial que está uma Estufa com espécimes exóticos de plantas raras e criadas com a ajuda da fusão da biologia avançada e magia.

Do lado de fora da cidade que a esfera começa a indicar os ingredientes.

A primeira erva parece um capim azulado, que segundo a esfera é coberta por um veneno que deixa o alvo sonolento.

A segunda erva tem formato circular/verde escuro lança alguns poros no ar que o deixam com cheiro açucarado, o que atrai insetos.  Ela está numa caverna onde Seth encontra Fabregas7, o mesmo veio a Vandalur em busca de uma peça completa do metal que buscava, que podia localizar os componentes do Esquema que está montando.

Depois de uma primeira tentativa falha Fabregas é perseguido por um enxame de Abelhas Gigantes, que é repelido pela luz lançada pela esfera de Seth, os dois acabam trilhando caminhos semelhantes, quando o metal encontrado por um e a esfera do outro os levam até um labirinto de plantas.

No labirinto Seth consegue a última erva é uma folha longa de coloração alaranjada com propriedade curativa ao toque.  Com os três ingredientes elas formarão um frasco com um líquido amarelo-roxeado, que pode remover qualquer tipo de maldição do corpo do alvo. Ao consumi-la a maldição é armazenada no frasco e após fechado fica ali, o mago ainda pode quebrar o frasco sobre a cabeça de um alvo e lhe passar a maldição em questão. É chamado de Elixir Armadilha do Século.

Fabregas consegue transformar o metal encontrado num mapa para encontrar o que ele agora sabe que são doze partes do Esquema que começou a coletar em sua cidade.

Os dois atravessam um novo portal para North College, onde Seth será recompensado por sua missão e Fabregas segue o rastro até a próxima peça.

6 Seth – Tem cabelos castanhos curtos, olhos também castanhos, 1,85m, 75kg, usa um manto cinza escuro e roupas pretas, sobre o manto utiliza uma faixa prateada com 5 runas arcanas. Possui uma tiara prateada e sob as vestes esconde um pingente com vários figuras em miniaturas.

7 Fabregas – Descrição fica para a próxima matéria.

Jacques8 está aguardando o carregamento de seu navio bem longe de casa, numa estalagem quando começa a chover e alguns de seus funcionários avisam que uma caixa escapou na hora de ser embarcada e seu conteúdo caiu no mar e se espalhou pela área praiana.

A chuva é muito forte, o vento leva cobertura de tendas da cidade, e o navio balança bastante, as pessoas procuram por abrigo, quando um raio cai muito perto de Jacques.

O clarão o desperta para uma memória desconhecida, ele ao lado de uma mulher ruiva e de uma senhora de vestes verdes vislumbrando uma luz branca que cobre todo o mar.

Ao despertar a chuva passa e as pessoas correm atrás do estrago, a caixa aparece intacta na sua frente com uma marca do lado, uma serpente em chamas.

Claire e Ahstan pedirão para ir numa viagem até Tiakong, mas não tem dinheiro para isso, Jacques pode tentar negociar com eles e ficar interessado em como Ahstan foi encontrado, e que o mesmo pode ter caído do céu junto com diversas caixas com emblemas parecidos com a chuva de agora a pouco.

Os emblemas não estão em nenhum tipo de livro, mas Claire reconhecerá como os brasões da arena perdida. Diz que a leste de Khazart – reino dos jogos – antes da fronteia com Rhyfel – o reino militarista que fica numa região deserta – há uma arena antiga, antes da contagem de tempo atual onde se encontram armaduras e escudos com brasões de animais com as cores da magia e dos deuses maiores.

Se investigado descobrirá que durante a Longa Chuva outros objetos caíram do céu e todos traziam símbolos misteriosos, entre eles uma garça azul, um lobo com espinhos verde, um corvo com duas cabeças e o tigre branco.

A tripulação do navio ancorado no porto que pertence a Jacques é formada por 2 Enfermeiros, 1 Médico, 1 Técnico de Comunicações, 1 Cozinheiro e 2 Ajudantes, 1 Chefe de Máquinas, 2 Mecânicos de Bordo, 2 Carpinteiros e 3 Serventes, 1 Fogueiro, 5 Faxineiros, 8 Marinheiros, 10 Estivadores, 1 Pescador, Oficial Náutico (3ª em comando), Imediato (subcomandante) e Comandante.

Jacques fala que seu navio vai para Darkeria, cidade em Khazart, mas que pode dar uma carona de graça até lá. Ahstan e Claire aceitam, já é mais da metade do caminho até lá.

8 Jacques – Tem 1,83m, cabelos arrepiados, olhos castanhos escuros, usa cavanhaque.  Pele clara, porém bronzeada. Estilo físico mediano, porém de musculatura definida. Costuma estar sempre bem vestido, em eventos sociais gosta de usar terno. Em atividades que envolvam aventura costuma usar roupas mais apropriadas mas não menos caras e bem feitas. Suas roupas são feitas sob medida o que garante estilo próprio caracterizado de bom gosto. Prefere cores mais sóbrias como cinza escuro, preto, cinza, marrom, cobre e azul escuro. Utiliza como arma uma picareta, uma arma diferente do usual, buscando caracterizar estilo próprio. Ela é feita de prata e tem o nome de Jacques Couteau gravado.

Katsulee9 após terminar o seu treinamento da ilha Hidari a mais próxima de Shihaku.  Katsulee retorna para a cidade para buscar dinheiro com sua família e sair em sua jornada de conhecimento, já que aqui é perseguida por suas origens de serenge.

Shikahu é uma cidade modelo ruas construídas com blocos de pedra nivelados, casas de madeira na parte superior no estilo oriental e com a base em pedras. O telhado com as pontas para cima característico, em sua maioria as casas são de andares únicos com exceções das estalagens, nem os mais ricos possuem casas com dois andares, apenas maiores no térreo e com variados cômodos.

As residências são de cor branca com bordas de um ou duas cores fortes que marcam o brasão de sua família estampado normalmente a frente da casa, as mesmas são cercadas por cercas baixas naturais e pequenos arbustos. Lanternas de papel protegidas iluminam todas as localidades, incluindo as ruas.

Em seus interiores o chão é de madeira bem encerrada, não é permitido o uso de calçado apenas sandálias próprias.  Normalmente a sempre uma mesa de centro e futons para os visitantes, e a paredes separadas por portas de correr feitas de tecido e reforçadas com madeira. Independentes disso todas são bem ventiladas e iluminadas.

Os quadros que decoram Shikahu normalmente são brancos com tintas primárias vermelhas e azuis com os ideogramas próprios, ou figurar pretas e brancas de momentos da natureza, mas sem o uso de mistura de cor ou paisagem em suas pinturas.

A cidade parece mais agitada do que o costume, uma estalagem famosa parece que foi parcialmente destruída e ninguém sabe o motivo, uma casa fora da cidade foi devastada pelo que parece uma batalha entre magos e a arena da cidade tem sido bastante disputada nestes dias.

O Clã das Sombras parece estar se movendo pela cidade, na floresta o calor é intenso, mas em Shihaku a cidade parece estar sempre encoberta por nuvens.

Após pegar o dinheiro ele vê uma briga próxima à feira causada pela presença de um dois lobisomens, um deles some misteriosamente no meio as barracas e outro ficaram revoltado, e próximo da fúria.

Zero10 acompanha Volkatz, o lobisomem dourado até Shihaku, o primeiro veio buscar suas recém-forjadas katanas, o outro veio à feira se encontrar com um amigo de longa data conhecido como Valiance.

Em meio a feira as pessoas começam a oferecer as comidas quando de repente começam a chamar os dois de lobisomens, de pessoas perigosas e eles são cercados, Zero começa a manifestar sua fúria.

O clã é chamado para contê-lo. Mas um homem de vestes brancas interfere e manda todos embora. O mesmo diz que ele deve sair da cidade o mais rápido e vai embora, mas deixa cair um porta-mapa com instruções para encontrar um determinado lugar e com algumas senhas no idioma nativo de Shussan – é o primeiro do oriente assim como Tiakong, uma versão do Universal.

Além disso, outro mapa mostra um castelo oriental rodeado por um dragão chinês sobre as nuvens e com cinco piras a do meio com uma chama branca e outra com a chama verde acesa e as outras três apagadas.

Katsulee por ser perseguido devido a sua origem resolve ajudar Zero.

As dicas levam a uma barraca na feira de comidas exóticas onde se vende licores feitos a base de venenos de cobras e sangue de cordeiro está uma passagem secreta, para passar aqui é necessária uma senha “Kuroi sekiran’um”, com a senha escrita em um tecido branco um círculo com quatro fendas surge são necessários quatro chaves.  As chaves se materializam pelo pergaminho parecem conchas marinhas com desenhos tribais.

Um portão feito de trevas se abre para uma espécie de desfiladeiro em meio a um local enevoado a frente uma torre negra feita de mármore e decorada com gárgulas, a base do Clã das Sombras, a frente uma nova porta outra senha é necessária “Rokku o hiraku”, um dragão surge na porta e para abrir deve abastecê-lo “Aquilo que mata o homem alimenta o dragão”, com veneno ou sangue (mínimo 20PVs depositados) a Torre materializa uma entrada.

Lá dentro a mesma parece vazia, na verdade depois de andar por alguns minutos descobre-se que estão presos em uma espécie de labirinto dentro das sombras que cobrem o exterior e interior da fortaleza, a névoa os derruba e depois de um tempo eles são acordados por…

9 Katsulee – Tem 1,85m de altura, 79kg, sua pele é num amarelado, seus cabelos são negros liso e curtos, olhos castanhos, está sempre com roupas verdes que podem ser usadas para se camuflar e um sobretudo do mesmo tom com um capuz que usa para se ocultar sempre que pode.

10 Zero – Tem 1,90m, 125 Kg, olhos castanhos e cabelo da mesma cor com dreads, sua pele é clara, está sempre com uma armadura de batalha acinzentada cheia de runas antigas, um manto velho cobrindo tudo e um elmo  fechado com uma abertura em formato de cruz.

A jornada continua na próxima parte.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s