Virada de mesa

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Agora com uma sessão sem apresentações vamos ao finalmente. Igual a dos pilares da Jump. Aqui é exatamente um mangá não-Jump que ganha a cabeceira da sessão com um excelente capítulo que trouxe personagem antigos agora repaginados, que mostrou os primeiros passos dos desafiantes do torneio e que resolveu o problema dos Sete Anos em Branco, de uma maneira que mistura tudo que já foi usado em histórias parecidas no passado com algo que é próprio do universo de FT.

 Com spoilers para quem não leu os últimos capítulos e sempre em ordem do mais interessante para aquele que dá vontade de abandonar.

Fairy Tail (referente ao capítulo 263): As vezes fica na dúvida se as páginas coloridas iniciais de certos mangás são trabalhos dos scans ou do próprio autor, se for de scan parabéns a primeira página com o pessoal de visual renovado ficou ótima.

Apresentação da Mestra da Lamia Scale não me lembro da personagem, será um dos novos que o Mashima prometeu, deve ser. E depois falando que pela primeira vez Leon e Jura irão lutar pela guilda, briga boa a frente talvez até dos ex-aliados e ex-inimigos Leon e Gray.

Com aquele mestre e o Ichiya não tem como levar fé no Time da Blue Pegasus.  Depois temos o retorno dos novos Dragonslayers. Só uma palhinha.

A seguir a Raven Tail, alguém se lembra de alguns desses personagens ou são todos novos, se não onde eles estavam antes?

Todos os protagonistas caídos sem saber o que fazer, quando temos a grata surpresa do retorno de um trio, Gerard (é assim o certo), Ultear (pela primeira vez do lado dos aliados, sendo que ela já ajudou outras vezes) e Meredy (completamente diferente da personagem das Ilhas Tenrou).

 

Eles falam que fundaram uma guilda independente que dá nome ao capítulo a Crime Sorciere. Que caça outras guildas, ficamos sabendo que elas tiraram Gerard da prisão antes que ele fosse executado.

Que eles vão ajudar a FT para expiar seus pecados e para que eles o ajudem a identificar a Força Negra que está sempre nos torneios. Quem será? Outro inimigo, Zeref, Acnologia, respostas no final do arco que só começou.

A explicação para a fonte de magia, o eternano, a 2ª fonte dentro da Arca do Tempo Aprimorada. Todo mundo comemora, Juvia e Meredy se abraçam, Natsu fala que Ultear finalmente parece mulher (lembra que sua primeira aparição foi lá na Saga da Lua Vermelha) e Erza é a única que fica com o pé atrás.

Em capítulos passados Elzack e Bisca contaram algo, será que foi só sobre a fuga ou tem algo no ar. Mashima sabe fazer um bom mistério e depois deste capítulo espero muito deste arco e esquecerei os dois últimos capítulos preguiçosos.

Toriko (referente ao capítulo 168):  Página colorida super fora de sintonia assim como as Bleach, também com esta saga não tinha muito que colocar ali.

Como já tinha antecipado todo drama para Toriko comer, o ingrediente explodir dentro dele, cuspir sangue, falar que come qualquer coisa (frase perigosíssima) e depois suas gourmets cells regenerando o tecido os órgãos destruídos, depois dos tiros que regeneraram o Mansam na saga do Regal Mammoth, tudo é possível com  as Epics Cells.

Livebearer ignora todas as trocas de Coco, o provoca, desiste quando quer, fala “que já ganhou desde o princípio”, quando finalmente o jogo toma as proporções que eu espero que se concluam no próximo capitulo dignas de Yu Gi Oh. Com Coco falando que sabia que ele podia comer qualquer ingrediente, só não sabia a ordem e tal ordem definirá ganhadores e perdedores. Espero que não seja outra fail de Shimabukuro.

 Qual será a pegadinha da ordem? E o que mesmo é o Meteoro Alho, o ingrediente que o Match desejava no início. Essa saga empolgou tão pouco que minha memória é que foi roubada no processo.

 

Bakuman (referente ao capítulo 159): O capítulo de Bakuman esta semana andou muito pouco e os dois temas da semana deixaram claro que Ohba e Obata  parecem estar no último ano de sua obra.

Primeiro Mashiro e Takagi falam com seu editor Hattori sobre a decisão tomada no capítulo da semana passada de talvez fazer de Reversi uma história mais curta que terminasse junte com a batalha dos protagonistas, para fazer uma obra prima sem precisar se estender a torto e direito – acho que isso é recado direto a alguns autores da própria Jump.

Hattori fala que pensará a respeito e com a determinação dos dois, Reversi volta a disputar os primeiros lugares com Zombie Gun de Eiji.

Depois tem a breve menção a nova reunião de serialização Hiramaru continua com sua obra que ganha um anime – é covardia com os protagonistas afinal é o segundo mangá de um mangaká que faz mangá por obrigação que ganha anime enquanto Ashirogi Muto não consegue nada.

Para compensar ao invés de alcançar seu objetivo de pedir Aoki em casamento, Hiramaru descobre que a obra de sua amada foi cancelada, e o editor sacana dele fala que agora precisa esperar até ela serializar alguma coisa nova.

Só que Hiramaru no desespero liga para Aoki e a convida para ir a um Parque planejando pedi-la em casamento, mesmo sem o consentimento do editor. Acho que o retorno a esta história e a idéia de completar uma obra sem estendê-las são sinais claros de Bakuman ruma para o seu final.

E que mesmo os personagens secundários da trama terão espaço neste encerramento.

Magico (referente aos capítulos 38 e 39): Vamos dividir os resumos, capítulo 38 finalmente depois de 2 páginas com infinitas palavras o tal do Oni das Mil Palavras aparece e é um velhinho com chifres, ok. Depois que perguntar o que ele deveria fazer para Juubei ele já fica com cara insana, rouba a energia também chamada “oni” do casal oriental e ganha uma nova forma mais jovem.

Fanservice de novo na capa do capítulo, seguido dos poderes elétricos do “Oni” que destrói o escudo de contensão do castelo que resistiu ao sol. Para você ver, o poder do lugar.  Forçando a barra novamente Shion escapa e invoca a Broom Sword, o “Oni” conta por que é chamado de Deus e invoca sua técnica suprema que cria receptores na forma de chifre e com uma imensa descarga elétrica passa a controlar todos a 10km de raio. O estádio inteiro.

A partir do capítulo 39, há uma mistureba de várias coisas que já apareceram no mangá e outras que não, continua o fanservice de Emma, o humor durante as batalhas, a resistência infinita de Shion a todos os tipos de ataque – afinal ele é o protagonista e o mangá é shonen.

A batalha continua e começa com uma palhaçada do demônio que faz com que todos imitem seus movimentos e de início executa um movimento de sumo, para depois remover a aliança de Shion e com isso quebrar um pouco do selo que bloqueia Echidna. Sem a aliança e com a ajuda do Cão de Guarda, Emma consegue quebrar o efeito, não sem antes ficar praticamente de lingerie. Olha o fanservice.

Todos se preparam para apedrejá-la quando Anise – que pelo dá a entender não é uma criatura viva, por não ser controlada – a ajuda e fala que como a platéia está interferindo ela não está contra as regras do torneio, e diz que para quebrar o efeito em Shion é preciso fazer bebês!

Vem toda aquela história de que ela não sabe como… e no final ela só dá um beijo longo em Shion que começa a soltar sangue pelo nariz a bicas – clássico – e depois voa em direção ao Oni, que fala que vai usar a técnica de novo e o mago protagonista o derruba com a espada como se fosse uma clava…simples assim.

Sei que o mangá não quer levar as lutas a sério depois da queda com a história dos três irmãos no último arco, mas vencer a luta no frenesi sexual do beijo de Emma é forçar demais com a história.

Espero que o próximo capítulo feche a história do torneio para saber mais sobre Sephiroth, o irmão de Shion e outros temas que apareceram no mangá e que não foram explorados.

ST&RS e Silver Spoon até o momento não tiveram outros capítulos traduzidos nem em inglês então fica acumulado para a próxima sessão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s