Nunca Rir Foi Tão Viciante

POR JOSÉ ALFREDO

Você por acaso já jogou um MOBA? Bem, até pouco tempo eu não tinha. Enfim, pra quem não sabe, MOBA é a sigla para Multiplayer Online Battle Arena, o que simplificando é um jogo de estratégia voltado ao PvP (Player Vs. Player) onde, diferente dos jogos de estratégia habituais, você controla apenas uma personagem. Isso me faz lembrar os 2 motivos que me fizeram jogar League of Legends ou LoL (se você for çagaiz já entendeu o título).

O primeiro motivo remete a uns meses onde um amigo estava me pedindo para jogar com ele Age of Empires 2. Já faz um bocado de tempo que jogos de estratégia não chamam mais meu interesse (se me recordo o último que joguei do início ao fim fora Warcraft 2…É.) e isso se deve a ter que criar e controlar várias unidades genéricas, passar um bom tempo gerando fundos pra logo encerrar com um embate tão empolgante que o tédio me vem só de pensar (BTW, é a minha opinião. Ponto.). E isso se estendeu ao meu segundo motivo.

Quando soube que Neverwinter Nights 2 (eu estou cretinamente desatualizado) começou a seguir o mesmo esquema de jogos como Baldur’s Gate fiquei desapontado.

O diferencial do primeiro jogo era você controlar apenas com uma personagem e esta criada por você (tinha um companheiro, mas você não era tão dependente dele como ocorre em Baldur’s Gate com seu grupo).

Joguei e terminei BG 1 quando fora lançado, mas sua continuação eu não tive tesão nenhum de continuar e isso se estendeu aos jogos similares de RPG.

Como Rpgista, com o tempo fui curtindo mais imergir no “mundinho” das minhas personagens e isso se estendeu os jogos eletrônicos. Ter que jogar obrigatoriamente com outras personagens, que normalmente não tem o carisma ou história que no momento me agrade é irritante na maioria das vezes (ah, maldito seja Khalid, que bom que você foi esquartejado no 2).

Terminando com essa embromação, um pouco mais de um mês, resolvi jogar LoL. Havia já visto um vídeo no Youtube e como naquela época PvP não era uma modalidade que curtia nem me interessei, mas após os 2 motivos vierem a tona na minha cabeça do nada, deu-me vontade de arriscar (até porque o jogo é Free) e putz, viciei na bagaça.

Um belíssimo jogo, extremamente simples de jogar, com um ótimo tutorial ensinando todo o básico (altamente recomendável segui-lo), o jogo lhe apresenta, atualmente, 87 Champions dos mais variados tipos para jogar e pode ter certeza que você encontra um que mais se adeque ao seu jeito de jogar, seja lá qual, pois, além disso, há formas de você customizá-lo através das centenas de itens que o jogo dispõe.
Meus personagens favoritos até agora e que mais jogo são:

Twisted FateTwisted Fate

Udyr
Udyr
Skarner
Skarner

Quando falo dos “mais variados tipos” é sério. Só pelas minhas opções já dá pra ver que você pode jogar com um Gambit, um druida marombado ou um escorpião de cristal.

Ah, já ia esquecendo. Como disse lá em cima, o jogo é free e independente de ser bem sucedido ou não (obviamente vencendo é melhor) você ganha Influence Points que servem tanto para liberar acesso aos Champions e comprar Runes que são pedras que concedem bônus aos status deles (você criar assim criar builds dependendo do tipo de personagem que joga). Você pode usar dinheiro real para obter esses mesmos itens e outros mais especiais como as Skins que dão um visual diferente ao Champions, mas nenhum deles é desproporcional que tragam vantagens indevidas a quem gaste grana.

Uma idéia sensacional da Riot Games (empresa que criou o jogo) é que toda semana ela disponibiliza grátis um número de Champions para você jogar de graça, assim você pode saber se aqueles Influence Points serão de fato bem gastos quando você comprar determinado Champion.

Dependendo do modo de jogo que você escolheu, Classic ou Dominion, onde o primeiro consiste em você e seu grupo (formado por 5 jogadores incluindo você) destruir a base inimiga enquanto o Dominion você tem que dominar (dã) e proteger 5 pilares de energia que se encontram no mapa por quanto tempo puder para assim o Nexus do adversário (basicamente é a uma pedra que seriam os pontos de vida do grupo) ser destruído. O esquema para jogar em ambos os modos são bem intuitivos e já na 2ª tentativa você já estará manjando.

Base do modo Classic
Base do modo Classic
Um dos pilares do modo Dominion
Um dos pilares do modo Dominion

LoL sintetizou tudo o que procurava recentemente num jogo, só faltava um modo Campaign.

O jogo é extremamente viciante. Acaba uma partida e você logo já tenta se preparar para a próxima. A maldição tá que a média de duração das partidas, mesmo no Classic quanto no Dominion é de 30 a 40 minutos (a mais rápida que joguei foram 26 minutos e a mais longa foram 56). Então dá pra você perder de boa um dia inteiro e nem perceber ele passando… É.

O jogo é relativamente pequeno para os padrões atuais (2GB) e nem exige tanto do PC.
Recomendado para aqueles que curtem jogos de estratégia e principalmente para aqueles que não os curtem por causa da preparação embromação inicial. Ah, recomendo só jogar quando souber que não terá nada pra fazer depois. Acredite, não é a toa que esse texto está sendo feito as 5:05 da manhã. ¬¬

6 comentários em “Nunca Rir Foi Tão Viciante”

  1. Gostei do post e já joguei LOL, mas não gostei muito do jogo. Se tivesse um modo história ou Campaign seria melhor. Quanto à NWN2, eu ainda acho que vale à pena jogar por causa da história. O problema é que se você não tiver mago no grupo, não dá para zerar. 😦 No mais, o post ficou bom sim, só falhou no momento que ousou falar mal do Khalid (ele aparece no icewind1, onde ele humilha os personagens). 😀

  2. HAHA, post dignissimo Jr! Não escondo de ninguém que LoL é um dos meus MMO Top 5 (tanto que estou viciado nele nesse momento), e posso afirmar que seu texto retratou bem a essência do jogo.

    Concordo contigo quando se trata da duração das partidas. Em Dominion meu maior jogo foi de 46min, mas no Rift eu fechei ontem um jogo de 1:23min!

    Você só esqueceu de citar que há a possibilidade em procurar por partidas sozinho ou em grupo. O primeiro você cai em um qeue com pessoas random e o segundo você já cai em um qeue com seu grupo formado, dependendo de quanto estão nele.

    Vale ressaltar também que as punições são levadas a sério pela Riot. Xingamentos e má atitudes são motivos de ban (isso se denunciar, claro), além de ficar afk sem aviso prévio durante a partida ou até mesmo dar leave “propositalmente”.

    Enfim, um maravilhoso post sobre um maravilhoso jogo. E precisamos marcar de jogar uma partida, pow o/

  3. @Mago Thorn: Se tivesse um modo Campaign seria ótimo, mas para o propósito do jogo eu gostei. Dá pra jogar um PvP descompromissadamente de boa. Qnt a NWN2 acredito q a história seja ótima, mas essa obrigatoriedade na seleção de personagens para formar o grupo q me desmotiva. Para mim seria bem vindo se pudesse jogar tal jogo em modo multiplayer. E Khalid mereceu tudo oq teve. Corno covarde dos infernos. ¬¬

    @Kyonzord: Obrigado, Kyon. Realmente é bem fácil e prático fomar grupos no jogo. Normalmente a espera para jogar num grupo random é pouquíssima se jogado a noite (provavelmente devido a fusos horários).
    Quanto as punições elas são de fato levadas a sério. Qualquer ação q prejudique o divertimento alheio é passível disso. Teve uma hora em q meu pc travou por causa de um problema enquanto estava jogando e tive q resetá-lo. Fiquei tenso pensando q o povo pensasse q dei leave, mas quando voltei fiquei impressionado q ao voltar ao jogo ainda pude continuar a jogar a mesma partida. Bem legal isso.

  4. NN2 melhorou muita coisa em relação ao primeiro, mas ficou muito chato. Também não curto o sistema de Baldur´s Gate, Diablo…nem de Dragon Age eu gostei.
    Acho que estão dando muita importância ao “mmo look a like” e esquecendo do principal…história e jogabilidade.
    Enfim…quais as configurações mínimas pra essa bagaça?

  5. No site oficial (http://support.leagueoflegends.com/entries/234272-system-requirements) as configurações para o jogo são:

    Requerimentos minimos de sistema:

    * 2 GHz de processador
    * 1 GB RAM
    * 750 MB disponivel em seu HD
    * Shader version 2.0 placa de video que tenha suporte.
    * DirectX 9.0 placa de video que tenha suporte.
    * Windows XP, Windows Vista, or Windows 7 (Mac OS atualmente não é suportado)

    Requerimentos recomendados de sistema:

    * 3 GHz de processador
    * 1 GB RAM
    * 750 MB disponivel em seu HD
    * GeForce 8800 ou placa de video equivalente.
    * Windows XP com o último service pack instalado, Windows Vista com o último service pack instalado ou Windows 7 (Mac OS atualmente não é suportado)
    * A ultima atulização .NET Framework da Microsoft.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s