10 dúvidas que assombram a humanidade…

POR FELIPE VALADÃO

Apesar de todo o avanço tecnológico, científico e similares, ainda há perguntas que assolam a humanidade. Se essas dúvidas tendem a deixar sua vida um caos que ou um túnel sem saída, fique tranquilo. Eis aqui a solução de seus problemas…

1 – Por que no hemisfério norte a água da privada gira em sentido contrário?

Essa diferença no giro da água da privada ocorre devido a um fenômeno (que não é o Ronaldo…) conhecido como efeito Coriolis. O efeito Coriolis faz com que tudo que se mova no planeta Terra seja puxado para o oeste, devido ao efeito de rotação do planeta Terra.

Porém esse efeito gera uma força suficiente apenas para mover alguns grãos de areia, o que impede que nós sejamos movidos de maneira rompante para o oeste. Esse efeito é responsável, por exemplo, por afetar os furacões já que as massas de ar são, por exemplo, bem mais leves que grãos de areia.

Se tiver a oportunidade de conferir ciclones tanto no hemisfério norte, quanto no hemisfério sul, observe que as rotações são contrárias umas as outras. (Não fique perto de um ciclone…).

2 – Por qual motivo kamikazes não usavam capacetes?

Sim, usar um equipamento de segurança quando a ideia é se esborrachar no alvo não parece muito inteligente. Mas a ideia do capacete era bem simples. Se manter vivo até cumprir o objetivo. As bases militares que eram atingidas pelos kamikazes na tentativa de se defender, alvejavam o avião dos kamikazes com tudo. E o menor projétil ou “corpo estranho” que atingisse a cabeça dos kamikazes significaria fim da linha antes do objetivo final.

3 – Se o som não se propaga no vácuo, porque filmes com batalhas espaciais têm explosões tão barulhentas?

Simples, qual seria a graça de ver Guerra nas Estrelas e suas intermináveis horas de tiroteios e perseguições espaciais no mudo? Em prol da vendas e do lucro, os diretores de filmes se viram obrigados a ignorar essa pequena lei da física.

Em teoria as explosões até podem ocorrer no espaço. Mas sem oxigênio para alimentá-las elas não passariam de pequenos flashes de luz. Mas aí também não teria graça no cinema…

4 – Enfim, qual braço da poltrona do cinema pertence efetivamente a minha cadeira?

Isso vai depender de onde você sentar no cinema. Se você sentar em um dos cantos, a sua cadeira terá ao menos um braço. Porém para os outros assentos a história muda um pouco.

O braço da sua cadeira pode ser tanto o direito, quanto o esquerdo, dependendo claro, do ponto de referência. Partindo do canto esquerdo os braços desse lado serão dos assentos á direita e vice-versa.

Mas nesse imbróglio há um braço que aparentemente não tem dono… O penúltimo braço da fileira do canto oposto de onde se começou a análise. Não importa como seja feita a organização, ele sempre estará lá… Confundindo a todos e nos fazendo uma pergunta… A qual poltrona ele pertence?

5 – Se alguém cavar um buraco até o centro da Terra e pular, essa criatura (que não tem o que fazer) permanece no centro da Terra devido à gravidade ou volta para a superfície?

Muitas pessoas para encontrar a resposta dessa pergunta observam o comportamento da Lua. A gravidade terrestre a puxa para perto, e em contrapartida a velocidade que a Lua adquire com essa força a joga para longe novamente, fazendo isso um ciclo quase eterno. Sendo assim ao se pular no buraco somos devolvidos à superfície, correto?

Errado. E a resposta para isso vem da resistência do ar. Não importe a maneira como você pule, ela simplesmente vai agir em efeito contrário. Então, ao chegar ao centro da Terra, essa pessoa seria lançada novamente para longe, mas sempre perdendo velocidade o que não permite atingir a altura da superfície.

Isso se repetiria de maneira indefinida, até que ao fim do processo toda a velocidade ganha no pulo seria perdida, fazendo com que a pessoa fique presa no centro da Terra.

6 – Por que quando se liga para um número errado, ele nunca está ocupado.

Uma pessoal normal (sim normal), não passa mais que 30 minutos ao telefone diariamente nos deixando assim com 23 horas e 30 minutos livres. Dessa maneira estatisticamente falando, a chance de ligar para um número errado e ele não estar ocupado é bem maior.

7 – A fila do lado parece andar mais rápida… Por quê?

Talvez ela ande mais rápido mesmo. E isso é estatística.

Quando existem duas filas a chance de você estar na mais rápida é de 50%. Agora, ao ser adicionada uma terceira fila, a chance não passa a ser 33% e sim 16%… Como?

Simples, com duas filas analisamos a mais rápida e a mais lenta. Com três filas existe, a primeira mais rápida, a segunda mais rápida… O que aumenta o número de possibilidades. Agora imagine um supermercado com 10 caixas… A chance de a sua fila ser a mais rápida é… Deixa pra lá…

8 – Se existe até teste de DNA, por que ninguém descobre a fórmula da Coca-Cola?

A maioria das pessoas imagina isso como um segredo completo. Mas de certo modo não é. Se pegar o rótulo da Coca-Cola você irá ver a lista de ingredientes usados no refrigerante.

Porém o problema é replicar a fórmula. É mais ou menos a ideia de se fazer um doce. Imagine que você só tem a lista de ingredientes, mas não sabe a quantidade que é preciso de cada um e o modo de preparo. Isso se aplica a Coca-Cola, qual a quantidade e qual o modo de preparo?

9 – Caixas pretas, por que os aviões não são feitos desses materiais?

Elas são resistentes e capazes de aguentar quase qualquer tipo de impacto então por que não a utilizar nos aviões?

Simples, ela é resistente dessa maneira, mas a custa de usar materiais muito densos, o que faz com que seja muito pesada.

Um avião que utiliza-se o mesmo material em sua composição seria muito pesado, o que obrigaria a ter turbinas muito mais poderosas e isso obrigaria a gastar muito mais combustível… E a viagem seria cara demais…

10 – Quando a pilha do controle remoto está mais fraca, por que as pessoas apertam o controle com mais força?

Isso non ecziste, é coisa do psico! Diria Padre Quevedo…

Mas ele estaria correto! Isso é o mais puro efeito psicológico. Partimos da ideia que quanto mais apertarmos o botão maior é a chance de ele nos obedecer. É a lógica muito utilizada em botões de elevadores.

No fim isso não altera nada, por mais forte que você aperte…

Fonte:  Baixaki

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s