Batalhas atrás de batalhas

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS

Antes de mais nada sei que já saíram os capítulos dessa semana dos mangás, mas para não fazer um post duplo e nem pular nada, vou postar este já pronto e atrasado e até domingo os atuais.

Semana passada posso dizer que metade dos mangás da sessão saíram da zona de conforto, metade seria um exagero Beel e HxH semana retrasada foram ótimos, os outros 4 que não saíram do lugar e deste só OP que conseguiu uma excelente recuperação, com cenas típicas de final de arco, ligação entre sagas antigas e novas, que no futuro podem fazer personagens antigos se encontrarem com os dessa saga realizando o link que só mesmo o Oda poderia pensar.

Bleach esteve no seu ápice de páginas mal aproveitada e voltou a sua posição de costume. Naruto mesmo com o plot sendo quase o mesmo, com pequenas frases que me decepcionaram para valer teve uma compensação no final. Falo mais dele lá embaixo.

Lembrando sempre os comentários são dos capítulos semanais do Japão, da issue #02 de 2012, e que são sempre arranjados do mais interessante até a bomba da semana. Spoilers abaixo.

Beelzebub (referente ao capítulo 136): Beel começou com a grande aparição dos personagens do lado de Oga (do bem seria demais, afinal são demônios x demônios) e quando pensamos que eles resolveriam os puzzles de Quetzalcoalt, na verdade somos enganados pelo roteiro e por Ryuhei.

Jabberwock, o vilão da saga, neto de Behemoth chega ao campo de batalha até adiantado se parar para pensar em outros mangás espalhados aí. E seus servos destroem os jogos de Quetzalcoalt e vão para o que interessa “é hora do pau” como diria o nosso querido Coisa.

Os subchefes começam a aparecer a primeira é Luna, e através do seu encontro com as Red Tails é possível perceber que as garotas mesmo após treinamento com o Prof. Saotome não sabem quem estão enfrentando, “é um mágico” ou “Quem diabos era esse?”.

Os outros subchefes são Rindeblum, nada demais para falar e Kirin, o estilo do lutador cego ou talvez seu visor seja só uma tecnologia demoníaca, sei lá, é esperar os próximos capítulos “Eu estou empolgado” como diria Natsu.

Mais o melhor ficou para o final, a grande trollada de Oga e Toujou com Salamander e suas ilusões com a ajuda de … e a batalha final armada.

Só fico pensando para onde Beelzebub pode caminhar pós esta saga, mas o bom do mangá é isso o que vem pela frente é surpresa.

One Piece  (referente ao capítulo 649): Capítulo de final de arco, porém com complementos que o colocaram nesta posição. Netuno faz todo um discurso de não mais isolar os piratas e perdoa os seguidores de Hody que estavam apenas seguindo a tirania do tritão.

Jimbe diz que não pode ser companheiro de Ruffy, mas deixa o caminho aberto, talvez a missão que o ex-Shichibukai tenha de fazer seja a primeira do Mugiwaras no Novo Mundo, afinal se parar para pensar todo companheiros de Ruffy tiveram sempre um desafio pessoal a resolver antes de entrar para a tripulação, com Jimbe não será diferente.

Inimigos da saga aprisionados e mostrado isso agora, os outros nós só conhecemos seu destino na saga de Impel Down, e Surume  levando Wadatsumi para fora, por não ter prisão para o seu tamanho.

Banquete e festa característico de final de arco e Robin começa a falar de Joy Boy, descobrimos que ele foi um humano que viveu no século em branco, que escreveu sobre a profecia envolvendo uma sereia que tinha controle sobre os Reis dos Mares e Noah, a arca da profecia.

Vimos todos os links, mas a sereia em si não é Shirahoshi. E sim uma antepassada. A qual a atual princesa sereia adquiriu a mesma habilidade. E no final finalmente descobrimos o que é Poseidon, uma das primeiras grandes armas a aparecer em One Piece na saga de Skypea.

E a grande revelação mostra que a Fracahoshi como o próprio Ruffy chama é poderosíssima na história que envolve o D, os Poneglyphs, o século vazio e dá todo um contexto mais sério a história de One Piece.

É legal saber que o Oda planejou isso direitinho todo este destaque para a Shirahoshi e agora isso. É só saber o que será resolvido de fato, como o arco se fecha e qual será a primeira missão no Novo Mundo, a de Jimbe ou outra.

A passagem de tempo trouxe infinitas perguntas e nem 10% das respostas vieram a tona, e o bom do Oda é que as respostas sempre vem na sua hora.

É aguardar.

HXH (referente ao capítulo 328):  Com as eleições deixadas de lado, mas com o fato de que o próximo capítulo pode fechar esta parte chata da nova fase, vamos ao capítulo em si.

Todo o drama de que lado estariam os “mordomos” já que agora só restaram mulher, a vovô Tsunobone (ver) virando motocicleta com seu poder e etc, para no final elas ajudarem Killua contra Ilumi, realmente o irmão das agulhas é o mais odiado pela família, mesmo quando de certa forma está tentando salvá-los do possível desejo de Killua.

Novas habilidades apelonas são mostradas, agora as agulhas de Ilumi que podem hipnotizar as pessoas até que elas se suicidem, a melhor família de assassinos ever.

E Killua com seus novos aliados agora resolver contar sobre o poder do “desejo” concedido por Alluka para Morau. Antes só de falar isso ele deveria ser levado para casa, agora parece que o cenário mudou mesmo.

Novamente a questão das regras vem a tona, só que agora são as dos Hunters que permitem que outros Hunters cacem Illumi pelo uso das agulhas em humanos normais, o que o transforma em um criminoso Hunter.

Togashi não satisfeito com os infinitos personagens que o mangá já tem inventa novos, “A Facção Anti-presidente” que vai para a ação deter as marionetes de Illumi e caçá-lo, enquanto Killua e a irmã finalmente chegam ao hospital e resolvem a situação crítica de Gon.

Quero o Gon de volta e sagas centradas nos 4 principais de HxH, o encontro de Ging e Gon, e que isso não feche o mangá por que agora tem muito pano para manga, e criar novos vilões é fichinha para Togashi.

Naruto (referente ao capítulo 566): Hachibi destrói a floresta os bijus voam, e mais nada, ele tenta usar a tinta do polvo para paralisá-los, afinal nem ele nem Naruto sabem técnicas de selamento, derrotá-los não leva a lugar nenhum. Que dupla!

Dali algumas frases me trouxeram decepção. Os kages continuam lutando com Madara e com afirmações mais a frente, parece que quando eles voltarem a esta luta, ela já estará concluída.  Porque os espadachim da Vila da Névoa que eles fizeram tanto questão de mostrar e as habilidades individuais das espadas, falta só um para ser vencido, e nós sequer vimos um deles lutar, para quê serviu tudo aquilo, ponto negativo para Kishimoto.

Esquadrão 5 está perdendo, nem sequer me lembraram com quem o esquadrão estava lutando, seria Kimimaru, acho que é a resposta mais razoável talvez eu gaste tempo procurando se não, a diferença será nula.

Golpes novos dos bijus, ok. Naruto perdendo a pose de que derrota tudo e todos, ok. E no final a aparição de Kakashi e Gai pode dar o movimento que a batalha precisa, e pelo menos Kakashi deve ter uma técnica de selamento, afinal ele é o homem das mil técnicas que a gente só viu usando meia dúzia.

KHR (referente ao capítulo 365): Primeira decepção página colorida para fazer resumo do time principal, que só teve derrota no primeiro round. Depois para anunciar o lançamento do último DVD do anime e nem para falar que o anime volta em abril, já que em janeiro de 2012 ele não volta.

Dino perdendo tempo como professor, depois conversa repetida com o Hibari e no final o mistério “Kyouga e Fon me lembram de algo”, será que tem alguma coisa que preste aí.

Algumas explicações, só que nada demais, Uni não sabe os times que vão ser eliminados, não teria graça se soubesse; Yamamoto agradece Byakuran pela cura e ele fala que foi sorte o poder ter funcionado; o líder do time de Uni foi decidido na sorte, com Ganma o time perdeu três membros vamos ver com Byakuran agora e a explicação para a máquina que cria ilusão real, isso já foi plot de outras sagas do mangás, nada demais aí para o time perder 3 membros e de Collonello dois. Tudo bem que os dois do CEDEF eram bundas mor.

Xanxus ficou dormindo no último round, quanta decepção com o personagem.  Os outros times são mostrados em cenas avulsas, Spanner e Irie voltam, mas só para tentar criar algo para combater  a máquina de Verde e não como membros do grupo de Reborn. Será que alguém vai entrar para o time? Chrome e Lambo seriam os mais óbvios.

Round 2 se inicia. 30 minutos de batalha e para completar o capítulo com a única cena compensadora com os traços da Amano, a dupla impensável lado a lado, Byakuran e Tsuna.

Até o round 2.

Bleach (referente ao capítulo 476): Estou acostumado com os capítulos vazios de Bleach, mas tem hora que é demais, 7 páginas de obviedade até que o time da Soul Society resolve ir embora porque Ichigo resolveu não ir contra os Shinigamis quando descobriu a história do Brasão. Parece que Rukia realmente sabia pelo menos de parte da história.

Mais depois de tudo que Ichigo fez ainda duvidavam dele, pelo menos não, ajudaram o cara a recuperar seus poderes e vão embora. E o Tsukichima quando ele morre não dá um problema danado, as traduções não ajudaram a desvendar o mistério, e o dane-se da Soul Society deixa sem resposta, eles vão embora e…

 

Ichigo acerta o golpe clássico de final de capítulo, que não diz nada…

É isso Bleach esta semana, escrevi mais que talvez tivesse nas páginas do mangá.

Até a próxima sessão de mangás (que virá o mais rápido possível)

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s