Abrindo portas… personagens nº 2

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Continuando com um breve história de vida sobre personagens de seriados. A comédia tem personagens muito mais interessantes e por isso “o cara” da vez é Dwight Schrute Kurt III, personagem de Rain Wilson em The  Office.

Com exceção do lendário Michael Scott que não se encontra mais no seriado, Dwight é o melhor personagem da série de longe. Lógico que a concorrência na série é desleal, a mesma está repleta de talentos: Jim, Creed, Kevin e Pam entre eles.

“Quando minha mãe estava grávida de mim, eles fizeram um ultra-som e descobriram que ela teria gêmeos. Quando eles fizeram um outro ultra-som, algumas semanas depois, eles descobriram que eu tinha absorvido o outro feto. Eu lamento isso? Não, eu acredito que seu tecido me fez mais forte. Agora eu tenho a força de um homem adulto e de um bebê.”

Dwight originalmente lembrava exatamente Gareth Keenan da versão original  britânica de The Office. Dwight é o melhor vendedor e assistente do gerente regional da Dunder Mifflin Paper (hoje Saber também, mas prefiro deixar isso de lado) e ganhou vários prêmios por seu sucesso, apesar da falta de habilidades sociais e do senso comum.

“ Por que dar gorjeta para alguém por um trabalho que eu sou capaz de fazer? Eu posso entregar comida. Eu posso dirigir um táxi. Eu posso e corto meu próprio cabelo. Eu, porém, dei gorjeta ao meu urologista, porque sou incapaz de pulverizar minhas próprias pedras no rim.”

De longe o personagem mais NERD dentro do universo do seriado, uma mistura que deu certo, Dwight é um puxa-saco sem noção, ainda vive no Rancho Schrute da família, está sempre brigando com Jim, trata todo mundo mal e como se fosse superior, mas ao mesmo tempo ganha a atenção merecida do público.

“Uma vez que eu for oficialmente o gerente regional, minha primeira decisão será rebaixar Jim Halpert. Então, eu vou precisar de um novo número dois. Minha escolha ideal? Jack Bauer. Mas ele não está disponível. É ficcional. E qualificado demais.”

“E eu vou viajar até a Nova Zelândia. E andarei a trilha de O Senhor do Anéis até Mordor.”

“Eu não tenho muita experiência com vampiros, mas eu cacei lobisomens. Eu atirei em um uma vez, mas quando eu cheguei até ele, ele já tinha se transformado de novo no cachorro do vizinho.”

Dwight é um ex-vice xerife voluntário e foi treinado em vigilância. Dwight vive na fazenda de beterrabas de sua família  com seu primo Mose (interpretado pelo produtor/roteirista Michael Schur). Michael não é o único produtor/roteirista a trabalhar na série Ryan e Toby, não são personagens excelentes, estão longe disso, mas atuam no mesmo departamento de Mose, talvez o melhor dos três como personagens, muito engraçado, vide a cena do episódio  8×04 Garden Party.

“Eu cresci em uma fazenda. Eu vi animais fazendo sexo em todas as posições imagináveis. Bode com galinha. Galinha com bode. Casal de galinhas transando com bode, casal de porcos assistindo.”

Dwight gosta de paintball, Battlestar Galactica, Ping Pong, fez treinamento de sobrevivência, luta karatê e sabe usar diversas armas, afinal foi um revólver antigo que o afastou do cargo de gerente no final da 7ª temporada.

Dwight uma vez mencionou que seu avô lutou na Segunda Guerra e no exército alemão. Isto é confirmado mais tarde, enquanto Dwight está explicando seu raciocínio para a longevidade de sua família e diz para as câmeras que o seu avô ainda está “arrumando a Argentina em algum lugar”, implicando que seu avô foi um dos membros da guerra que fugiram para a América do Sul. Ele tentou visitar seu avô uma vez, mas o seu visto de viagem foi protestado. Seu pai e avô são também chamavam Dwight Schrute, no entanto, seu bisavô foi nomeado Dweide Schrude.

“Michael é como Mozart e eu sou como Butch Cassidy. Se você mexe com Mozart, você vai tomar uma bala na sua cabeça, cortesia de Butch Cassidy.”

Com a saída de Steve Carell, Dwight é o único personagem a aparecer e ter falas em cada episódio da série.

Encorajados a investir em imóveis por Jo, a nova proprietária da Dunder Mifflin, Dwight decidiu comprar o prédio onde está a empresa e converteu o lobby do prédio em uma loja de café e recentemente criou uma academia.

Com relação a romances ele teve um envolvimento amoroso com Angela e talvez possa vir a ser o pai de seu filho, já que o namorado da personagem o deputado interpretado por Jack Coleman (Heroes) é homossexual como foi comprovado por Oscar.

Mulheres são como lobos. Se você quer um, você deve montar uma armadilha. Capturá-lo. Domá-lo. Alimentá-lo.”

“Como eu me descreveria? Três palavras: macho-alfa, trabalhador duro, impiedoso… insaciável…”

Vida longa a The Office se conseguir manter o nível dos dois últimos episódios exibidos e logicamente a Dwight Schrute.

Até a próxima sessão

Fonte: Wikipédia,  Bicho de Goiaba, Box de Série, Minha Cachola



 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s