O que vem com o ano novo além do Fim dos Tempos nº2

POR LEONARDO “SILVERBOLT’ DIAS

Hoje é dia de apresentar mais uma estreia do Mid Season, a série é bem diferente de tudo que já comentei aqui no blog, é uma série musical. Antes que comparem com Glee, a série não tem nada de igual, ela é sobre a produção de um musical mesmo. Lógico que Glee foi o carro chefe para que séries como Smash saíssem do papel e só.

Criado por Theresa Rebeck (Law & Order: CI), com base em uma ideia de Steven Spielberg, o projeto foi originalmente oferecido ao canal Showtime  em setembro de 2009. Na época, foi divulgado que a história apresentaria os bastidores de montagem de um musical da Broadway, desde sua concepção e captação de recursos, passando pela escolha de atores, ensaios, divulgação, encerrando com a noite de estréia.

A ideia era de que, depois da série, a peça concebida dentro da trama entraria em cartaz na vida real. No entanto, essa concepção original pode ter se alterado de lá para cá.

Thereza Rebeck eu tenho de considerar mesmo não sendo grande fã de Law & Order como já expliquei aqui, mas Spielberg que antes tinha um Toque de Midas do cinema e depois da televisão, hoje só por ter o nome dele não levo fé. Vide um exemplo recente da série Falling Skies.

O fato de sair do Showtime onde a série teria menos episódios, mas talvez mais liberdade criativa e dependesse menos de audiência é uma derrota antecipada. Sua nova casa é a NBC, o que deve ter reformulado a série como um todo.

Outra diferença que pode ocorrer entre a concepção original e a que está sendo desenvolvida para a rede aberta é o foco da história. Pelo Showtime, o projeto parecia destinado a apresentar as dificuldades do processo de criação e produção do musical, ou seja, o trabalho em si. Pela NBC, a história parece focar as relações e intrigas pessoais dos personagens envolvidos com a produção, que se utilizam de traições.

Smash conta a história da produção da vida de Marilyn Monroe como podem ver pelo trailer abaixo.

http://www.nbc.com/assets/video/widget/widget.html?vid=1370355

E traz no elenco Angelica Huston, Jack Davenport (dos “sucessos” FlashForward e Swingtown) – o desconsiderem por favor, Christian Borle, Debran Messing (Will & Grace), Meggan Hilty (a primeira candidata ao papel de Marilyn) e o melhor atrativo para a série Katharine McPhee, que ficou conhecida por sua participação no reality American Idol – ela não venceu – mas convenceu os americanos com diversos álbuns de sucesso e participações em Filmes e Programas de TV.


E agora é a estrela da série juntando beleza e o que mais se necessita numa série dessas alguém que de fato saiba cantar. Vide alguns componentes do elenco de Glee. Ela é uma garçonete que quer uma chance em um musical e mesmo fugindo ao perfil da Marilyn tenta o papel. O plot é uma obviedade, porém vamos ver na tela.

http://www.nbc.com/assets/video/widget/widget.html?vid=1372605

A série estreia numa segunda-feira, dia 6 de fevereiro, se ficaram interessados é ficar atento.

Até lá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s