Mistérios desvendados… nem todos

POR LEONARDO “SILVERBOLT” DIAS


Mais uma semana com mangás, a última de 2011, mas não esquenta semana que vem não tem pausa é que o ano fiscal da Jump acabou na edição #51, e semana que vem temos a edição #1 de 2012, sei que falta um mês para acabar o ano… não manjo disso pergunta para administrador ou contador ou para um amigo seu que entenda melhor certas bizarrices da cultura japonesa.

Os mangás da semana foram bons de modo geral, alguns com ritmo mais lento e dessa vez não falo só de Bleach não, Naruto eu esperava mais depois de uma pausa de 1 semana, o Oda compensou com o último capítulo e este. E por incrível que pareça o final do rank não é ocupado por Bleach.

Devido ao atraso de HxH vou fazer aquela troca e comentar Katekyo Hitman Reborn no lugar e deixar HxH para a próxima sessão de mangá.

Lembrando sempre que os mangás são comentados do mais interessante para aquele que não rendeu o que poderia ter rendido.

COM SPOILERS PARA QUEM NÃO ACOMPANHA JUNTO COM OS JAPONESES

One Piece (referente ao capítulo 647): Oda realmente é o rei das páginas duplas, a primeira com os inimigos derrotados e o pessoal tirando onda, logo em seguida o Wadatsumi, o Baiacu Gigante que lutou contra o Sanji e o Jinbe voando ainda pegando fogo e caindo no abismo. E Zoro falando “Poderia tê-lo jogado mais longe seu cozinheiro estúpido”. Excelente.

E o humor clássico do Franky reclamando que o Chopper está maior que seu robô e o Brooke pedindo para ver a calcinha da Nami, enquanto o pessoal começa a ficar preocupado com a queda inevitável de Noa.

 

Falei que voltaríamos a Noa, a pausa de semana passada foi super bem vinda se levarmos todos os capítulos de preparação para as lutas concluídas no capítulo passado.

Todos gritam por Mugiwara e Luffy ruma mesmo todo destruído pós luta com Hody e Decken e com os dois golpes que já havia dado na Arca, tenta a todo custo destruí-la a tempo a contragosto do rei Netuno que menciona Joy Boy, vou dar uma pesquisada porque tem tanto personagem One Piece que não lembro se este já foi falado antes.

Joy Boy foi mencionado por Robin quando lia o conteúdo do Poneglyph da Floresta Marítima da Ilha dos Tritões, ele parecia ter escrito o Poneglyph como uma carta de desculpa.

Buscando sobre isso me lembrei de Poseidon e Pluton as armas do passado, seria Noa outra arma que se destruída poderia sei lá revelar algo dentro dela, estou só cogitando.

Shirahoshi pede que Luffy pare e como se por um milagre a Arca para antes de cair e é puxada por dezenas de Rei dos Mares que o poder de Shirahoshi e a vontade de Luffy trouxeram para salvar a Ilha dos Tritões sem destruir a Arca da Promessa. Ótima sacada, sem forçação o poder da princesa sereia já havia sido explicado e Luffy hoje tem controle sobre criaturas vide Surume, o Kraken.

 

A batalha acabou a ilha não destruída, só tem um, porém nisso tudo. Sempre tem um, porém… e a profecia falhou ou ainda virá de alguma forma, será a virada de Decken ou seria o Caribou que está desaparecido, ou era só a batalha e a destruição que a Madame Shirley viu na visão.

É aguardar, mas a saga agora se fechou entrará na festa pós-batalha e logo poderemos ver o Novo Mundo, assim espero.

Katekyo Hitman Reborn (referente ao capítulo 363): Este capítulo mesmo sem batalhas, só com algumas explicações (mais que o próximo mangá) merece sua posição.

O capítulo começa com Reborn questionando seu time sobre o que fizeram no primeiro round, Ryohei se demonstra super chateado por ter perdido para Hibari.

Gokudera e Yamamoto explicam que preferiram recuar perante o inimigo e como fugiram, dando uma bela rasteira em Hibari usando seus Vongola Gears.

Dino se responsabiliza por não ter conseguido trazer Hibari para o time Reborn e pelo mesmo ter entrado para o grupo de Fon, o único que só tem os 2, como foi falar mais a frente.

Tsuna revela que lutou com Iemitsu e perdeu e que não entende porque seu relógio foi quebrado. O grupo acha que foi bondade do chefe de Colonello, mas Reborn avisa que não. Que foi feito um acordo de aliança entre a CEDEF e os representantes do Jyuudaime.

Tsuna demonstra felicidade pelo acordo e não houver traições parece que seu grupo está fortalecido com as alianças com Colonello e Uni.

A seguir vem o resultado do primeiro dia com muitas surpresas.  Não sei se o que conta são os relógios e se de alguma maneira Fon renunciou seus outros, mas perceba abaixo que sete membros nos outros seis grupos.  Contando que o grupo de Tsuna até o momento tem 5, seria Chrome e Lambo entrando para o segundo round, ou o membro do time Uni que sobrou entrou para o grupo?

A CEDEF tem um monte de gente e dois já até caíram junto com 3 do time da Uni, eu aposto nos dois irmãos que andam com o Gama e o zumbi do Daisy. Todos eles derrotados pelo time de Verde, que só tem uma baixa, e também com 7 membros. Muitas perguntas.

Mesmo sem mostrar todas as batalhas vemos o resultado parcial. E Verde é o vencedor da 1ª rodada, time que nem apareceu direito, só um rápido vislumbre do Mukuro. As novas boxes devem ser promissoras.

E no final o link dos primeiros episódios do arco com a aparição de Fran, o mesmo está com Mukuro e continua com seu capacete de maçã. O que importa é que seu grupo é o mais forte e Dr. Verde ainda traz algo complementar para a 2ª rodada.  O que será?

Ótimo capítulo. Que venha o 2º round!

Bleach (referente ao capítulo 474): Começa acrescentando mais uma página colorida desperdiçada desenhando a Rukia. Ok. Relaxe.

A ideia da Inoue salvar o Tsukichima vai por água abaixo já que ela e o Chado continuam desmaiados na Loja do Urahara. Falando no personagem é que ele que confirma que dessa vez o Ginjou está falando a verdade e que é hora do Ichigo descobrir a verdade… Tchanran…

Corta para a batalha que resta, e ninguém mais menciona o 10 minutos até a morte do Tsuchikima e tudo desandar – Dragon Ball feeelings com a questão de tempo – Ishida fala para não prestar atenção, mas aí começa a história do Brasão do Shinigami Substituto.

O brasão que deu nome a saga e até ia fazendo sentido aos poucos, primeiro com o Fullbringer de Ichigo se desenvolvendo através do brasão, depois com a história de que Ginjou também foi um shinigami substituto e agora o ápice quando fala que o brasão só servia para suprimi-lo e observá-lo.

A Soul Society fez isso e o projeto diferente do que se esperava cai sobre as mãos de outro personagem que nunca demos muito por ele, principalmente pelo fato dele ser um shinigami, ou seja, alguém que já morreu pelo que entendi quando eles foram para a Soul Society, com um peculiaridade doente, como um morto fica doente ou morre. Paradoxos criados por Bleach.

Já sabem de quem estou falando, mas como o Kubo demorou 16 páginas para revelar, deu uma embromada aqui também, Ukitake Jushirou.  E o pior a revelação todo mundo da Soul Society sabia disso, inclui aí o Renji e a Rukia que são próximos do protagonista.

Independente de tudo isso, o Ichigo liga novamente o “E que eu tenho com isso?” e grita “Bankai”.

É por isso que Bleach não é mais o que era antes, sempre que vem história na parada, em vez de contar para alguém com cérebro contam para o protagonista e ele está sempre desinteressado.

Naruto (referente ao capítulo 564): Como já disse esperava mais de Naruto depois da pausa e mesmo com novos jutsus – isso já é clássico em Naruto quanto mais nesta parte da guerra – o capítulo não foi nem perto do que gostaria. Vamos lá.

Logo depois da batida de cabeças que encerou o último capítulo descobrimos que a máscara nem trincou, para que serviu isso então? Nada.

Depois aparecem os outros sete bijus, alguns conhecemos do mangá e outros do anime e fora o fato de agora possuírem sharigan e rinnegan não tinham mostrado nada demais.

Jutsus de lava, de ilusão e até o das bolhas do Rokubi já vimos no anime num filler gigantesco, igual ao de agora.  É maneiro ver o traço, a batalha, mas num momento onde pararam a luta dos Kages contra o Madara e deveriam estar enfrentando o chefão final parece encheção de lingüiça.

E a conversa inútil sobre os óculos de Hachibi, o Kishimoto estava de sacanagem esta semana.

Tobi ou Outro Madara ou quem quer que seja decepcionou ao não saber que o Madara original havia voltado, foi confiar no Kabutomaru deu nisso.  E o fato de “eu não sou ninguém”, “podem me chamar do meu antigo nome, Tobi”, fala sério!

A máscara e seus três furos e não dois é o me encasqueta, para que aquela terceira fenda, outra técnica ocular secreta que indicaria quem de fato é o Tobi/Outro Madara?

E para terminar Naruto e Bee desafiam que vão arrancar a máscara do vilão, mas os Bijus começam a manifestar suas caudas. Mais luta desnecessárias parece que vai se arrastar por alguns capítulos. Queria que os bijus enfrentassem alguns secundários que ainda não se destacaram na guerra. É injusto só aparecer inimigo para o Naruto.

E a frase eu vou capturar Hachibi e Kyubi emitida por Tobi, para encurtar, seria muito bom se ele removesse os dois jinchuuriki e vir no que dá? Uma reviravolta e tanto, que esquentaria os próximos capítulos.

Vou ficar na torcida pelo mal feito.

Até a próxima sessão.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s